Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/17824
Tipo: Artigo
Título: Loss and re-establishment of desiccation tolerance in the germinated seeds of Sesbania virgata (Cav.) (Pers.)
Autor(es): Masetto, Tathiana Elisa
Faria, José Marcio Rocha
Fraiz, Ana Carla Resende
Abstract: This research aimed to investigate the cellular alterations during the loss and re-establishment of desiccation tolerance (DT) in germinated Sesbania virgata seeds. The loss of DT was characterized in germinated seeds with increasing radicle lengths (1, 2, 3, 4 and 5 mm) when subjected to dehydration in silica gel, followed by rehydration. To re-establish DT, the germinated seeds were incubated for 72h in polyethylene glycol (PEG, -2.04 MPa) with or without ABA (100 μM) before dehydration in silica gel. Cell viability was assessed by seedling survival, and DNA integrity was evaluated by gel electrophoresis. Seeds with 1 mm radicle length survived dehydration to the original moisture content (MC) of the dry seed (approximately 10%). PEG treatment was able to re-establish DT, at least partially, with 2, 3 and 4 mm but not in 5 mm radicle lengths. Germinated seeds treated with PEG+ABA performed better than those treated only with PEG, and DT was re-established even in germinated seeds with a 5 mm radicle length. Among the PEG-treated germinated seeds dehydrated to 10% MC, DNA integrity was maintained only in those with a 1 mm radicle length.
Esta pesquisa objetivou investigar as alterações celulares durante a perda e o restabelecimento da tolerância à dessecação (TD) em sementes germinadas de Sesbania virgata. A perda da TD foi caracterizada em sementes germinadas com 1, 2, 3, 4 e 5 mm de comprimento de radícula, submetidas à desidratação em sílica gel seguida de reidratação. Para restabelecer a TD, as sementes germinadas foram incubadas por 72h em PEG (-2,04 MPa) com e sem ABA (100 μM) antes da secagem em sílica gel. A viabilidade celular foi avaliada pela sobrevivência de plântulas e a integridade do DNA foi avaliada por meio de eletroforese em gel. Sementes com 1 mm de radícula sobreviveram à secagem até o teor de água original (aproximadamente 10%). O tratamento com PEG foi eficiente para restabelecer a TD, parcialmente, em sementes com 2, 3 e 4 mm, exceto com 5 mm de radícula. Sementes germinadas tratadas com PEG+ABA apresentaram melhor desempenho em relação às sementes sem ABA, sendo que a TD foi restabelecida em sementes com 5 mm de radícula. Dentre as sementes tratadas com PEG e secas até 10% de teor de água, a integridade do DNA foi mantida em sementes com 1 mm de radícula.
Palavras-chave: Abscisic acid
Cytological alteration
Osmotic stress
Editor: Acta Scientiarum. Agronomy
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v37i3.19373
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/17824
Data do documento: 26-Abr-2013
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo1,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.