Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/18118
Tipo: Artigo
Título: Modelagem do balanço hídrico em microbacia cultivada com plantio comercial de Eucalyptus grandis x urophylla no leste de Minas Gerais, Brasil
Autor(es): Almeida, André Quintão
Ribeiro, Aristides
Leite, Fernando Palha
Abstract: No Brasil, o número de plantios comerciais de espécies florestais de crescimento rápido vem aumentando consideravelmente nas últimas décadas. Contudo, os possíveis impactos desse aumento sobre os recursos hídricos ainda são desconhecidos. O objetivo deste estudo foi realizar a modelagem do balanço hídrico em uma microbacia cultivada com plantio comercial de híbridos de Eucalyptus grandis x urophylla no Leste de Minas Gerais, Brasil. O trabalho foi realizado em uma microbacia experimental com área total de 40 ha durante o ano hidrológico, compreendido entre outubro de 2009 e setembro de 2010. A principal entrada de água no sistema via precipitação pluvial e os dados meteorológicos foram coletados por uma estação automática instalada no interior da área de estudo. As principais saídas foram estimadas pela equação modificada de Penman-Monteith e pela mensuração do deflúvio gerado na saída da bacia. Do total precipitado (1.123 mm) durante o ano, 9% (106 mm) retornaram à atmosfera via interceptação, 66% (740 mm) via transpiração da cultura e 11% (119 mm) pela evaporação do solo, que somados corresponderam à aproximadamente 86% da entrada de água na microbacia. Do deflúvio total gerado (~147 mm), apenas 4,29 mm (0,4%) foram convertidos em escoamento superficial. Pode-se concluir que durante o ano hidrológico monitorado o balanço entre as principais entradas e as saídas de água na microbacia foi equalizado, não comprometendo a disponibilidade hídrica natural no curso d'água.
In Brazil, the number of commercial plantations of forest species has increased considerably in recent decades. However, the potential impacts of this increase on water resources are still unknown. The objective of the present study was to model the water balance in a watershed, home to a commercial plantation of the Eucalyptus grandis x urophylla hybrid in eastern Minas Gerais, Brazil. This study was conducted in an experimental watershed with total area of 40 ha during the hydrological year extending from october 2009 to september 2010. The main source of water entering the system, via rainfall, was monitored as part of meteorological data by an automatic station installed within the study area. The main water outlets were estimated by the modified Penman-Monteith equation and by measuring the runoff generated at the basin output. Of the total precipitation (1123 mm) during the year, 9% (106 mm) was lost via interception, 66% (740 mm) via crop transpiration and 11% (119 mm) by soil evaporation, which together correspond to approximately 86 % of water entering the watershed. Of the total outflow generated (~ 147 mm), only 4.29 mm (0.4%) were converted into surface runoff. It can be concluded that during the hydrological year analyzed, the balance between the main water inputs and outputs in the watershed was equalized, without jeopardizing the availability of water in the natural waterway.
Palavras-chave: Hidrologia florestal
Modelo de Rutter
Transpiração
Editor: Revista Árvore
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622013000300018
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/18118
Data do documento: 12-Mai-2013
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo1,41 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.