Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1801
Tipo: Tese
Título: Relações metionina + cistina, treonina e triptofano com a lisina e níveis de lisina digestível em rações para codornas japonesas na fase de crescimento
Título(s) alternativo(s): Relationship Methionine + cystine, threonine and tryptophan with lysine and digestible lysine levels in diets for growing Japanese quails
Autor(es): Lima, Heder José D'ávila
Primeiro Orientador: Barreto, Sérgio Luiz de Toledo
Primeiro coorientador: Donzele, Juarez Lopes
Segundo coorientador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Primeiro avaliador: Moraes, George Henrique Kling de
Segundo avaliador: Pires, Aldrin Vieira
Abstract: Foram conduzidos 4 experimentos para avaliar as relações entre metionina + cistina e lisina digestíveis (experimento I), treonina e lisina digestíveis (experimento II), triptofano e lisina digestíveis (experimento III) e a exigência de lisina digestível (experimento IV) para codornas japonesas na fase de crescimento com repercussão na fase inicial de postura. Utilizou-se em todos os experimentos delineamento inteiramente casualizado, no experimento I foram 5 tratamentos dietéticos, 10 repetições e 20 aves por gaiola e nos demais experimentos foram 8 repetições com 20 aves por gaiola. Avaliou-se o desempenho das aves nas fases de crescimento e de postura. No experimento I foi formulada uma ração basal, deficiente em metionina + cistina, a base de milho e farelo de soja, contendo 5,67 g metionina + cistina digestível/kg, suplementada com 5 níveis de DL- metionina (99%), correspondente às relações entre metionina + cistina e lisina de 0,54; 0,60; 0,66; 0,72 e 0,78. Observou-se aumento linear para peso e ganho de peso aos 40 dias, consumo de ração, peso de carcaça, deposição de gordura e de proteína corporal, consumo de metionina + cistina e para viabilidade das aves. Efeito quadrático foi observado para conversão alimentar e uniformidade aos 40 dias e a porcentagem de penas não variou com as relações. Na fase de postura, ocorreu efeito linear para consumo de ração e ganho de peso das aves aos 110 dias de idade. Para conversão alimentar por dúzia de ovos o LRP foi o que melhor se ajustou. Para o experimento II foi formulada uma ração basal, deficiente em treonina, a base de milho e farelo de soja, contendo 6,6 g de treonina digestível/kg, suplementada com 5 níveis de L- treonina (98%), correspondente às relações entre treonina e lisina de 0,63; 0,60; 0,66; 0,72 e 0,78. As relações treonina digestível e lisina digestível não influenciaram os parâmetros na fase de crescimento e postura, com exceção do consumo de treonina que aumentou de forma linear. No experimento III foi formulada uma ração basal, deficiente em triptofano, com 1,48 g de triptofano digestível/kg, suplementada com 5 níveis de Ltriptofano (98%), correspondente às relações entre triptofano e lisina de 0,14; 0,16; 0,18; 0,20 e 0,22. Para peso e o ganho de peso das aves até os 40 dias e o consumo de ração na fase de postura o LRP foi o que melhor se ajustou. Para consumo de ração, conversão alimentar e viabilidade das aves na fase de crescimento, houve efeito quadrático. Na fase de postura foi observado efeito quadrático para produção de ovos por ave alojada com 1 dia, peso de ovos, ganho em peso aos 110 dias e conversão alimentar por massa de ovos. O consumo de triptofano e a produção de ovos por ave alojada na fase de postura variaram de forma linear. No experimento IV foi formulada uma ração basal, deficiente em lisina digestível, a base de milho e farelo de soja, contendo 200,6 g de proteína bruta/kg, 12,14 MJ/kg, e 8,8 g lisina digestível/kg, suplementada com L-lisina HCl (78,4%), correspondendo aos níveis de lisina digestível de 8,8 g/kg (sem suplementação de L-lisina), 9,8 g/kg, 10,8 g/kg, 11,8 g/kg e 12,8 g/kg. Para peso e ganho de peso das aves aos 40 dias de idade, peso de carcaça, conversão alimentar por dúzia de ovos e a produção de ovos por ave alojada o LRP foi que melhor se ajustou. Na fase de crescimento ocorreu efeito linear para porcentagem de pena, deposição de gordura na carcaça, deposição de proteína bruta na carcaça, consumo de ração e consumo de lisina. Na fase de postura o efeito linear foi para a produção de ovos por ave ao dia, massa de ovos, ganho de peso das aves até os 100 dias de idade e conversão alimentar por massa de ovos. Conclui-se que as relações entre metionina + cistina e lisina digestíveis de 0,73, entre treonina e lisina digestíveis de 0,63, entre triptofano e lisina digestíveis de 0,18 e o nível de lisina digestível de 11,85 g / kg de ração proporcionam melhores crescimento e desempenho satisfatório de codornas japonesas na fase de postura.
There were four experiments to evaluate the relationship between methionine plus cystine and lysine (experiment I), threonine and lysine (experiment II) and tryptophan and lysine (experiment III), as well as the lysine requirement (experiment IV), for growing japanese quails with impact on the initial egg production. The first experiment was a completely randomized design with five dietary treatments, 10 replicates and 20 birds per cage, the others were 8 replicates of 20 birds per cage. In all experiments were evaluated the birds performance during the growing and egg production. In experiment I made was a basal diet deficient in methionine plus cystine, made from corn and soybean meal, containing 5.67 g methionine plus cystine / kg, supplemented with 5 levels of DL-methionine (99%), corresponding to the of methionine + cystine and lysine 0.54 (without supplementation); relationship 0.60, 0.66, 0.72 and 0.78. For the growth phase there was a linear increase in weight of birds at 40 days, weight gain at 40 days, feed intake, carcass weight, fat and body protein deposition, intake of methionine plus cystine and birds viability. Quadratic effect was observed for feed conversion and uniformity at 40 days and the feather percentage did not vary with the relationship. During the laying period, there was a linear effect on feed intake and weight gain of birds at 110 days old. For feed conversion per dozen eggs LRP was the best adjusted. For experiment II was formulated a basal diet deficient in threonine, made from corn and soybean meal, containing 6.6 g of threonine / kg, supplemented with 5 levels of L-threonine (98%), corresponding to the relationship between threonine lysine and 0.63 (without supplementation); relationship 0.60, 0.66, 0.72 and 0.78. The relationship between threonine and lysine did not influence the parameters in the growth and egg production phase, except the threonine intake that increased linearly. In Experiment III was made a basal diet, corn and soybean meal, deficient in tryptophan, with 1.48 g digestible tryptophan / kg, supplemented with 5 levels of L-tryptophan (98%), corresponding to the relationship between tryptophan and lysine 0.14 (without supplementation); relationship 0.16, 0.18, 0.20 and 0.22. For birds weight and weight gain until 40 days and feed intake in laying phase LRP was the best adjusted. For feed intake, feed conversion and birds viability in the growth phase, was quadratic effect. During the laying period was quadratic effect on egg production per bird housed in one day, egg weight, gain weight at 110 days and feed conversion per egg mass. The tryptophan use and egg production per bird housed in the laying varied linearly. In experiment IV was formulated a basal diet deficient in lysine, made from corn and soybean meal, containing 200.6 g crude protein / kg, 12.14 MJ / kg and 8.8 g lysine / kg, supplemented with L -lysine (78.4%), corresponding to the levels of lysine 8.8 g / kg (no L-lysine supplementation), 9.8 g / kg, 10.8 g / kg, 11.8 g / kg and 12.8 g / kg. For weight and weight gain of birds at 40 days old, carcass weight, feed conversion per dozen eggs and egg production per hen housed the LRP was the best adjusted. In the growth phase was a linear effect for feather percentage, fat deposition in the carcass, protein deposition in the carcass, feed intake and lysine intake. During the laying period was linear effect for the egg production per bird per day, egg mass, birds weight gain until 100 days old and feed conversion per egg mass. Concluded that relations between methionine plus cystine and lysine from 0.73, between threonine and lysine from 0.63 and between tryptophan and lysine digestible of 0.18 and lysine level of 11.85 g / kg provides better growth and performance of japanese quails in the laying phase.
Palavras-chave: Coturnix coturnix japonica
Desempenho
Metionina
Proteína ideal
Treonina
Triptofano
Coturnix coturnix japonica
Performance
Methionine
Ideal protein
Threonine
Tryptophan
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: LIMA, Heder José D'ávila. Relationship Methionine + cystine, threonine and tryptophan with lysine and digestible lysine levels in diets for growing Japanese quails. 2012. 93 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1801
Data do documento: 26-Mar-2012
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf803,94 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.