Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1818
Tipo: Tese
Título: Estratégias de suplementação para fêmeas bovinas de corte em diferentes fases do ciclo produtivo
Título(s) alternativo(s): Supplementation strategies for beef heifers in different stages of the production cycle
Autor(es): Barros, Lívia Vieira de
Primeiro Orientador: Paulino, Mário Fonseca
Primeiro coorientador: Rennó, Luciana Navajas
Segundo coorientador: Valadares Filho, Sebastião de Campos
Primeiro avaliador: Chizzotti, Mario Luiz
Segundo avaliador: Moraes, Eduardo Henrique Bevitori Kling de
Abstract: Este trabalho foi elaborado a partir de três experimentos com fêmeas bovinas de corte submetidas a diferentes estratégias de suplementação a pasto. No primeiro experimento, objetivou-se avaliar o desempenho produtivo e nutricional de bezerras lactentes recebendo mistura mineral ou suplementos múltiplos e a produção de leite, o consumo e a digestibilidade do pasto consumido por vacas de corte, em pastagens de Uruchloa decumbens. Utilizaram-se 48 bezerras de corte, mestiças com predominância de sangue zebu, lactentes, com idade média de 5 meses e peso médio inicial de 125,4 + 1,34 kg, e suas respectivas mães com peso inicial médio de 435,2 + 10,3 kg. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado. Os suplementos continham aproximadamente 25% de proteína bruta (PB) e substituição progressiva do farelo de soja (FS) pelo farelo de algodão 38% (FA) e uréia nos níveis de 0; 33; 67 e 100% para os tratamentos FA0, FA33, FA67 e FA100, respectivamente. Os animais do tratamento controle (MM) receberam exclusivamente mistura mineral ad libitum; nos demais tratamentos os suplementos múltiplos foram fornecidos na quantidade de 0,5 kg/animal/dia. O ganho médio diário (g) foi 687,8; 733,2; 820,0; 760,6 e 764,5, respectivamente para os tratamentos MM, FA0, FA33, FA67 e FA100. As bezerras suplementadas com suplementos múltiplos apresentaram maior ganho em peso. Não se verificou efeito dos níveis de FA (P>0,10) sobre o ganho médio diário. Os consumos em kg/dia de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), carboidratos não fibrosos (CNF), MS digerida e nutrientes digestíveis totais foram superiores (P<0,10) para os animais suplementados com suplementos múltiplos em relação aos animais que receberam apenas mistura mineral. Entre os níveis de substituição do FS por FA observou se efeito linear decrescente com o aumento do nível de FA sobre o consumo de MS digerida e fibra em detergente neutro digerida. Os coeficientes de digestibilidade aparente totais da MS, MO, PB e CNF foram superiores (P<0,10) para os animais que receberam suplementos múltiplos. Entre os níveis de substituição do FS pelo FA observou se efeito linear decrescente sobre a digestibilidade da fibra em detergente neutro. A suplementação das bezerras não influenciou o desempenho das vacas, a produção de leite e o consumo de componentes da dieta pelas vacas (P>0,10). Conclui-se que a utilização de suplementos múltiplos no período prédesmama, propicia maior ganho de peso das bezerras. No segundo experimento, objetivou-se avaliar o efeito da suplementação com suplemento múltiplo ou mistura mineral durante o período da seca (fase 1) e/ou transição seca-águas (fase 2) sobre as variáveis nutricionais e o desempenho produtivo de novilhas de corte, mestiças com predominância de sangue zebu em pastagem de Uruchloa decumbens. Utilizaram-se 40 novilhas com idade e peso médio iniciais, de 8 meses e 200 ± 3,74 kg, respectivamente. O delineamento foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos e 10 repetições. Na fase 1, dois grupos de animais receberam suplemento múltiplo e os outros dois grupos receberam apenas mistura mineral ad libitum. Na fase 2 do experimento, dos dois grupos que receberam suplemento múltiplo, um continuou a receber o suplemento múltiplo e o outro passou a receber apenas mistura mineral ad libitum. Já com relação aos dois grupos que receberam apenas mistura mineral na fase 1, um continuou a receber mistura mineral e o outro passou a receber suplemento múltiplo. Na fase 1, os animais suplementados com suplementos múltiplos tiveram maior ganho médio diário (GMD), a suplementação múltipla aumentou os consumos em kg/dia de MS, MO, PB, CNF, matéria seca digerida (MSD) e nutrientes digestíveis totais (NDT) e melhorou a digestibilidade de todos os constituintes da dieta (P<0,10), com exceção da fibra em detergente neutro (FDNcp) e do extrato etéreo (EE) (P>0,10). A suplementação na transição seca-águas (fase 2) aumentou o consumo em kg/dia de MS, matéria seca de forragem (MSF), MO, matéria orgânica de forragem (MOF), PB, EE, MSD, fibra em detergente neutro digerida (FDND) e fibra em detergente neutro indigestível. Houve efeito de interação sobre a suplementação na seca (fase 1) e na transição seca-águas (fase 2) sobre o GMD, consumo de CNF, sobre os coeficientes de digestibilidade da MS, MO, PB, FDNcp e sobre o teor de NDT. Recomenda se o uso de suplementos múltiplos para novilhas de corte sob pastejo em fase de recria durante o período da seca e durante o período de transição seca-águas. A suplementação múltipla durante a seca melhora o desempenho dos animais suplementados durante a transição seca-águas. No terceiro experimento, objetivou-se avaliar o efeito de suplementos múltiplos com diferentes níveis de proteína bruta sobre, os parâmetros nutricionais, a eficiência de síntese microbiana e o desempenho produtivo de novilhas de corte, em pastagem de Uruchloa decumbens durante o período das águas. Utilizaram-se 39 novilhas, mestiças com predominância de sangue zebu com 14 meses idade e 229,3 ± 0,7 kg de peso corporal. O delineamento foi inteiramente casualizado. Os tratamentos constituíram-se de níveis crescentes de proteína bruta nos suplementos múltiplos e um tratamento controle (MM) no qual os animais receberam apenas mistura mineral. Os suplementos continham 17; 30; 43 e 56% de proteína bruta (PB), para os tratamentos PB17; PB30; PB43 e PB56, respectivamente. O ganho médio diário (GMD) (g) foi 447,7; 554,6; 638,4; 587,9; 590,4, respectivamente para os tratamentos MM, PB17; PB30; PB43 e PB56. Verificou-se efeito quadrático dos níveis de proteína bruta (P<0,10) sobre o GMD. O GMD foi maior para os animais suplementados (P<0,10). Observou se maior consumo de MS, MO, PB, EE, CNF, NDT e matéria seca digerida (P<0,10) para os animais suplementados com suplementos múltiplos. Entre os níveis de proteína bruta nos suplementos observou-se redução no consumo de MS de forragem com a elevação do nível de PB no suplemento. A suplementação aumentou o coeficiente de digestibilidade aparente da MS, PB, EE e CNF. Houve efeito quadrático do nível de PB nos suplementos sobre a digestibilidade da MS, EE, MO, FDNcp, CNF e para o teor de NDT. Não houve diferença em relação a eficiência de síntese de proteína microbiana (EFIM) entre animais suplementados e não suplementados. Houve efeito linear positivo do nível de PB no suplemento sobre a EFIM. O fornecimento de suplementos múltiplos para novilhas, manejadas em pasto de média a alta qualidade durante o período das águas, melhora o desempenho produtivo dos animais. O nível de PB nos suplementos múltiplos que otimiza o ganho médio diário é 37%. O fornecimento de suplementos com altos níveis de PB durante o período das águas diminui o consumo de forragem.
This thesis was drawn from three experiments with beef heifers under different supplementation strategies at pasture. The first work aimed to evaluate productive and nutritional performance of female calves fed mineral mixture or multiple supplements and milk production, pasture intake and digestibility of beef cows, in Uruchloa decumbens pastures. It was used 48 female calves with average age of 5 months and initial average weight of 125.4±1.34 kg and their respective dams with initial average weight of 435.2 ± 10.3. The experimental design was the complete random design. Supplements contained approximately 25% of crude protein (CP) and progressive replacement of soybean meal (SB) by cotton seed meal 38% (CS) at the levels of 0; 33; 67 and 100% for treatments CS0, CS33, CS67 and CS100, respectively. Animals in the control treatment (CT) were fed only mineral mixture ad libitum; supplements were offered at the amount of 0.5 kg/animal/day in the other treatments. Daily gain (g) was 687.8; 733.2; 820.0; 760.6, respectively for treatments CT, CS0, CS33, CS67 and CS100. Supplemented female calves presented greater weight gain. It was not found effects of the levels of CS (P>0.10) on daily average gain. Intakes in kg/day of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CD), non fibrous carbohydrates (NFC), digested dry matter and total digestible nutrients were greater (P<0.10) for supplemented animals than for non supplemented animals. It was found a linear decreasing effect among levels of replacing SM by CS with the increasing level of CS on intake of digested dry matter and digested neutral detergent fiber. Coefficients of total apparent digestibility of DM, OM, CP and NFC were the highest (P<0.10) for supplemented animals. A decreasing linear effect on digestibility of neutral detergent fiber was found among replacing levels of SM by CS. Supplementation of female calves did not influence the performance of the cows, the milk production and dietary components by the cows (P>0.10). It is concluded that supplementation in the pre-weaning period provides a greater weight of female calves. The second work aimed to evaluate the effect of supplementation with multiple supplement or mineral mixture in the dry season (phase 1) and/or dry-rainy transition season (phase 2) on the nutritional variables and productive performance of beef cattle in Uruchloa decumbens pasture. It was used 40 40 x heifers at initial age and average weight of 8 months and 200 ± 3.74 kg, respectively in a complete random design with four treatments and 10 replicates. In the phase 1, two groups of animals were fed multiple supplement and the other two groups were fed only mineral mixture ad libitum. In the second phase of the experiment, the two groups that received multiple supplements, one continued to receive multiple supplements and the other was receiving only mineral. For the two groups fed only mineral mixture in the phase 1, one continued receiving mineral mixture in phase 2 and the other receiving supplement in phase 2. In the phase 1, supplemented animals presented greater average daily gain (ADG), the supplementation increased intake in kg/day of dry matter (DM), organic matter (OM), CP, non fibrous carbohydrates (NFC), digested dry matter (DDM), and total digestible nutrients (TDN) and it improved digestibility of all dietary constituents (P<0.10), except neutral detergent fiber (NDFap) and ether extract (EE) (P<0.10). The supplementation in the dry-rainy transition season (phase 2) increased intake in kg/day of DM, forage dry matter (FDM), OM, forage organic matter (FOM), CP, EE, DDM, digested neutral detergent fiber (DNDF) and indigestible neutral detergent fiber. There was an interaction effect on supplementation in the dry season and in the dry-rainy transition season on the ADG, NFC intake, on the coefficients of DM, OM, CP, NDFap and on the content of TDN. It is recommended the use of multiple supplements for grazing beef heifers in the growth phase in the dry season and in the rainy-dry transition period. Supplementation in the dry season improves performance of supplemented animals in the rainy-dry transition season. The third work aimed to evaluate the effect of multiple supplements with different levels of crude protein on nutritional parameters, efficiency of microbial synthesis and performance of beef heifers grazing Uruchloa decumbens in the rainy season. Thirty-nine heifers at 14 months of age and body weight of 229.3 ± 0.7 kg were used in the experiment. The experimental design was the complete random design. The treatments were increasing levels of crude protein in the supplements and a control treatment (MM) in which animals were offered only mineral mixture. The supplements contained 17; 30; 43 and 56% of crude protein (CP), for treatments CP17; CP30; CP43 and CP56, respectively. Average daily gain (ADG) (g) was 447.7; 554.6; 638.4; 587.9; 590.4, for treatments MM, CP17; CP30; CP43 and CP56, respectively. It was found a quadratic effect of the levels of crude protein (P<0.10) on ADG. A greater intake of dry matter (DM), organic matter (OM), CP, ether extract (EE), non-fibrous carbohydrates (NFC), total digestible nutrients (TDN), and digested dry matter (P<0.10) was found for supplemented animals. A reduction in the forage DM intake with a raise in the level of CP in the supplement was found among levels of crude protein in the supplements. Supplementation increased the apparent digestibility coefficient of DM, CP, EE and NFC. A quadratic effect in the level of crude protein in the supplements was found on the digestibility of DM, EE, OM, neutral detergent fiber, NFC and for the content of TDN. Efficiency of microbial protein synthesis (EFIM) did not differ among supplement and non-supplemented animals. Level of CP in the supplement had a linear positive effect on EFIM. The supply of multiple supplements for heifers grazing medium to high quality pastures in the rainy season improves performance of the animals. The supply of supplements with high levels of CP in the rainy season decreases forage intake.
Palavras-chave: Fêmeas
Bovinos
Suplementação
Beef
Heifers
Supplementation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: BARROS, Lívia Vieira de. Supplementation strategies for beef heifers in different stages of the production cycle. 2012. 108 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1818
Data do documento: 19-Nov-2012
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf404,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.