Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1893
Tipo: Tese
Título: Efeitos da temperatura no desempenho e na morfometria de tilápia, Oreochromis niloticus, de linhagem tailandesa
Título(s) alternativo(s): Effects of temperature on performance and morphometry of tilapia, Oreochromis niloticus, of Thai lineage
Autor(es): Maciel Junior, Alaor
Primeiro Orientador: Lanna, Eduardo Arruda Teixeira
Primeiro coorientador: Donzele, Juarez Lopes
Segundo coorientador: Donzele, Rita Flávia Miranda de Oliveira
Primeiro avaliador: Menin, Eliane
Segundo avaliador: Logato, Priscila Vieira Rosa
Abstract: Um ensaio, com duração de 55 dias, foi realizado no Laboratório de Nutrição e Produção de Peixes do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa, MG, com o objetivo de verificar os efeitos da temperatura sobre o desempenho produtivo, por meio de índices zootécnicos, e na morfometria de tilápias de linhagem tailandesa, na fase juvenil. Os peixes, provenientes de um criatório comercial, com tamanho inicial de 0,835 ± 0,004g, foram distribuídos em 24 aquários com capacidade para 100l cada com aquecimento e aeração suplementar. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, composto por quatro tratamentos, correspondentes às temperaturas-teste: 20,0; 24,0; 28,0 e 32,0º C; seis repetições e dez peixes/unidade experimental. A ração utilizada, à base de milho, farelo de soja e glúten de milho, continha 29,0% de proteína digestível, 3.000 kcal de energia digestível e 3,44% de fibra bruta. Foram avaliados: o ganho de peso (GP) individual e da biomassa do aquário (GB), o consumo de ração (CRA) e a conversão alimentar (CAA) aparentes, as taxas de crescimento específico (TCE), de eficiência protéica (TEP) e as de deposição diária de proteína e de gordura (TDP e TDG, respectivamente), a composição corporal (teores de matéria seca, proteína bruta e extrato etéreo), os índices hepatossomático (IHS) e hepatovisceral (IHV) e o coeficiente Intestinal (CI), além do fator de condição alométrico (K). O desempenho das tilápias, bem como as relações morfométricas foram influenciados pela temperatura, estando os melhores índices entre 28,0 e 32,0º C. A mortalidade aumentou com a elevação da temperatura, porém nas temperaturas mais baixas, 20,0 e 24,0º C, nas quais a mortalidade foi 0,00 e 1,67%, respectivamente, o desempenho foi significativamente pior que nas temperaturas mais elevadas, o que permite concluir que as tilápias tailandesas, na fase juvenil, apresentam melhor desempenho e morfometria em temperaturas entre 28,0 e 32,0º C.
A 55 days essay was accomplished in the Fish Nutrition and Production Laboratory the Department of Animal Science of the Universidade Federal de Viçosa, MG, with the objective of verifying the effects of the temperature on the productive performance, by means of zootechnical indexes and morphometry, of juvenile tilapias of Thai lineage. The fish, from a commercial fish farm, with initial weight of 0,835 ± 0,004 g, were distributed in 24 aquaria with 100l of capacities, with heating and supplemental aeration. The experimental design was entirely casualised, with four treatments, corresponding to test-temperatures: 20,0; 24,0; 28,0 and 32,0º C; six replicates and ten fishes/experimental unit. The used ration, with corn, soybean meal and corn gluten base, contained 29,0 % of digestible protein, 3.000 kcal of digestible energy and 3,44% of gross fiber. It has evaluated: the individual (GP) and the biomass of the aquarium (GB) weight gain, the apparent ration consumption (CRA) and the alimentary conversion (CAA), the specific growth (TCE) and protein efficiency (TEP) rates and the daily protein and of fat (TDP and TDG, respectively) deposition, the body composition (dry matter, gross protein and gross lipids), the hepatossomático (IHS), hepatovisceral (IHV) indexes and the Intestinal coefficient (CI), besides the alometric condition factor (K). The performance of the tilapias, as well as the morphometrics relationships were influenced by the temperature, being the best indexes between 28,0 and 32,0ºC. The mortality increased with the temperature elevation, however in the lowest temperatures, 20,0 and 24,0º C, in which the mortality was 0,00 and 1,67%, respectively, the performance was significantly worse than in the highest temperatures, what allows to conclude that the juvenile Thai tilapia presents better performance and morphometry at temperatures between 28,0 and 32,0º C.
Palavras-chave: Tilápia
Desempenho
Estresse térmico
Tilapia
Performance
Heat stress
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Doutorado em Zootecnia
Citação: MACIEL JUNIOR, Alaor. Effects of temperature on performance and morphometry of tilapia, Oreochromis niloticus, of Thai lineage. 2006. 66 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/1893
Data do documento: 12-Mai-2006
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf427,29 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.