Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1475
Tipo: Tese
Título: Avaliação da implementação do sistema nacional de vigilância da qualidade de água para consumo humano da Colômbia
Evaluation of the implementation of national surveillance system quality of water for human consumption in Colombia
Autor(es): Guzmán Barragán, Blanca Lisseth
Primeiro Orientador: Bevilacqua, Paula Dias
Primeiro coorientador: Cotta, Rosângela Minardi Mitre
Segundo coorientador: Bastos, Rafael Kopschitz Xavier
Primeiro avaliador: Ribeiro, Andréia Queiroz
Segundo avaliador: Heller, Léo
Abstract: A vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano(VQACH) é um componente determinante na prevenção e diminuição dos riscos à saúde humana, ocasionadas por doenças associadas à falta da qualidade da água. A implementação dos programas de VQACH pode contribuir com a melhoria progressiva de qualidade água e consequentemente da saúde. O presente estudo tem como objetivo avaliar a implementação do Sistema de VQACH na Colômbia. O estudo foi realizado mediante a metodologia de avaliação da implementação, que integrou na sua análises, uma avaliação normativa e um pesquisa de avaliação. A avaliação permitiu estimas o grau de implementação da VQACH nos diferentes territórios da Colômbia e estudar as características do contextuais que podem influi no grau de implementação nos territórios. Para esta avaliação foi desenvolvida a metodologia Delphi que permitiu a definição de uma matriz avaliativa, composta por 14 atributos e 62 critérios, e a construção de um sistema escores e parâmetros que possibilitaram a avaliação de cada um dos critérios definidos. Além disso, realizou-se um analises dos resultados da qualidade da água que involucrou, a verificação do cumprimento do plano de amostragem, atendimento ao padrão de potabilidade, estadísticas descritivas dos resultados dos parâmetros anualizados e um analises de correlação entre a qualidade da água e indicadores epidemiológicos e de saúde. Finamente, estes indicadores foram associados com a implementação da VQACH para determinar sim a implementação tem algum efeito nos resultados da qualidade de água. A avaliação foi desenvolvida mediante a aplicação de entrevistas semiestruturadas a 39 unidades territoriais e a coleta de dados secundários sobre a qualidade da água, eventos em saúde e informações territoriais sobre sobre indicadores em saúde, sociais e administrativos. A avaliação mostrou que o sistema de VQACH em Colômbia encontrou-se parcialmente implementado, com diferentes estados de implementação nas unidades territoriais. O sistema de VQACH presentou uma implementação relevante nos componentes de monitoramento da qualidade da água , analises e investigação atuação em conjunto com os responsáveis pelas fontes de distribuição , ao mesmo tempo o sistema de informação e rede de laboratórios mostraram-se fortalecido, fornecendo um apoio para o desenvolvimento das ações. Estes resultados evidencias as fortaleças do sistema na produção de dados, no entanto, identifica.se a ausência de acoes que permitam o aproveitamento desse dados para o melhoramento da qualidade de água. Foram observadas limitações conceituas no legislações que afeitam a universalidade das ações de VQACH, relacionado com a definição pessoa prestadora e da falta de diretrizes sobre as diferentes formas de abastecimentos que devem ser vigiado, o que impede uma abordagem ampla da VQACH. A falta de recursos humanos e recursos materiais e de infraestrutura foi um aspecto fragilizado, os territórios não contam com os recursos suficientes para execução da VQACH, devido a flexibilização dos contratos, instabilidade laboral, precarização do emprego, clientelismo e a falta de compromissos administrativos e políticos para o desenvolvimento das ações. Ademais, foram identificadas debilidades nas ações de universalidade , intersetorialidade , educação e participação comunitárias disponibilidades de informação , o que indica a pouca ação da VQACH numa perspectiva de promoção de saúde, que promove o empoderamento da população e notas possibilidade em saúde pública para o melhoramento da qualidade de água. O estudo mostrou a importância das característica contextuas para o desenvolvimento de VQACH. A descentralização , realizada mediante a delimitação, planejamento desenvolvimento, execução das ações entre os três níveis e suporte técnico; e a coordenação desenvolvida mediante a supervisão e avaliação das ações, mostraram apoiar a implementação. A aceitabilidade não se mostrou influente na VQACH, no entanto, evidenciou problemas na aplicação das ferramentas de analises de risco, principalmente nos sistemas de abastecimento convencionais e de pequeno porte. Outros indicadores como a cobertura de aqueduto geral, índice de Pobreza Multidimensional (IPM) e o Índice de Risco Relacionado com a qualidade da Agua (IRCA), mostraram uma relação com a VCACH. O análises de dados da qualidade da água, revelou ausência, irregularidades e descontinuidade do monitoramento em alguns municípios e a falta de cumprimento do plano de amostragem, o qual mostrou as fragilizades dos territórios para dar cumprimento com as ações estabelecidas. A diversas configurações do monitoramento adoptadas pelos territoriais, podem produzir diferenças nas práticas de VQACH, que podem influir em diagnósticos diferencias da qualidade da água e na dificuldades para realizar análises comparativas entre os territórios. Também foram detectada inconsistências na construção do IRCA, caudadas pela incompatibilidade com o plano de amostragem, o qual restringe o número de parâmetros, amostras e frequências realizadas pelos municípios. A qualidade da água mostrou problemas de potabilidade principalmente em relação aos parâmetros microbiológicos e de turbidez, o que indica a falta de sistemas de tratamento eficazes no pais. Não foi observada uma melhoria da qualidade da água nos anos estudados. A qualidade da água não mostrou uma associação com as Doenças Diarreicas Agudas (DDAs) entretanto, foi observada uma associação estatisticamente significativa com a mortalidade infantil, sendo este um possível indicador para compreender a relação entre a qualidade da água e a saúde.
Surveillance of the Quality of Water for Human Consumption (VCACH) is a determining factor for the prevention and reduction of risks to human health, caused by the diseases related to the lack of water quality. The implementation of VCACH programs can contribute to progressively improve the quality of water, and consequently the health of the population. The present study aims to evaluate the VCACH system implemented in Colombia. The study was conducted using a methodology for assessing the implementation that is integrated in the analysis, a normative assessment and evaluation research. The assessment permitted to estimate the degree of implementation of the VCACH in varied territories of Colombia, and by studying the characteristics of context that can influence the degree of implementation of the territories. This assessment was developed using a Delphi methodology that allowed the definition of an evaluation matrix, composed of 14 attributes and 62 criteria, as well as, the building a score system scores and parameters that allowed the evaluation of each of the defined criteria. In addition, an analysis of the water quality results was carried out which involved the compliance of the sampling plane, the fulfillment pattern of drinking water, descriptive statistics of the results of the parameters analyzed and a correlation analysis between water quality and health events. Finally, these markers were associated to the VCACH implementation in order to determine whether the implementation has some effect of the results of the quality of water. The evaluation was carried out by using semi-structured interviews to 39 territorial units and the collection of secondary data on water quality, health events and territorial information on health, social and administrative indicators. The evaluation showed that the VCACH system in Colombia is partially implemented, with different stages of implementation in territorial units. The VCACH system presented an relevant implementation on the components of monitoring of water quality , analysis and research and 'working together with those responsible for the supply', while the information system and network of laboratories were strengthened, providing support for the development of actions. These results evidence the strengths of the system in the production of data, however, an absence of actions to enable the use of these data to improve water quality was identified. Conceptual limitations were observed in legislation affecting the universality of VCACH actions, these were related to the definition of "providing people" and lack of guidelines about the different forms of supply to be monitored, which prevents a broad approach to VCACH. The lack of "human resources" and "material resources and those of infrastructure" was a weak aspect, the territories do not have the have enough resources to run the VCACH resources due to more flexible contracts, job instability, poor employment conditions, corruption and the lack of political and administrative commitments for the development of actions. Moreover, some weaknesses in the actions of universality , Intersectional education and community participation and availability of information were identified. The latter indicates little action VCACH in the perspective of health promotion that encourage the empowerment of the community and new possibilities for improving in public health for the improvement of the quality of water. This study showed the importance of the context characteristics for the development of VCACH. The decentralization carried out through delimitation, planning and performance, execution of actions among the three levels and technical support; and the developed coordination throughout the supervision and assessment of the actions, showed significant support on the implementation. The acceptability did not show influente on the vcach. However, it showed some difficulties on the application of the risk analysis tools, mainly on the unconventional and small scale supply systems. Water quality and in components monitoring water quality , analysis and research and working together with those responsible for the supply , while the "information system " and the "network of laboratories were strengthened , providing support for the development of actions. Other indicators, such as overall aqueduct coverage, Multidimensional Poverty Index (MPI) and the Index of related Water Quality Risk (IRWQ), showed a relationship with the VCACH. The analysis of water quality data, revealed the absence, irregularity and discontinuity of monitoring in some municipalities and a lack of fulfillment of the sampling plane, which shows the fragility of the territories to comply with the established actions. The various configurations of monitoring adopted by the territories, may yield differences in VCACH practices that could influence on differential diagnosis of water quality and the difficulty to make comparative analysis between territories. In addition, some inconsistencies were also detected in the construction of IRCA, caused by the incompatibility with the sampling plane, which restricts the number of parameters, samples and frequencies carried out by the municipalities. The quality of water showed potability problems mainly related to turbidity and microbiological parameters, indicating the lack of effective treatment systems of water in the country. It was observed an improvement in water quality in the studied years. They were also detected inconsistencies in the construction of IRCA caused by the water quality not showed an association with acute diarrheal diseases (ADDs), meanwhile, was observed a statistically significant association with infant mortality, this being a possible indicator to understand the relationship between water quality and health. Incompatibility with the sampling plane, which restricts the number of parameters, signs and frequencies for by the municipalities. Water quality showed potability problems mainly related to turbidity and microbiological parameters, indicating the lack of effective treatment systems water in the country. It was observed an improvement in water quality in the years studied. Quality of water did not show an association with acute diarrhoeal diseases (ADDs), meanwhile, it was observed a statistically significant association with infant mortality and it was a possible indicator to understand the relationship between water quality and health.
Palavras-chave: Água - Qualidade
Água - Consumo
Abastecimento de água - Colômbia
Vigilância da qualidade da água para consumo humano
Water - Quality
Water - consumption
Water supply - Colombia
Water quality monitoring for human consumption
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA::SANEAMENTO APLICADO A SAUDE DO HOMEM
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de
Programa: Doutorado em Medicina Veterinária
Citação: GUSMÁN BARRAGÁN, Blanca Lisseth. Avaliação da implementação do sistema nacional de vigilância da qualidade de água para consumo humano da Colômbia. 2013. 258 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia, diagnóstico e controle de doenças; Epidemiologia e controle de qualidade de prod. de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1475
Data do documento: 4-Out-2013
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.