Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/15169
Tipo: Artigo
Título: Crescimento de plantas de clones de Eucalyptus grandis [Hill ex Maiden] submetidas a diferentes tratamentos de desrama artificial, na região do cerrado
Autor(es): Pulrolnik, Karina
Reis, Geraldo Gonçalves dos
Reis, Maria das Graças Ferreira
Monte, Marco Antônio
Fontan, Ivan da Costa Ilhéu
Abstract: O crescimento em diâmetro à altura do peito (DAP), altura e volume foi avaliado em plantas de clone de Eucalyptus grandis, submetidas a diferentes intensidades de desrama artificial (altura de 1,0; 1,5; e 2,0 m a partir do solo) e idades de aplicação da primeira intervenção de desrama (20 e 28 meses de idade), em Abaeté, MG. A segunda intervenção de desrama em todos os tratamentos foi realizada aos 33 meses de idade, até atingir 3 m de altura do fuste da planta. Aos 40 meses de idade, observou-se que a desrama artificial não afetou, significativamente (p>0,05), o crescimento em DAP, altura e volume das plantas submetidas à primeira intervenção de desrama aos 20 meses, porém afetou o DAP e o volume quando a primeira intervenção foi realizada aos 28 meses de idade. Observou-se rápida recuperação da copa das plantas desse clone, independentemente do tratamento de desrama. Considerando não ter havido diferença entre tratamentos para o crescimento das plantas que tiveram a primeira intervenção aos 20 meses de idade e que os galhos vivos ainda apresentavam diâmetro reduzido e praticamente não existiam galhos mortos por ocasião da primeira intervenção nessa idade, recomenda-se a aplicação da desrama nesse clone, na região de cerrado, aproximadamente, aos 20 meses de idade, visando obter madeira de melhor qualidade para serraria.
The growth in diameter at breast height (DBH), height and volume was evaluated in clones of Eucalyptus grandis [HILL ex MAIDEN] under different artificial pruning intensities (1.0, 1.5 and 2.0 m height above ground level) with the first pruning starting at the age of 20 and 28 months. The second pruning for all treatments was performed in plants aged 33 months to obtain a 3m log . By the age of 40 months, the artificial pruning did not affect significantly (p>.05) tree growth (DHB, height and volume) when the first pruning was applied at the age of 20 months. Pruning starting at 28 months affected significantly DBH and volume growth. A rapid crown recovery was observed for this clone after pruning, independently of the pruning treatment. Taking into account that there was no significant difference in growth when pruning started at f 20 months, and that at this age the live branch diameter was still reduced and the number of dead branches was quite low, it is recommended that pruning for this clone established in the Brazilian savannah should be done approximately at the age of 20 months in order to attain high quality boards .
Palavras-chave: Desrama artificial
Crescimento e clone de eucalyptus grandis
Editor: Revista Árvore
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622005000400001
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/15169
Data do documento: 20-Abr-2005
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
a01v29n4.pdftexto completo396,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.