Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1890
Tipo: Tese
Título: Avaliação nutricional de enzimas exógenas em dietas para frangos de corte
Título(s) alternativo(s): Nutritional evaluation of exogenous enzymes in diets for broilers chicks
Autor(es): Messias, Rodrigo Knop Guazzi
Primeiro Orientador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Primeiro coorientador: Hannas, Melissa Izabel
Segundo coorientador: Rostagno, Horácio Santiago
Primeiro avaliador: Barbosa, Nei Andre Arruda
Segundo avaliador: Brumano, Gladstone
Abstract: Foram realizados trêz experimentos para avaliar os efeitos da utilização de enzimas sobre a digestibilidade de aminoácidos e desempenho de frangos de corte. O primeiro experimento foi um ensaio de desempenho utilizando 2000 animais de 14 a 28 dias de idade dividido em três grupos cuja as dietas tiveram reduções conforme as recomendações das enzimas (Fitase , Protease, Fitase + Protease), cada grupo possuía três tratamentos Controle Negativo (CN), Cotrole Negativo + Enzima (CNE) Controle Positivo (CP), foi ainda adicionado um tratamento utilizando os níveis das Tabelas Brasileiras 2011 (Rostagno et. al 2011), totalizando 10 tratamentos com 10 repetições e 20 animais por unidade experimental montados em blocos casualizados e avaliados por meio de contrastes ortogonais. Os tratamentos que receberam Fitase apresentaram maior (P<0,05) ganho de peso e conversão alimentar comparado aos que não receberam a enzima. Não houve diferença (P>0,05) para ganho de peso nos tratamentos que receberam a protease. A associação das enzimas promoveu melhora de todos os parametros de desempenho comparados quando comparados ao controle negativo. No segundo experimento foram realizados 3 ensaios com o objetivo de avaliar a perda endógena de aminoácidos, a digestibilidade verdadeira de aminoácidos em um farelo de soja e de uma dieta completa. Cada ensaio utilizou 168 animais divididos em quatro tratamentos: Tratamento controle (sem adição de enzimas), Adição de protease, adição de carboidrase, Associação entre as duas enzimas. cada tratamento possuía 6 repetições e 7 aves por unidade experimental distribuídas em um delineamento inteiramente ao acaso. as enzimas influenciaram a perda endógena de aminoácido pelas aves, alem de aumentar a digestibilidade ileal dos aminoácidos do farelo de soja e da dieta basal. Houve também, efeito mais pronunciado da protease em relação à carboidrase, além disso, a associação das enzimas proporcionou efeito semelhante à protease usada isoladamente. Não foi observado efeito aditivo das enzimas. O terceiro experimento foi realizado com o objetivo de determinar a digestibilidade ileal de aminoácidos de dietas com diferentes níveis de proteína bruta suplementadas com enzimas Foram utilizados 504 pintos de corte durante o período experimental de 14 a 24 dias de idade. Os animais foram distribuídos em gaiolas metabólicas em esquema fatorial 4 x 2 (enzimas e níveis de proteína bruta) resultando em 8 tratamentos com 6 repetições e 7 aves por unidade experimental. As enzimas usadas foram: uma protease, uma carboidrase e a associação de ambas, para determinação da digestibilidade verdadeira, foram utilizados os valores de excreçao do experimento 2. Os níveis de proteína bruta utilizados foram 21,0% e 14,7%. A suplementação das dietas com enzimas isoladas ou em associação proporcionou aumento (P<0,05) na digestibilidade da maioria dos aminoácidos. A dieta com menor teor de proteina bruta apresentou maior digestibilidade verdadeira dos aminoácidos. Houve interação significativa (P<0,05) para alguns aminoácidos.
Three experiments were conducted to evaluate the effects of enzymes on the amino acid digestibility and performance of broiler chickens. The first experiment was a performance trial using 2000 animals from 14 to 28 days of age divided in three groups whose diets had reductions according to the recommendations of the enzyme (Phytase, Protease, Phytase +Protease ), each group had three treatments Negative Control (CN), Cotrole Negative + Enzyme (CNE) Positive Control (CP), was also added using a treatment levels of the Brazilian Tables 2011 (Rostagno et. al 2011), totaling 10 treatments with 10 replications and 20 animals per experimental unit distributed on randomized blocks and evaluated by orthogonal contrasts. The treatments with phytase had higher (P <0.05) weight gain and feed conversion compared to those not receiving enzyme. There was no difference (P> 0.05) for weight gain in treatments with protease. The association of enzymes promoted improvement in all parameters compared performance when compared to the negative control. In the second experiment was performed with 3 trials to evaluate the loss of endogenous amino acids, the true digestibility of amino acids in soybean meal and also in a complete diet. Each trial used 168 animals divided into four treatments: control (no enzyme addition) Addition of protease, carbohydrase addition, association between the two enzymes. Each treatment had 6 replicates and 7 birds per pen, distributed in a completely randomized design. Enzymes influenced the birds' endogenous amino acid loss, besides increasing the ileal digestibility of amino acids in soybean meal and the basal diet. There was also more pronounced effect compared to protease carbohydrase addition, the combination of the protease enzymes used yielded similar isolation effect. No additive effect of the enzymes was observed. The third experiment was conducted to determine the ileal amino acid digestibility of diets with different levels of crude protein supplemented with enzymes 504 broiler chicks were used during the experimental period of 14 to 24 days old. The animals were distributed in metabolic cages in 4 x 2 factorial (enzymes and protein levels) resulting in 8 treatments with 6 replicates of 7 birds per experimental unit. The enzymes used were: a protease, carbohydrase and one a combination of both, to determine the true digestibility values of excretion of the experiment 2. Protein levels used were 21.0% and 14.7% were used. The supplementation of diets with isolated enzymes or in combination resulted in an increase (P <0.05) in digestibility of most amino acids. A diet with lower crude protein showed higher true digestibility of amino acids. There was a significant interaction (P <0.05) for some amino acids.
Palavras-chave: Frangos de corte - Alimentação e rações
Frangos de corte - Nutrição
Nutrição animal
Digestão
Enzimas
Broilers - Food and feed
Broilers - Nutrition
Animal nutrition
Digestion
Enzymes
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: MESSIAS, Rodrigo Knop Guazzi. Nutritional evaluation of exogenous enzymes in diets for broilers chicks. 2014. 87 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1890
Data do documento: 15-Jul-2014
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf574,5 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.