Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1630
Tipo: Tese
Título: Árvores em sistemas agroflorestais: ciclagem de nutrientes e formação da matéria orgânica do solo
Título(s) alternativo(s): Trees in agroforestry systems: ciclagem of nutrients and formation of organic matter of the soil
Autor(es): Duarte, Edivânia Maria Gourete
Primeiro Orientador: Cardoso, Irene Maria
Primeiro coorientador: Mendonça, Eduardo de Sá
Segundo coorientador: Fernandes, Raphael Bragança Alves
Primeiro avaliador: Oliveira, Teógenes Senna de
Segundo avaliador: Andrade, Felipe Vaz
Abstract: Os benefícios dos sistemas agroflorestais (SAFs) na qualidade dos solos têm sido recentemente evidenciados em muitos trabalhos científicos. Porém, há necessidade de aprofundar o conhecimento sobre o potencial de ciclagem de nutrientes e a formação da matéria orgânica do solo por espécies arbóreas nativas de ambientes tropicais, com vistas ao estabelecimento de estratégias de uso e manejo dessas espécies nos SAFs. Este estudo faz parte de um conjunto de estudos realizados com os agricultores que trabalham com SAFs na região da Zona da Mata de Minas Gerais, e teve como objetivo, avaliar o aporte de resíduos e nutrientes por espécies arbóreas usadas nestes SAFs e ainda, avaliar a formação da matéria orgânica e a disponibilização de nutrientes a partir destes resíduos. As espécies selecionadas para avaliar o aporte de resíduos e nutrientes foram: Persea americana (abacateiro), Luehea grandiflora (açoita cavalo), Zeyheria tuberculosa (ipê preto), Erythrina verna (mulungu), Aegiphila sellowiana (papagaio), musa sp (bananeira), Sollanum mauritianum (capoeira branca), Inga subnuda (ingá) e Senna macranthera (fedegoso). Para as duas últimas espécies aprofundaram-se os estudos sobre a formação da matéria orgânica do solo e ciclagem de nutrientes. Os resíduos senescentes foram coletados durante um ano, em SAFs de agricultores nos municípios de Araponga e Divino. Ambos localizados na zona da Mata de Minas Gerais. Para a bananeira foram feitas três coletas ao longo do ano. Foi quantificada a massa seca de resíduos. Determinaram-se os teores de nutrientes nestes resíduos. Para a bananeira determinou-se também os teores de C, lignina, celulose, hemicelulose e polifenol. Para avaliar a formação da MOS no solo a partir dos resíduos de fedegoso e ingá, incubou-se por de 12 meses, solo sem resíduos e solo com 5 g de C-resíduo das espécies, os quais tiveram duas formas de disposição, incorporados, e mantidos à superfície. Foram avaliados em quatro repetições: o fluxo de C-CO2, a massa seca remanescente de resíduos, os teores totais de C e N do solo, da biomassa microbiana e das substâncias húmicas além da matéria orgânica leve-livre. Aos 12 meses, avaliou-se também a relação 13C/12C no solo, na fração humina e na matéria orgânica leve-livre. Também foi feita a análise de rotina. O aporte de resíduos entre as espécies variou de 0,32 a 5,6 Mg ha-1 ano-1. Os aportes de N, P e K, via resíduos das espécies, variaram de 5 a 112 kg ha-1ano-1 de N; 4,1 a 48,6 kg ha-1ano-1 de K e 0,2 a 6,8 kg ha-1ano-1 de P. O fedegoso, a capoeira branca e o ingá estão entre as três espécies que aportaram as maiores quantidades resíduos e de N, P, K. Ingá, açoita cavalo e abacate apresentaram as maiores relações lignina mais polifenol/N e lignina/N e maiores teores de celulose, indicando lenta taxa de decomposição dos resíduos, comparadas às demais. Nos estudos de formação da matéria orgânica e ciclagem de nutrientes, ficou evidente que no tratamento com resíduos de fedegoso incorporado, houve, em curto prazo, grandes incrementos nos teores de C das frações da MOS desde as mais lábeis, às mais recalcitrantes, resultando em 37,4% de matéria orgânica derivada do resíduo na sua fração humina. Estes, com efeitos também sobre o pH, os estoques de nutrientes, a soma de bases, a CTC, além de reduções na capacidade de fixação de P e na saturação por Al3+ no solo. O tratamento com resíduos de ingá incorporado, apesar da lenta decomposição apresentou 33,1 % de matéria orgânica derivada do resíduo na sua fração humina. Já, o tratamento com resíduos de fedegoso incubado na superfície apresentou 27% da matéria orgânica derivada do resíduo na sua fração humina. Nestes dois tratamentos também foram verificados melhorias nas características químicas do solo. Porém, para o ingá disposto à superfície, este apresentou 25% de matéria orgânica derivada do resíduo na sua fração humina, mesmo assim pouco se diferiu do controle no período avaliado, confirmando que os resíduos de fedegoso são mais eficientes que o ingá, tanto na ciclagem de nutrientes quanto na formação da matéria orgânica do solo, inclusive em frações mais estáveis. Tal resultado evidencia a importância de se planejar o desenho de SAFs utilizando espécies estratégicas para desempenhar as funções desejadas e mostra que é importante também incentivar práticas que promovam uma maior diversidade de fauna do solo, responsáveis pela quebra e incorporação parcial dos resíduos aportados ao solo.
The benefits of the agroforestry systems in the quality of the soils they have been evidenced recently in many scientific works. However, there is need to deepen the knowledge about the potential of ciclagem of nutrients and the formation of the organic matter of the soil for native arboreal species of tropical ecossystems, with views to the establishment of use strategies and management of those species in agroforestry systems. This study was demanded by farmers that work with agroforestry systems in region of the Zona da Mata of Minas Gerais, and it had as objective, to evaluate the contribution of residues and nutrients for arboreal species used in these agroforestry systems and still, to evaluate the formation of the organic matter and the disponibilization of nutrients starting from these residues. The species selected to evaluate the contribution of residues and nutrients were: Persea americana, Luehea grandiflora, Zeyheria tuberculosa, Erythrina verna, Aegiphila sellowiana, musa sp, Sollanum mauritianum, Inga subnuda and Senna macranthera. The last two species studies were deepened on the formation of the organic matter of the soil and ciclagem of nutrients. The litter fall were collected during one year, in farmers' agroflorestry systems in the municipal districts of Araponga and Divino. Both located in the Zona da Mata of Minas Gerais. For the m. sp they were made three pruning along the year. The dry mass of residues was quantified. They were determined the tenors of nutrients in these residues. For the m. sp it was also determined the tenors of C, lignin, cellulose, hemicellulose and polyphenol. To evaluate the formation of the organic matter in the soil starting from the fedegoso residues and ingá, it was incubated for of 12 months, soil without residues, soil with 5 g of C-residue of the species incorporated, and maintained to the surface. They were appraised in 4 repetitions: the flow of C-CO2, the dry mass remainder of residues, the total tenors of C and N of the soil, of the microbial biomass and of the substances humics besides the light-free organic matter. To the 12 months, it was also evaluated the relationship 13C/12C in the soil, in the humin fraction and in the light-free organic matter. It was also made the routine analysis. The contribution of residues among the species varied from 0,32 to 5,6 Mg ha-1 year-1. The contributions of N, P and K, through residues of the species, varied from 5 to 112 kg ha-1 year-1 of N; 4,1 to 48,6 kg ha-1 year-1 of K and 0,2 to 6,8 kg ha-1 year-1 of P. The S. macranthera, the S. mauritianum and the I. subnuda are among the three species that contributed the largest amounts residues and of N, P, K. I. subnuda, P. americana and L. grandiflora they presented the largest relationships lignin mais polyphenol/N and lignin/N and larger cellulose tenors, indicating slow rate of decomposition of the residues, compared to the others. In the studies of formation of the organic matter and ciclagem of nutrients, it was evident that in the treatment with residues of incorporate S. macranthera, there was, in short period, great increments in the tenors of C of the fractions of the organic matter from the most label, to the most recalcitrant, resulting in 37,4% of derived organic matter of the residue in your humin fraction. These, with effects also on the pH, the stocks of nutrients, the sum of bases, CEC, besides reductions in the capacity of fixation of P and in the saturation for Al3+ in the soil, The treatment with residues of incorporate I. subnuda, in spite of the slow decomposition presented 33,1% of derived organic matter of the residue in your humin fraction. Already, the treatment with S. macranthera residues incubated in the surface it presented 27% of the derived organic matter of the residue in your humin fraction. In these two treatments improvements were also verified in the characteristics chemistries of the soil. However, for the I. subnuda disposed to the surface, this presented 25% of derived organic matter of the residue in your humin fraction, even so little it was differed of the control in the appraised period, confirming that the S. macranthera residues are more efficient than the I. subnuda, so much in the ciclagem of nutrients as in the formation of the organic matter of the soil, besides in stableer fractions. Such a result evidences the importance of planning the design of agroforestry systems using strategic species to carry out the wanted functions and it shows that is also important to motivate practices that promote a larger diversity of fauna of the soil, responsible for the break and partial incorporation of the residues contributed to the soil.
Palavras-chave: Ciclagem de nutrientes
Matéria orgânica do solo
Sequestro de carbono
Nutrient cycling
Soil organic matter
Carbon Sequestration
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: DUARTE, Edivânia Maria Gourete. Trees in agroforestry systems: ciclagem of nutrients and formation of organic matter of the soil. 2011. 135 f. Tese (Doutorado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1630
Data do documento: 29-Set-2011
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,84 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.