Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/16186
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorSilva, Emília Pio
dc.contributor.authorMinette, Luciano José
dc.contributor.authorSanches, Andre Luiz Petean
dc.contributor.authorSouza, Amaury Paulo de
dc.contributor.authorSilva, Fabiano Luis
dc.contributor.authorMafra, Simone Caldas Tavares
dc.date.accessioned2018-01-09T11:41:42Z
dc.date.available2018-01-09T11:41:42Z
dc.date.issued2014-06-05
dc.identifier.issn1806-9088
dc.identifier.urihttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622014000400017
dc.identifier.urihttp://www.locus.ufv.br/handle/123456789/16186
dc.description.abstractO processo de adoecimento dos trabalhadores está relacionado com o modo que o trabalho é realizado. A principal consequência das inadequações do trabalho são as Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho. Por isso, esta pesquisa teve por objetivo identificar a prevalência de sintomas osteomusculares em operadores de máquina de colheita florestal. A partir da utilização do censo de ergonomia e do questionário nórdico-padrão, os dados foram obtidos em uma empresa de base florestal que realizava colheita mecanizada de madeira. Os resultados evidenciaram que a prevalência osteomuscular em operadores era elevada, estando os sintomas relacionados com as LER/DORT. Ao término da pesquisa, pôde-se concluir que a atividade laboral dos operadores poderia estar causando efeitos negativos sobre a saúde deles.pt-BR
dc.description.abstractThe process of illness among workers is related to the way that work is performed. The main consequence of the inadequacies of the work are the Repetitive Strain Injury/ Work-Related Musculoskeletal Disorders. Therefore, this study aimed to identify the prevalence of musculoskeletal symptoms in forest harvesting machine operators. From the use of the census of ergonomics and the Nordic standard questionnaire, the data were obtained in a forestry-based company that performed mechanical harvest of wood. The results showed that the musculoskeletal prevalence in operators was high, with symptoms related to RSI / WMSD. At the end of the study, it can be concluded that the operators’ work activity could be producing negative effects on their health.en
dc.formatpdfpt-BR
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherRevista Árvorept-BR
dc.relation.ispartofseriesv. 38, n. 4, p. 739-745, Jul./Ago. 2014pt-BR
dc.rightsOpen Accesspt-BR
dc.subjectOperadores florestaispt-BR
dc.subjectSintomas osteomuscularespt-BR
dc.subjectErgonomiapt-BR
dc.titlePrevalência de sintomas osteomusculares em operadores de máquina de colheita florestalpt-BR
dc.typeArtigopt-BR
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
17.pdftexto completo178,71 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.