Locus  

Processo de adaptação de executivos expatriados no Brasil: um estudo sobre a atuação do profissional de secretariado executivo em uma multinacional de origem alemã

Show simple item record

dc.contributor.author Cota, Marina Silva Guimarães
dc.contributor.author Emmendoerfer, Magnus Luiz
dc.contributor.author Reis, Ana Carolina Gonçalves
dc.contributor.author Silva, Lara Lúcia da
dc.date.accessioned 2018-02-06T17:12:47Z
dc.date.available 2018-02-06T17:12:47Z
dc.date.issued 2015-02-01
dc.identifier.issn 2178-9010
dc.identifier.uri https://doi.org/10.7769/gesec.v6i1.282
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/17368
dc.description.abstract O presente trabalho propôs uma pesquisa descritiva, com o objetivo de verificar a atuação do profissional de Secretariado Executivo no processo de adaptação de executivos expatriados no Brasil. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com Secretárias Executivas que trabalham com expatriados e aplicados questionários a executivos expatriados, ambos os grupos pertencentes a uma mesma empresa multinacional alemã. Por meio da análise de dados qualitativos obtidos pelos questionários, foi possível identificar os fatores de choque cultural que os executivos expatriados alemães enfrentam no Brasil. Nesse sentido, buscou-se, também, conhecer a forma de atuação do profissional de Secretariado Executivo com os executivos expatriados, mapeando as atividades desenvolvidas, os desafios enfrentados e as competências necessárias ao profissional nessa função. Concluiu-se que o Secretário Executivo possui potencial de facilitador no processo de adaptação do executivo expatriado e, também, da família deste no país hospedeiro. Por fim, esta pesquisa aponta contribuições para mais um campo de atuação do profissional do Secretariado Executivo. pt-BR
dc.description.abstract This present study aimed to verifying the performance of Executive Secretariat professional in the process of adaptation of expatriate executives in Brazil. In order to achieve this goal, semi- structured interviews were applied to Executive Secretaries working with expatriates and also applied to expatriate executives, both groups belonging to the same multinational German company. According to the analysis of the data obtained through interviews, it was possible to identify the cultural shock factors that expatriate executives face in Brazil. In this context, this investigation also aimed to understanding how the Executive Secretary works with executive expatriates by mapping the developed activities, the challenges and the competences required by a professional in this position. In conclusion, the Executive Secretary can be a facilitator in the process of adaptation of expatriates and their families in their host country. Lastly, this study indicates contributions to another field of work placement for the Executive Secretariat professional. en
dc.format pdf pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Revista de Gestão e Secretariado pt-BR
dc.relation.ispartofseries v. 6, n. 1, p. 74-98, Jan./Abr. 2015 pt-BR
dc.rights Open Access pt-BR
dc.subject Secretariado executivo pt-BR
dc.subject Assessoria executiva pt-BR
dc.subject Expatriação de executivos pt-BR
dc.subject Cultura organizacional pt-BR
dc.subject Traços culturais brasileiros pt-BR
dc.title Processo de adaptação de executivos expatriados no Brasil: um estudo sobre a atuação do profissional de secretariado executivo em uma multinacional de origem alemã pt-BR
dc.type Artigo pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Artigos [165]
    Artigos Técnico-científicos na área de Letras

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account