Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1625
Tipo: Tese
Título: Ambientes terrestres da ilha da Trindade, Atlântico Sul: Caracterização do solo e do meio físico como subsídio para criação de uma Unidade de Conservação
Título(s) alternativo(s): Land environments of the Trindad island, South Atlantic: soil and physical environment characterization as a subside for creation of a conservation unit
Autor(es): Clemente, Eliane de Paula
Primeiro Orientador: Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Primeiro coorientador: Costa, Liovando Marciano da
Segundo coorientador: Melo, Vander de Freitas
Primeiro avaliador: Fernandes Filho, Elpídio Inácio
Segundo avaliador: Viana, João Herbert Moreira
Abstract: As ilhas oceânicas brasileiras possuem grande importância ambiental, tanto do ponto de vista da biodiversidade quanto do interesse científico, em virtude do isolamento geográfico. Dentre estas, a ilha da Trindade destaca-se por ser a mais isolada e úmida do conjunto das ilhas oceânicas brasileiras. Foram estudados os principais solos que ocorreram na ilha da Trindade, com ênfase em suas características químicas, físicas, mineralógicas e micromorfológicas peculiares, nos diferentes estratos ambientais. Realizou-se o mapeamento da ilha, gerando-se mapas temáticos de geologia, solos e geoambientes. A partir desses mapas, foi elaborada uma proposta preliminar de zoneamento para fins de gestão ambiental, que prevê zonas de recuperação nas áreas degradadas e proteção específica nas zonas primitivas, onde ainda existe vegetação contendo espécies endêmicas e de grande importância ecológica e ambiental. Essa proposta de zoneamento virá subsidiar o plano de manejo da Unidade de Conservação ora sugerida. Buscou-se, ainda, um melhor entendimento das relações pedo-geomorfológicas e vegetacionais, que permitiu um esboço preliminar da classificação dos solos ao longo da expressiva variação topográfica reinante na ilha. Foram coletados 10 perfis de solos, que representaram os principais pedoambientes resultantes das variações litológicas, topográficas e da cobertura vegetal, muitas das quais co-variantes. Foram realizadas análises físicas, químicas, mineralógicas e micromorfológicas, assim como o fracionamento de fósforo e da matéria orgânica, além da extração seqüencial de metais de todos os horizontes dos perfis coletados. A diversidade de solos na ilha da Trindade é profundamente relacionada com as variações do material de origem e da posição geomorfológica/altimétrica. De maneira geral, os solos de Trindade apresentam peculiaridades morfogenéticas que sugerem seu caráter endêmico . Possuem alta fertilidade natural, grau de intemperismo pouco acentuado e valores muito elevados de fósforo disponível e de cálcio. Na vertente da face sul da ilha, mais fria e úmida, vales estreitos em encostas íngremes abrigam vegetação exuberante de samambaias gigantes, com acúmulo de matéria orgânica, mesmo em declives acentuados, formando Organossolos ou Cambissolos Hísticos nas partes mais protegidas. Em altitudes superiores a 400 metros, os solos são mais ácidos e lixiviados, com predomínio de Cambissolos e de Nitossolos, mas ainda com teores de fósforo muito elevados. Na face norte e mais seca da ilha, em cotas mais baixas, predominam condições semi-áridas ou tropicais secas, onde os solos são mais rasos, ricos em nutrientes e pobres em matéria orgânica, muito mais erodidos, com predomínio de Neossolos Litólicos e de Neossolos Regolíticos. Os dados da extração seqüencial permitiram distinguir dois ambientes pedogenéticos; um de solos jovens e menos intemperizados, aproximadamente até 450 m de altitude e outro de solos formados a partir de materiais de origem mais intemperizados, de 450 a 600 m de altitude. Os metais Cu, K, Mn, Ni e Zn foram superiores na fração ligada à M.O. e na fração ligada aos óxidos de Fe amorfos. Os teores disponíveis foram muito baixos, em relação aos teores totais em todos os metais, por se encontrarem nas estruturas cristalinas dos minerais e nos complexos de M.O. e de Fe, tanto amorfos quanto cristalinos. A análise mineralógica da fração areia permitiu identificar a riqueza em minerais primários existente na ilha. Esses minerais sofreram pouca intemperização, explicando os altos teores de metais ainda encontrados nos solos, mesmo na fração argila. A micromorfologia auxiliou a identificação de feições singulares nos solos da ilha, permitindo a descrição da estrutura e composição dos solos ora estudados. Essa análise identificou minerais primários em processos de alteração, além de características intrínsecas de cada perfil. Existem particularidades nos solos de Trindade que os tornam difíceis de enquadramento no Sistema Brasileiro de Classificação de Solos, exigindo a necessidade da criação de novas classes em diversos níveis categóricos, para o enquadramento de solos das ilhas oceânicas brasileiras.
Brazilian oceanic islands have great environmental importance, not only for its biodiversity, but also for its scientific value, due to geographical isolation. The Trindade Island stands out for being the most isolated and humid of the group of Brazilian oceanic islands. The main soils in occurrence of Trindade Island were studied, emphasizing their chemical, physical, mineralogical and peculiar micromorphological characteristics, in different environmental strata. Mapping of the island was done, producing thematic maps of geology, soils and geoenvironments. A preliminary proposal of zoning for environmental management was elaborated, based on thematic maps, foreseeing recovery zones in the degraded areas and specific protection in the primitive zones where vegetation still exists, containing endemic species of great ecological and environmental importance. This preliminary zoning proposal aim to subsidize the Conservation Unit management plan, now suggested. Furthermore, a better understanding of the pedogeomorphologic and vegetational relationships was achieved, allowing a preliminary outline of soil identification along the island expressive topographical variation. Ten soil profiles were collected, representing the main pedoenvironments resultant from variation of lithology, topography and vegetation many of them co-variants. Physical, chemical, mineralogical and micromorphological analyses were accomplished, as well as phosphorus fractions, organic matter and sequential extraction of metals of the samples for all the horizons of the collected profiles. The diversity of soils in the Trindade island is strongly related to variations in parent materials and geomorphologic/altimetric position. Generally, Trindade island soils present morphogenetic peculiarities that suggest their endemic character. They hold high natural fertility, little degree of natural weathering and very high values of available phosphorus and of calcium. The south face of the island, colder and more humid, has narrow ravines and gullies in steep hillsides that sposses exuberant vegetation of giant ferns, with accumulation of organic matter even in steep slopes, forming Histosols or Inceptsols, in more protected parts. The soils are more acid and more leached at altitudes higher than 400 meters, prevailing Inceptsols and Nitisols, although with very high phosphorus content. In the north, drier face of the island, lower areas have prevalent semi-arid or dry tropical weather, and the soils are shallower, riches in nutrients and with less organic matter. They are more eroded in the low lauds, prevailing Regolithic and Litholic Neosols. The sequential extraction data allowed two pedogenic environments to be distinguished: one of younger and less weathered soils, up to 450 m high; the second pedogenic environment was formed with soil from weathered parent materials, at altitudes of 450 - 600 m. The metals Cu, K, Mn, Ni and Zn were higher in the organic matter-bonded and to amorphous iron oxides fractions. The available content was very low in comparison with total content for all metals, dive to their presence in the mineral crystalline structure, seconded by organic matter and Fe compounds, amorphous or crystalline. The mineralogical analysis of sand fraction allowed the identification of large variety of primary minerals in the island s soils. These minerals show little natural weathering, conferring the high content of metals that are still observed, even in the clay fraction. Micromorphology aided the identification of some singular features in the island s soils, allowing the description of the microstructure and the composition. This analysis identified primary minerals that are still under alteration processes, in addition to intrinsic characteristics of each profile. Trindade s soils has particularities that make them difficult to fit into the Brazilian soil the classification system, demanding the creation of new classes at several categorical levels for the correct classification of Brazilian oceanic island s soils.
Palavras-chave: Física do solo
Química do solo
Mapeamento do solo
Soil physics
Soil chemistry
Soil mapping
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: CLEMENTE, Eliane de Paula. Land environments of the Trindad island, South Atlantic: soil and physical environment characterization as a subside for creation of a conservation unit. 2006. 179 f. Tese (Doutorado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1625
Data do documento: 11-Set-2006
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,76 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.