Locus  

Avaliação de clones de eucalipto para resistência à ferrugem em condições de micropropagação

Show simple item record

dc.contributor.author Aun, Cristina Pierroti
dc.contributor.author Mafia, Reginaldo Gonçalves
dc.contributor.author Marchesi, Helen Pacheco
dc.date.accessioned 2017-12-20T15:28:51Z
dc.date.available 2017-12-20T15:28:51Z
dc.date.issued 2012-06-04
dc.identifier.issn 18069088
dc.identifier.uri http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622012000500006
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/15829
dc.description.abstract A ferrugem, causada pelo fungo Puccinia psidii, é uma das doenças mais frequentes nos plantios de eucalipto no Brasil. Atualmente, o plantio de clones resistentes constitui a principal estratégia para o controle da doença no campo. Para selecionar clones resistentes, é fundamental inocular e avaliar a resposta fenotípica de diferentes materiais genéticos, o que demanda tempo e recursos. Para facilitar e acelerar essa etapa do programa de melhoramento genético, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência em paralelo à etapa de multiplicação dos clones de eucalipto pela técnica de micropropagação. Para isso, seis clones foram multiplicados em meio MS, modificado nas fases de multiplicação, alongamento e enraizamento. Após 60 dias de incubação, os explantes foram inoculados com suspensão de esporos do patógeno ajustada para 2x10^4 urediniósporos mL^-1. Os explantes foram incubados a 24 ± 2 ºC, fotoperíodo de 14 h de luz com intensidade de 20 ∝mol.s^-1.m^-2. Após 7, 11 e 14 dias da inoculação, avaliou-se a incidência da doença. Observou-se que as reações dos genótipos avaliados em condições de micropropagação foram altamente correlacionadas com os fenótipos determinados pelo procedimento-padrão de inoculação. Assim, o uso desse protocolo permite avaliar grande número de genótipos, com maior rapidez e precisão. pt-BR
dc.description.abstract The rust, caused by the fungi Puccinia psidii, is one of the most frequent diseases on eucalyptus forests in Brazil. Currently, the use of resistant eucalyptus clones is the most important strategy to control this disease on the field. In order to select a resistant clone is essential to inoculated and to evaluate the phenotypic of various genetic materials. This procedure is time and resource consuming. To improve this step of the breeding program, the present work aimed at evaluating the resistance during the micro propagation of eucalyptus clones. Therefore, six clones were micro propagated on MS medium adjusted to promote the multiplication, growing and rooting. After 60 days of incubation, the explants were inoculated with the pathogen spores adjusting to 2x10^4 urediniospores mL^-1. The explants were incubated at 24 ± 2 ºC, with light photoperiod of 14 h under intensity of 20 ∝mol.s^-1.m^-2. After 7, 11, and 14 days of incubation, the disease incidence was evaluated. It was found a high correlation between the results obtained with the protocol developed in this work and the results of the standard rust inoculation proceeding. It was possible to conclude that this new proceeding allows fast and precise evaluation of several eucalyptus clones at the same time. en
dc.format pdf pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Revista Árvore pt-BR
dc.relation.ispartofseries v. 36, n. 5, p. 843-849, Setembro-Outubro 2012 pt-BR
dc.rights Open Access pt-BR
dc.subject Puccinia psidii pt-BR
dc.subject Resistência pt-BR
dc.subject Melhoramento genético pt-BR
dc.subject Indexação pt-BR
dc.subject Controle de doenças pt-BR
dc.title Avaliação de clones de eucalipto para resistência à ferrugem em condições de micropropagação pt-BR
dc.type Artigo pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Artigos [409]
    Artigos Técnico-científicos na área de Fitopatologia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account