Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/16167
Tipo: Artigo
Título: Substrate, lime, phosphorus and topdress fertilization in macaw palm seedling production
Autor(es): Pimentel, Leonardo Duarte
Bruckner, Claudio Horst
Manfio, Candida Elisa
Motoike, Sérgio Yoshimitsu
Martinez, Hermínia Emília Prieto
Abstract: The macaw palm [Acrocomia aculeata (Jacq.) Lood. ex Mart] has been domesticated to subsidize biodiesel production programs in Brazil. However, little is known about the seedling production of this species. This study aimed to evaluate substrate mixtures, limestone and phosphorus rates for substrate amendment and topdressing frequency in macaw palm seedlings. Three trials were conducted in a greenhouse up to six months of nursery cultivation. Trial 1: determination of percent mineral and organic fractions of seven substrate mixtures. Trial 2: evaluation of four limerates for soil amendment versus four phosphorus rates. Trial 3: evaluation of N, K and Mg topdressing frequency. Significant differences were found in the three trials for most of the variables (plant height, leaf number, shoot dry mass, root dry mass, vigor and bulb diameter). The main results obtained were as follow: Trial1 - the best seedling growth was observed in substrates with at least 25% organic matter. Trial2 -lime rates ranging from 0.50 to 1.25 kg associated with 3 to 4 kg of single superphosphate per m3 of substrate provided the best seedling growth. Trial 3 - topdressing fertilization provided better development of seedlings regardless of frequency.
A macaúba [Acrocomia aculeata (Jacq.) Lood. ex Mart] vem sendo domesticada para subsidiar programas de produção de biodiesel no Brasil. Contudo, pouco se sabe sobre a produção de mudas desta espécie. Objetivou-se avaliar misturas de substratos, doses de calcário e de fósforo na correção do substrato e a frequência de adubação de cobertura em mudas de macaúba. Foram instalados três ensaios conduzidos em casa de vegetação, até o sexto mês de cultivo na fase de viveiro. Ensaio 1: avaliação de percentuais das frações orgânica e mineral totalizando sete misturas de substratos. Ensaio 2: avaliação de quatro doses de correção do solo com calcário versus quatro doses de fosfatagem. Ensaio 3: avaliação da frequência de fertilização com N, K e Mg em cobertura. Nos três ensaios foram observadas diferenças significativas para maioria das variáveis analisadas (altura de plantas, número de folhas, massa seca da parte aérea, massa seca da raiz, vigor e diâmetro do bulbo). Como resultados principais têm-se: Ensaio 1 - o melhor desenvolvimento das mudas é observado em substratos com pelo menos 25% de material orgânico. Ensaio 2 - doses variando de 0,50 a 1,25 kg de calcário associada à fosfatagem com 3,00 a 4,00 kg de superfosfato simples por m3 de substrato proporciona melhor desenvolvimento das mudas. Ensaio 3 - a adubação de cobertura proporciona melhor desenvolvimento das mudas independentemente da frequência.
Palavras-chave: Acrocomia aculeata
Fertilization
Leaf content
Editor: Revista Árvore
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/0100-67622016000200006
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/16167
Data do documento: 16-Dez-2015
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
0100-6762-rarv-40-02-0235.pdftexto completo992,99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.