Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1831
Tipo: Tese
Título: Caracterização de alimentos para ruminantes segundo o Cornell net carbohydrate and protein system CNCPS com adaptações
Título(s) alternativo(s): Characterization of ruminant feed according to the Cornell net carbohydrate and protein system - CNCPS with adaptations
Autor(es): Carvalho, Evanete Moura de
Primeiro Orientador: Rodrigues, Marcelo Teixeira
Primeiro coorientador: Silva, Márcia Maria Cândido da
Segundo coorientador: Queiroz, Augusto César de
Primeiro avaliador: Pereira, José Carlos
Segundo avaliador: Rodrigues, Carla Aparecida Florentino
Terceiro avaliador: Vieira, Ricardo Augusto Mendonça
Abstract: Objetivou-se com o presente estudo, determinar as frações proteicas e de carboidratos, bem como medir os parâmetros cinéticos de degradação ruminal destas frações em 15 subprodutos com potencial de utilização na alimentação de ruminantes, sendo eles: farelo e torta de algodão (Gossypium spp. L.); bagaço de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum,L.), farelo e torta de dendê (Elaeis guineensis), torta de licuri (Syagrus coronata), farelo detoxificado de mamona (Ricinus comunis L.), fubá de milho (Zea mays), torta detoxificada de pinhão manso (Jatropha curcas L), farelo de soja (Glycine max), farelo de trigo (Triticum spp.), capim Tifton-85 (Cynodon sp.) nas idades de 21, 31 e 43 dias de corte e polpa cítrica. Para realização do fracionamento dos compostos nitrogenados (frações A, B1, B2 e C), foram mensurados os teores de proteína bruta (PB), nitrogênio não-protéico (NNP), nitrogênio insolúvel em detergente neutro (NIDN) e insolúvel em detergente ácido (NIDA), bem como os compostos nitrogenados insolúveis em tampão, de acordo com o Cornell Net Carboydrate and Protein System (CNCPS). Para determinação das frações A e B1 dos carboidratos foram analisados os teores de açúcares e amido, enquanto para obtenção das frações B2, C e taxa de degradação da fração B2 foi utilizada a técnica gravimétrica de degradação in vitro da fibra por meio de interpretação cinética dos perfis de degradação. Os perfis de degradação das frações proteicas foram obtidos in vitro ao incubar os alimentos com proteases oriundas do Streptomyces griseus. As taxas de degradação das frações A e B1 dos carboidratos foram obtidas por meio da combinação entre as técnicas in vitro gravimétricas e de produção de gases. Os perfis de degradação foram interpretados cineticamente por meio de modelos matemáticos. As adversidades nutricionais entre os componentes principais dos alimentos foram classificadas por meio de análise de agrupamento por otimização utilizando a distância Euclideana média com variáveis padronizadas pelo método de Tocher. As frações proteicas dos alimentos apresentaram grandes variações. A fração A foi a de menor representação dentre os alimentos, com exceção da polpa cítrica e do bagaço de cana, que apresentaram fração A com maior representatividade. A fração B1 teve maior representação para o capim-tifton 85 nas idades de 21 e 31 dias, farelo de algodão, farelo de soja, torta detoxificada de pinhão manso, farelo de trigo, torta de algodão e farelo detoxificado de mamona, com (g.kg-1) 80,39; 57,84; 452,54; 444,29; 113,42; 109,27; 234,98; e 230,53 respectivamente, com as seguintes taxas de degradação médias: (h-1) 0,6127; 1,7046; 0,2330; 0,1689; 0,8191; 0,1206; 1,3414 e 1,4330, respectivamente. Dentre os carboidratos a fração A apresentou grande variação entre os alimentos. Os carboidratos não fibrosos (A +B1 ) apresentaram maiores representações para o farelo de algodão, farelo de soja, polpa cítrica e fubá de milho com 58,21%, 69,17%, 66,52%, e 89,81%, respectivamente, com taxas de degradação variadas. A maior representação dentre os demais alimentos estudados foi para a fração B2 , que aliada à fração C , contribuem com a redução da disponibilidade de energia para os microrganismos que fermentam CF e CNF.
The objective of this study was to determine the fractions of protein and carbohydrates, as well as measuring the kinetic parameters of rumen fractions in 15 of these by-products with potential use in ruminant feed, they are: bran pie and cotton (Gossypium spp . L.) bagasse sugarcane (Saccharum officinarum, L.), rice bran and palm kernel cake (Elaeis guineensis), pie licuri (Syagrus coronata), bran detoxificado castor bean (Ricinus communis L.), corn Corn (Zea mays), pie detoxificada of jatropha (Jatropha curcas L.), soybean (Glycine max), wheat bran (Triticum spp.), Tifton-85 (Cynodon sp.) at ages 21, 31 and 43 days cutting and citrus pulp. For realization of nitrogenous compounds fractions (fractions A, B1, B2 and C) were measured crude protein (CP), non-protein nitrogen (NPN), neutral detergent insoluble nitrogen (NDIN) and acid detergent insoluble (NIDA), and the insoluble nitrogen cap, according to the Cornell Net Carboydrate and Protein System (CNCPS). To determine the fractions A and B1 carbohydrate analyzed the levels of sugars and starch, while for obtaining the fractions B2, C and rate of degradation of fraction B2 gravimetric technique was used for in vitro degradation of the fiber by means of interpretation of kinetic degradation profiles. The degradation profiles of protein fractions were obtained in vitro by incubating foods with protease derived from Streptomyces griseus. The degradation rates of fractions A and B1 carbohydrate were obtained by combining the techniques of in vitro gravimetric and gas production. The degradation profiles were interpreted kinetically by means of mathematical models. The nutritional adversity between the main components of foods were classified by cluster analysis for optimization using the Euclidean distance with average standardized variables Tocher method. The food protein fractions showed large variations. Fraction A was the least representation among the foods with the exception of citrus pulp and sugar cane bagasse, which showed the fraction with the largest representation. The B1 fraction had greater representation for Tifton 85 at ages 21 and 31 days, cottonseed meal, soybean meal, pie detoxificada jatropha, wheat bran, cottonseed meal and castor meal detoxificado with (g .kg-1) 80.39, 57.84, 452.54, 444.29, 113.42, 109.27, 234.98, and 230.53 respectively at the following rates of degradation medium: (h- 1) 0.6127, 1.7046, 0.2330, 0.1689, 0.8191, 0.1206, 1.3414 and 1.4330, respectively. Among the carbohydrate fraction A 'showed large variations among foods. The non-fiber carbohydrates (A '+ B1') had greater representation for the cottonseed meal, soybean meal, citrus pulp and corn with 58.21%, 69.17%, 66.52%, and 89.81 %, respectively, with varying degradation rates. The largest representation among the other food was studied for fraction B2 ', which combined with fraction C', contributing to the decreasing availability of energy for microorganisms that ferment CF and CNF.
Palavras-chave: Alimentação animal
Degradação
Fracionamento
Modelo
Produção de gás
Animal feed
Degradation
Fractionation
Model
Gas production
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: CARVALHO, Evanete Moura de. Characterization of ruminant feed according to the Cornell net carbohydrate and protein system - CNCPS with adaptations. 2012. 119 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1831
Data do documento: 26-Out-2012
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf828,63 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.