Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/17474
Tipo: Artigo
Título: Modeling the hydration process of bean grains coated with carnauba wax
Autor(es): Paixão, Aline Almeida da
Corrêa, Paulo Cesar
Baptestini, Fernanda Machado
Donzeles, Sérgio Maurício Lopes
Diniz, Mayra Darliane Martins Silva
Freitas, Rafael Leite de
Abstract: Edible waxes are widely used to maintain foodstuff until they are consumed. However, some products may be subjected to industrial procedures, such as hydration, prior to their consumption. Hydration of a material is a complex process, which aims to reconstitute the original characteristics of a product when in contact with a liquid phase. An important agricultural product that requires this procedure is beans. Thus, the purpose of this work is to study the hydration process of beans (cultivar BRSMG Majestoso) in different temperatures and concentrations of carnauba wax, which is applied on the product surface. Beans with initial moisture content of 0.2015, 0.1972 and 0.1745 (d.b.) corresponding to treatments 0 (witness), 1 (wax diluted in water in the ratio 1:1), and 2 (carnauba wax, without dilution) were used. Later, these samples were imbibed in distilled water at temperatures of 20, 30 and 40 oC, for 15 h. The temperature and the carnauba wax influenced the water absorption rate. The Peleg model described satisfactory experimental data and the Mitscherlich model presented biased residual distribution. The constants C 1 and C 2 of the Peleg model exhibited opposite behaviors with increasing temperatures in the hydration process.
O uso de ceras comestíveis em produtos agrícolas é vastamente utilizado, de modo a conservar o alimento até o seu consumo. Contudo, alguns produtos podem sofrer algum processo industrial para o seu consumo, como a hidratação. A hidratação de materiais é um processo complexo que tem como objetivo reconstituir as características originais do produto, quando submetido ao contato com uma fase líquida. Um importante produto agrícola no qual requer esse processo é o feijão. Assim, objetivou-se com este trabalho estudar o processo de hidratação de grãos de feijão do cultivar BRSMG Majestoso para diferentes temperaturas e concentração de cera de carnaúba aplicada na superfície do produto. Foram utilizados grãos de feijão com teores de água de 0,2015; 0,1972 e 0,1745 (b.s.) correspondentes aos tratamentos 0 (testemunha), 1 (cera diluída em água na proporção de 1:1) e 2 (solução de cera de carnaúba, sem diluição), embebidos em água destilada, nas temperaturas de 20, 30 e 40 °C, durante 15 h. A temperatura e a cera de carnaúba influenciaram a taxa de absorção de água. O modelo de Peleg ajustou-se satisfatoriamente aos dados experimentais e o mesmo não pode ser afirmado para o modelo de Mitscherlich, por apresentar distribuição dos resíduos tendenciosa. As constantes C 1 e C 2 do modelo de Peleg apresentaram comportamento oposto com a elevação da temperatura de hidratação. Palavras-chave: Cultivar BRSMG Majestoso. Modelo de Peleg. Modelo de Mitscherlich.
Palavras-chave: Cultivar BRSMG Majestoso
Peleg model
Mitscherlich model
Editor: Semina: Ciências Agrárias
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n4Supl1p2515
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/17474
Data do documento: 20-Abr-2017
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo1,93 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.