Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/17486
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorBittencourt, Geraldo Moreira
dc.contributor.authorGomes, Marília Fernandes Maciel
dc.date.accessioned2018-02-08T10:06:42Z
dc.date.available2018-02-08T10:06:42Z
dc.date.issued2014-05-09
dc.identifier.issn1982-6745
dc.identifier.urihttps://online.unisc.br/seer/index.php/redes/article/view/3173
dc.identifier.urihttp://www.locus.ufv.br/handle/123456789/17486
dc.description.abstractO presente estudo tem como objetivo principal avaliar os determinantes das variações na produção da cana-de-açúcar no Sudeste e Centro-Oeste brasileiro, entre os anos de 1990 e 2009, mensurando os efeitos área, produtividade e composição. O referencial teórico é composto pela conceituação sobre a modernização da agricultura e pela descrição da teoria de inovação induzida. A análise empírica do trabalho tem como base o modelo Shift-Share, também conhecido como diferencial estrutural. Nos resultados do período de 1990 a 2009 (período total), destaca-se a hipótese do maior rendimento médio da produção da cana-de-açúcar na região Sudeste e do padrão de crescimento da produção pelo fator área no Centro-Oeste. Por outro lado, no período de 2005 a 2009, em que as duas regiões em análise apresentaram as maiores taxas de crescimento da produção de cana-de-açúcar, o efeito composição foi o que revelou os valores mais expressivos, mostrando que a expansão da produção da cana nessas regiões vem ocorrendo, principalmente, pela substituição por terras de outras culturas menos rentáveispt-BR
dc.description.abstractThis study aims at assessing the determinants of variations in the production of sugarcane in Southeast and Midwest of the Brazil, between 1990 and 2009, measuring the effects area,productivity and composition. The theoretical framework consists of the conceptualization of the modernization of agriculture and the description of the theory of induced innovation. The empirical analysis is based on the work of the Shift-Share model, also known as a differential structure. In the results from 1990 to 2009 (total period), there is the hypothesis of the higher average yield of sugarcane in the Southeast and of the pattern of growth production by area in the Midwest. On the other hand, in the period 2005 to 2009, where the two regions in question had the highest growth rates of production of sugar cane, the composition effect revealed the most significant values, showing that the expansion of sugarcane production has occurred in these regions, mainly by substituting other crops by land less profitable.en
dc.formatpdfpt-BR
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherRevista Do Desenvolvimento Regionalpt-BR
dc.relation.ispartofseriesv. 19, n. 2, p. 182 - 201, maio/ago. 2014pt-BR
dc.rightsOpen Accesspt-BR
dc.subjectCana-de-açúcarpt-BR
dc.subjectPadrão de crescimentopt-BR
dc.subjectModelo Shift-Sharept-BR
dc.titleFontes de crescimento da produção de cana-de-açúcar no sudeste e centro-oeste do brasilpt-BR
dc.typeArtigopt-BR
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfTexto completo210,99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.