Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1619
Tipo: Tese
Título: Pedogênese em platôs de canga ferrífera e basaltos na Serra dos Carajás - PA
Título(s) alternativo(s): Pedogenesis in plateaus of basalt and banded iron formation in the Serra dos Carajás PA
Autor(es): Corrêa, Guilherme Resende
Primeiro Orientador: Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Primeiro coorientador: Ker, João Carlos
Primeiro avaliador: Fernandes, Raphael Bragança Alves
Segundo avaliador: Varajão, Angélica Fortes Drummond Chicarino
Terceiro avaliador: Oliveira, Fábio Soares de
Abstract: No interflúvio entre os rios Xingu e Araguaia/Tocantins no Estado do Pará, sobressai a grande Serra dos Carajás, mundialmente conhecida pelas enormes reservas minerais, especialmente as de ferro. O ambiente transicional entre cerrado e floresta amazônica ajudou a criar quadros paisagísticos únicos, sustentados por uma grande variedade de solos. Dentre os ambientes, destaca-se neste estudo os relacionados às formações ferríferas bandadas e aos basaltos que, por milhões de anos, dão forma a amplos platôs de canga ferrífera ou profundos saprolitos recobertos por latossolos no caso das rochas máficas. Tais ambientes são sublinhados por terrenos contrastantes aos padrões regionais que geralmente compõem colinas extensas e de pouco declive. Análises texturais, químicas, mineralógicas e microquímicas foram feitas com o intuito de conhecer a gênese e os materiais que originaram parte dos solos nas Formações Carajás e Parauapebas. Os resultados mostram que os solos dos platôs ferríferos de Carajás formaram-se da alteração das cangas superficiais, remanescentes de ciclos pedogenêticos pretéritos, com exceção do perfil P9C, por ter recebido aporte alóctone de materiais da Formação Águas Claras. O ferro foi preferencialmente perdido nos perfis e, elementos como Al e Ti concentraram-se nos solos. Esse processo foi mais intenso em P10C, por situar-se em ambiente hidromórfico. O clima atual com precipitações acima de 2000 mm anuais, está dissolvendo/ alterando as cangas ferruginosas em superfície e formando solos com plasma ferro-aluminoso. Nas áreas compostas por rochas máficas o processo é semelhante ao que vem ocorrendo nos platôs derivados de jaspilitos, sendo que a couraça laterítica rica em ferro, observada em várias porções das bordas dos platôs da Formação Parauapebas, a exemplo do perfil P15P, ainda permanecem na paisagem devido à condição de melhor drenagem (os platôs são os locais em que a drenagem começa a se definir, onde iniciam-se os cursos d água) e cujo lençol freático exerce menor influência, mantendo um pedoclima menos úmido. Nessas condições a degradação das concreções hematíticas é menor e sua estabilidade émantida por mais tempo em relação aos solos mais afastados das bordas. Em pedoclimas mais úmidos as concreções hematíticas alteram-se para goethita e gibbsita, a exemplo dos solos mais centrais do platô (P16P, P1P, P2P, P3P, P4P, P5P e P7P).
Between Xingu and Araguaia/Tocantins rivers, in the state of Para (Brazil), is situated the Serra dos Carjás, worldly known for its enormous mineral reserves, specially the reserves of iron. The changeable environment between cerrado and rain forest helped the formation of the complex landscape, sustained by a big variety of soils. Among these environments, stand out on this research the ones related to the band iron formation (BIF) and basalt, which for millions of years form the big iron crust plateau or deep saprolite covered by oxisol in the case of mafic rocks. Such environments have different geomorphological in relation to regional patterns. Phisical, chemical, mineralogical and microchemical analysis were made, aiming at knowing the genesis ant the material which originated the soils in the Formção Carajás and Parauapebas. The results show that the soils of the iron crust plateaus of Carajas haveoriginated from the alteration of the superficial laterite, remains of ancient pedogenic cycles, with the exception of P9C profile, because it received imput from another areas of materials of Formação Águas Claras. The iron was preferential removed from the profiles, and elements as Al and Ti have concentraded on the soil. This process was more intense in P10C, because it is situated in hydromorphic environment. The present climate with precipitation beyond 2000 mm per year is dissolving/changing the laterite of the surface and originating soils with iron-aluminium plasma. In the areas consisted of mafic rocks the process is similar to the process which have been ocurring in the plateaus originated from BIF, highlighting that laterite crust rich in iron observed in the plateaus in the Formação Parauapeba, for instance the profile P15C, still remains in the landscape. This is due to the condition of less humidity (the plateaus are places where the drainage starts to be defined, where begins the water courses) and the groundwater exerts less influece, keeping the climate less humid. In such conditions the change of hematitic concretion is less and its stability kept longer in relation to the distant soils of the edge. In more humid climates the hematite concretion changes to goethita and gibbsita, as noted in the more central soils of the plateaus (P16P, P1P, P2P, P3P, P4P, P5P and P7P).
Palavras-chave: Concreções
Pedogênese
Evolução da Paisagem
Concretion
Pedogenesis
Landscape evolution
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1619
Data do documento: 29-Set-2011
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf10,33 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.