Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/15592
Tipo: Artigo
Título: Comportamento geotécnico de misturas granulométricas de solo-grits
Autor(es): Machado, Carlos Cardoso
Santanna, Giovani Levi
Lima, Dario Cardoso de
Carvalho, Carlos Alexandre Braz de
Pereira, Reginaldo Sérgio
Fernandes, Dalila Campos de Medeiros
Abstract: Neste artigo, analisa-se a influência das diversas frações granulométricas do resíduo grits nos parâmetros ótimos de compactação, resistência mecânica e expansão, quando em misturas com dois solos típicos da Zona da Mata Norte de Minas Gerais, Brasil, com fins de aplicação em estradas florestais. Os teores de resíduo empregados nas misturas foram de 4, 8, 12, 16, 20, 24 e 28%, em relação à massa seca de solos, trabalhando-se com as energias de compactação dos ensaios Proctor intermediário e modificado. As frações de resíduo estudadas foram as equivalentes à argila e silte (d < 0,074 mm), areia (0,074 mm < d < 2,0 mm) e pedregulho (2,0 mm < d < 76 mm), considerando-se a escala granulométrica adotada pelo DNIT (1996). Fez-se uso do ensaio de CBR para a avaliação da capacidade de suporte e expansão dos solos e misturas. Os resultados indicaram que a fração fina do grits é a que mais contribui para ganhos de resistência mecânica, evidenciando-se a sua importância na reatividade das misturas, sendo a fração pedregulho a menos influente no ganho de capacidade de suporte dos solos.
This paper addresses the influence of size distribution of the industrial waste named grits on the optimum compaction parameters, mechanical strength and swelling of two typical soils from the North Forest Zone of Minas Gerais State, Brazil, for forest road applications. Specimens compacted at the intermediate and modified Proctor compaction effort and waste contents of 4, 8, 12, 16, 20, 24 and 28 % regarding soil dry unit weights were used throughout the study. Waste sizes analyzed in the laboratory testing program were those equivalent to clay (d < 0.074 mm), silt (0.074 < d < 2 mm), sand (d > 2 mm) and gravel (2 mm < d < 76 mm) sizes in accordance to the DNIT technical standard (DNIT, 1996). Soils and mixtures bearing capacity and swelling were evaluated by the CBR test. Data from the laboratory testing program support that the waste's clay and gravel size portions were responsible, respectively, for higher and lower increases in soils bearing capacity.
Palavras-chave: Estabilização de solos
Resíduo industrial grits e granulometria
Editor: Revista Árvore
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622009000300017
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/15592
Data do documento: 24-Set-2004
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
17.pdftexto completo667,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.