Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1872
Tipo: Tese
Título: Immunomodulation of commercial line and Piau Brazilian Naturalized breed pigs in response to vaccination against Mycoplasma hyopneumoniae and Pasteurella multocida type D
Título(s) alternativo(s): Imunomodulação de suínos de linhagem comercial e da raça naturalizada brasileira Piau em resposta à vacinação contra Mycoplasma hyopneumoniae e Pasteurella multocida tipo D
Autor(es): Sousa, Katiene Régia Silva
Primeiro Orientador: Guimarães, Simone Eliza Facioni
Primeiro coorientador: Lopes, Paulo Sávio
Segundo coorientador: Paula, Sérgio Oliveira de
Primeiro avaliador: Gasparino, Eliane
Segundo avaliador: Oliveira, Leandro Licursi de
Resumo: Respiratory diseases continue to be the greatest cause of economic losses to swine production. There has been relatively little progress in the control of respiratory diseases, despite the continuous development of new vaccines and antibiotics. The objective of this study was to compare innate and adaptive immune response in Piau Brazilian Naturalized breed and commercial line in response to vaccination against Mycoplasma hyopneumoniae and Pasteurella multocida type D. For each genetic group, peripheral blood mononuclear cells (PBMC) were collected before and 10 days after vaccination against each pathogen from 12 serum-negative female piglets for RT-qPCR analysis. At 10 weeks of age, bronchoalveolar lavage fluid BALF samples were collected to measure nitric oxide production and RT-qPCR. Spleens samples were collected for lymphocytes proliferation studies. RNA was extracted from PBMCs and BALF cells, reverse transcripted and the RT-qPCR was performed using SYBR green fluorescence system, using GAPDH and HPRT1 genes as endogenous control for PBMC and BALF cells, respectively. For the Mycoplasma hyopneumoniae experiment, commercial line had higher expression of TLR2, TLR4, TLR6, TLR10, IL6 and TNFα mRNA after vaccination in comparison to before vaccination, while Piau animals showed higher expression only for TLR6, TLR10, TNFα e TGFβ. In relation to BALF samples, vaccinated Piau pigs showed higher differential expression for TLR4, TLR10, TNFα e TGFβ than unvaccinated Piau. In contrast, vaccinated commercial piglets showed significant difference for TNFα. When specific response in PBMC was studied in Pasteurella multocida analysis, commercial animals had stronger mRNA expression for TLR2, TLR4, TLR6, TLR10, IL2, IL6, IL8, IL10, IL12, IL13 and TNFα, comparing the time points studied after two doses of vaccine; on the other hand, Piau breed had only differential expression for TGFβ anti-inflammatory cytokine. For mRNA expression in BALF, vaccinated commercial group had higher levels of IL6 and TNFα than unvaccinated animals. In contrast, vaccinated Piau animals had increased TNFα and TGFβ mRNA in comparison to the unvaccinated Piau piglets. In conclusion, it was observed breed differences between Piau Brazilian Naturalized and commercial pigs in response to vaccination against Mycoplasma hyopneumoniae and Pasteurella multocida type D, such as expression of mRNA TLR2, TLR4, TLR6 and TLR10 and IL2, IL6, IL8, IL10, IL12, IL13, TNFα and TGFβ. These results are suggestive of genetic differences that may influence in disease susceptibility/ resistance.
Abstract: Doenças respiratórias continuam a ser uma grande causa de perdas econômicas na produção de suínos. Tem havido relativamente pouco progresso no controle de doenças respiratórias, apesar do desenvolvimento contínuo de novas vacinas e antibióticos. Objetivou-se no presente estudo, comparar a resposta imune inata e adaptativa de suínos da raça naturalizada brasileira Piau e de uma linhagem comercial frente a vacinação contra Micoplasma hyopneumoniae e Pasteurella multocida tipo D. Para cada grupo genético, o sangue periférico das células mononucleares (PBMC) foi coletado antes e 10 dias depois de cada dose de vacinação de 12 leitões fêmeas soro-negativas para os patógenos em estudo para análise de RT- qPCR. Às dez semanas de idade, os baços dos animais foram coletados para ensaio de proliferação celular e, amostras de lavado broncoalveolar (BALF) foram coletadas para mensurar a produção de óxido nítrico e RT-qPCR. RNA foi extraído de células de PBMC e BALF, foi feita transcrição reversa e o RT-qPCR foi feito usando o sistema de detecção de fluorescência SYBR Green, usando como controle endógeno os genes GAPDH e HPRT1 para PBMC e BALF, respectivamente. Para o experimento com Micoplasma hyopneumoniae como patógeno, a linhagem comercial teve maior expressão de mRNA para TLR2, TLR4, TLR6 e TLR10 e as citocinas IL6 e TNFα depois da vacinação que antes da vacinação, enquanto os animais da raça Piau mostraram maior expressão para TLR6, TLR10, TNFα e TGFβ. Em relação às amostras de BALF, os animais vacinados da raça Piau tiveram maior diferença de expressão para os genes TLR4, TLR10, TNFα e TGFβ que os animais não vacinados da mesma raça. Por outro lado, os animais comerciais vacinados mostraram diferença significativa para TNFα. Quando se estudou a resposta específica para Pasteurella multocida, os animais comerciais tiveram expressão significativa para os genes TLR2, TLR4, TLR6, TLR10, IL2, IL6, IL8, IL10, IL12, IL13 e TNFα entre os tempos estudados, após duas doses da vacina; enquanto os animais Piau tiveram somente diferença de expressão para a citocina antiinflamatória TGFβ. Para expressão gênica em células de BALF dos animais comerciais vacinados, houve maiores níveis de mRNA de IL6 e TNFα que os não vacinados da mesma raça. Por outro lado, os animais vacinados Piau tiveram um aumento significativo para TNFα e TGFβ quando comparados aos não vacinados Piau. Portanto, foram observadas diferenças entre os animais Piau e os comerciais frente à vacinação contra Micoplasma hyopneumoniae e Pasteurella multocida tipo D, tais como, expressão de mRNA de receptores TLR2, TLR4, TLR6 e TLR10 e citocinas IL2, IL6, IL8, IL10, IL12, IL13, TNFα e TGFβ. Esses resultados são sugestivos de diferenças genéticas entre as raças que podem influenciar na susceptibilidade e na resistência às doenças.
Palavras-chave: Genomics of pigs
Immunology
genetics
Disease resistance
Gênomica de suínos
Imunologia
Genética
Resistência a doenças
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::GENETICA E MELHORAMENTO DOS ANIMAIS DOMESTICOS
Idioma: eng
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: SOUSA, Katiene Régia Silva. Imunomodulação de suínos de linhagem comercial e da raça naturalizada brasileira Piau em resposta à vacinação contra Mycoplasma hyopneumoniae e Pasteurella multocida tipo D. 2011. 84 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1872
Data do documento: 28-Jul-2011
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.