Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1820
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorLima, Genilda de Souza
dc.date.accessioned2015-03-26T12:54:47Z-
dc.date.available2014-03-12
dc.date.available2015-03-26T12:54:47Z-
dc.date.issued2012-11-28
dc.identifier.citationLIMA, Genilda de Souza. Regrowth of deferred brachiaria grass pasture in the spring. 2012. 54 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/1820-
dc.description.abstractO trabalho foi conduzido para avaliar na primavera (outubro de 2011 a janeiro de 2012) o efeito da suplementação concentrada utilizada no inverno sobre as características morfogênicas e estruturais, dinâmica do perfilhamento, acúmulo de forragem, composição morfológica e bromatológica de pasto de capim-braquiária (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) diferidos. Adotou-se o esquema de parcelas subdivididas no tempo, em que as parcelas corresponderam às doses dos suplementos concentrados (0, 1, 2 e 3 kg/animal dia) utilizados no inverno, sendo as subparcelas as seguintes as épocas: início da primavera (20 de outubro a 30 de novembro de 2011) e final (1º de dezembro de 2011 a 6 de janeiro de 2012). O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados com duas repetições. O período de diferimento foi de aproximadamente 90 dias. Durante a utilização dos pastos no inverno os piquetes foram manejados em lotação contínua com taxa de lotação fixa inicial de 3 UA/ha. No início do período experimental, 20 de outubro, os pastos passaram a ser manejados com taxa de lotação variável para manter a altura média em 25 cm. A taxa de alongamento foliar, o comprimento final da lâmina foliar, o comprimento médio de colmos e a taxas de crescimento foliar na primavera foram influenciados de maneira quadrática pelas doses de suplemento concentrado utilizado no inverno, com pontos de mínimo entre 1 e 2 kg/animal dia de suplemento. Mesmo padrão de resposta foi observado para o número de folhas mortas; entretanto, entre essas doses de suplemento obtiveram-se pontos de máximo. Com relação às densidades populacionais de perfilhos, verificou-se que apenas os aéreos foram influenciados pela suplementação utilizada no inverno, também de forma quadrática com ponto de mínimo entre 1 e 2 kg/animal dia. A porcentagem de colmo vivo nas amostras em pastejo simulado, a proteína bruta e a digestibilidade in vitro da matéria orgânica aumentaram linearmente com a dose de suplemento concentrado. Maiores taxas de alongamento foliar, comprimento final da lâmina foliar, taxa de crescimento foliar e total foram registrados no início da primavera em relação ao final da primavera. Nesta época de avaliação também foram registradas maiores taxas de mortalidade de perfilhos, com maiores números de perfilhos reprodutivos, desfolhados e com tamanhos de 20 a 30 cm, relativamente ao início desta estação. No final da primavera houve menor digestibilidade in vitro da matéria orgânica e maiores valores de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, lignina, celulose e sílica. A suplementação concentrada utilizada no inverno em pastos de capim-braquiária diferidos e manejados durante a primavera em lotação contínua com altura de 25 cm não afeta as características estruturais do pasto e a dinâmica de perfilhamento, porém influencia positivamente os teores de proteína e digestibilidade in vitro da matéria orgânica nas amostras de forragem do pastejo simulado. A suplementação concentrada com 1 e 2 kg/animal dia, durante o diferimento de pastos de capim-braquiária, é responsável por menores taxas de alongamento foliar, comprimento final da folha, comprimento médio do colmo e perfilhos aéreos, bem como maior número de folhas mortas por perfilho, na primavera. No final da primavera ocorre menor crescimento e longevidade de perfilhos, assim como características estruturais do pasto e bromatológicas da forragem de pior qualidade em relação ao início da primavera.pt_BR
dc.description.abstractThis study was conducted to evaluate the effect of concentrate supplementation in the winter on morphogenetic and structural characteristics, tillering dynamics, forage accumulation and morphological and bromatological composition of deferred brachiaria grass (Brachiaria decumbens cv. Basilisk) pastures in the spring (October 2011 to January 2012). We adopted the arrangement of split plots in time, where plots corresponded to the doses of concentrate supplement (0, 1, 2 and 3 kg/animal.day) used in the winter; subplots were the following periods: beginning (October 20 to November 30, 2011) and end (December 1st, 2011 to January 6, 2012) of spring. The experimental design was completely randomized blocks, with two replications. The deferment period lasted approximately 90 days. During pasture use in the winter, paddocks were managed under continuous stocking with a fixed initial stocking rate of 3 AU/ha. At the beginning of the experiment, on October 20, pastures started to be managed with a variable stocking rate so as to keep the average height at 25 cm. Leaf elongation rate, final leaf length, average stem length and leaf growth rate in the spring were affected quadratically by the levels of concentrate supplement utilized in the winter, with minimum values between 1 and 2 kg supplement/animal. The same response pattern was observed in number of dead leaves; however, the maximum values were obtained among these supplement doses. Regarding tiller population densities, we verified that only the aerial ones were affected by supplementation in the winter, also quadratically, with minimum point between 1 and 2 kg/animal.day. Percentage of live stem in simulated grazing samples, crude protein and in vitro organic matter digestibility increased linearly along with the concentrate supplement dose. Higher rates of leaf elongation, final leaf length, leaf growth and total growth were recorded at the beginning of spring in relation to its end. At this time of evaluation we also recorded the highest tiller mortality rates, with higher numbers of reproductive and defoliated tillers, with 20 to 30 cm in length, in relation to the beginning of this season. At the end of spring, the in vitro organic matter digestibility was lower and neutral detergent fiber, acid detergent fiber, lignin, cellulose and silica were higher. The concentrate supplementation used in the winter in deferred brachiaria pastures managed during the spring under continuous grazing with 25 cm does not affect pasture structural characteristics or tillering dynamics; however, it positively influences the protein and in vitro organic matter contents in forage samples of simulate grazing. Concentrate supplementation with 1 and 2 kg/animal.day during the deferment of brachiaria grass pastures is responsible for lower leaf elongation rates, final leaf length, average stem and aerial tiller lengths as well as for the higher number of dead leaves per tiller, in the spring. At the end of spring, tiller growth and longevity increase and pasture structural characteristics and forage quality worsen as compared with the beginning of this season.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectBrachiaria decumbenspor
dc.subjectPastagempor
dc.subjectManejopor
dc.subjectDiferimentopor
dc.subjectDesempenho animalpor
dc.subjectBrachiaria decumbenseng
dc.subjectGrasslandeng
dc.subjectManagementeng
dc.subjectDeferraleng
dc.subjectAnimal performanceeng
dc.titleRebrotação na primavera de pastos de capim-braquiária diferidospor
dc.title.alternativeRegrowth of deferred brachiaria grass pasture in the springeng
dc.typeTesepor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3658398058957523por
dc.contributor.advisor-co1Pereira, Odilon Gomes
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4790978J6por
dc.contributor.advisor-co2Queiroz, Augusto César de
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783006P5por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programDoutorado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PASTAGEM E FORRAGICULTURA::AVALIACAO, PRODUCAO E CONSERVACAO DE FORRAGENSpor
dc.contributor.advisor1Fonseca, Dilermando Miranda da
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780539D6por
dc.contributor.referee1Cantarutti, Reinaldo Bertola
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780430A1por
dc.contributor.referee2Vitor, Claudio Manoel Teixeira
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5412157427636629por
dc.contributor.referee3Chizzotti, Fernanda Helena Martins
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4765508J8por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf412,16 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.