Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/1963
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorNascimento, Aparecida de Lourdes do
dc.date.accessioned2015-03-26T12:56:57Z-
dc.date.available2013-04-25
dc.date.available2015-03-26T12:56:57Z-
dc.date.issued2012-04-27
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Aparecida de Lourdes do. Commitment in the workplace: a study of the perception of managers of strategic planning Incaper. 2012. 200 f. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/1963-
dc.description.abstractApesar de uma longa tradição de estudos sobre o tema Comprometimento no Trabalho, este apresenta uma série de lacunas e controvérsias, destacando-se o desalinhamento conceitual entre o que está disponível como conhecimento teórico e a prática cotidiana dos gestores. Este estudo, focado no contexto da administração pública, pretendeu compreender a percepção dos gestores do planejamento estratégico do Incaper (PEI) acerca do construto comprometimento no trabalho. Externamente, a administração pública é percebida, de forma estereotipada, como composta de trabalhadores descomprometidos ou comprometidos apenas com a sua própria carreira. Neste sentido, é relevante compreender como o conceito comprometimento no trabalho é percebido pelos próprios gestores que atuam nestas organizações. A percepção dos gestores participantes foi pesquisada tomando-se como base os elementos esquemáticos que compõem o sentido do comprometimento no trabalho, ou seja, a natureza, as dimensões/indicadores, o caráter, o foco, os antecedentes e os consequentes. Também foi pesquisada a percepção dos gestores sobre como o conceito se manifesta no cotidiano da instituição.O conceito de comprometimento adotado nesta pesquisa é o proposto por Menezes (2009). Nele estão contemplados os elementos atitudinais (afetos e identificação) e os elementos comportamentais como, por exemplo, a proatividade, a participação, o empenho extra e a defesa da organização.Na presente pesquisa, de natureza qualitativa e interpretativa, os dados foram coletados por meio da observação participante, da entrevista semi-estruturada e da análise documental e foram analisados conforme os procedimentos de análise de conteúdo proposto por Bardin (2010). Foram encontradas evidências que permitem caracterizar o construto como um fenômeno composto conjuntamente pela natureza atitudinal e comportamental, com caráter ativo e, eventualmente, passivo. Os dados também mostraram que os gestores consideram o conceito como direcionado a múltiplos e coexistentes focos tais como à atividade, à carreira, ao grupo, à organização, ao público alvo e a valores pessoais. Quanto aos antecedentes, as evidências indicam que os gestores consideram o vínculo associado a elementos presentes em três níveis: a) no nível do indivíduo, por exemplo, a seu conjunto de valores sobre o trabalho, b) no nível organizacional, exemplificado pela sua percepção de justiça organizacional e suporte organizacional/social e, c) no nível do trabalho, por exemplo, na sua relação com o líder. No que se refere aos consequentes, as evidências indicam que a) os gestores consideram que os indivíduos são afetados pessoal e profissionalmente, nem sempre de forma positiva, b) que o grupo de trabalho apresentará maior estabilidade e coesão, c) que a organização se beneficiará com um melhor desempenho do indivíduo, alcançando melhores resultados organizacionais e, d) que o público alvo da Instituição, será beneficiado com maior desenvolvimento, geração de emprego e renda e qualidade de vida. Quanto à percepção dos gestores sobre a manifestação do construto no cotidiano do Incaper, os participantes compreendem que o comprometimento da equipe é um ponto forte, havendo, no entanto, um consenso quanto a não generalização dessa análise e também sobre a necessidade de ações para um maior fortalecimento do vínculo. Segundo os gestores, o vínculo no Instituto é influenciado positivamente por questões relacionadas à imagem e natureza da organização e, negativamente, por questões relacionadas, por exemplo, à experiência do trabalho e a algumas características organizacionais, como a fragilidade dos sistemas de controle e formalização. Os gestores reconhecem a existência de fatores desfavoráveis ao vínculo, de práticas potencializadoras que são negligenciadas e que suas decisões cotidianas relacionadas à gestão da equipe são influenciadas pela percepção quanto ao comprometimento dos indivíduos. O estudo contribui com as discussões existentes no campo, tanto no que se refere ao alinhamento das pesquisas teóricas com as expectativas dos gestores no cotidiano das organizações, quanto ao potencial de contribuição da abordagem qualitativa para o avanço do conhecimento. Finalmente, o estudo chama a atenção para a necessidade de que sejam discutidas as práticas organizacionais, tanto que no se refere aquelas que são potencializadoras do vínculo e que são negligenciadas, quanto aquelas relacionadas à gestão do comprometimento e que desconsideram os resultados negativos para o indivíduo e para a própria organização.pt_BR
dc.description.abstractDespite a long tradition of studies on the subject commitment at work, this concept presents a series of gaps and controversies, emphasizing the conceptual misalignment between what is available as theoretical knowledge and the daily practice of managers. This study, which is focused on the context of public administration, intended to understand the perception of managers engaged in the strategic planning of INCAPER about the construct commitment at work. From outside, the public administration is perceived, in a stereotypical way, as being composed of workers who are disengagedor engaged only with their own career. In this sense, it is important to understand how the concept commitment at work is perceived by managers who work in these organizations. The INCAPER managers‟ perception was investigated taking as basis the schematic elements that make up the sense of commitment at work, in other words, the nature, the dimensions / indicators, the character, the focus, the antecedent and the consequent of the concept. We also investigated the managers‟ perception of how the concept appears in the institution routine. The concept of commitment adopted in this research wasproposed by Menezes (2009) comprising attitudinal elements (affection and identification) and behavioral elements, e.g., proactivity, involvement, extra commitment and the defense of the organization. In this qualitative and interpretive research, the data were collected through participant observation, semistructured interview and the documentanalysisand were analyzed according to the procedures of content analysis proposed by Bardin (2010). Evidence was found that allow characterizing the construct as a phenomenon composed jointly by the attitudinal and the behavioral nature, and also by an active and, eventually, a passive character. The data also showed that managers consider the concept as directed to multiple and coexisting focus such as the activities, career, group, organization, the target audience and the personal values. In relation to the antecedents, the evidence indicates that managers consider the bond as associated with elements present in three levels: a) at the individual level, for example, with the set of values about work, b) at the organizational level, with the perception of organizational justice and organizational/ social support, and c) at the work level, with the nature of leadership. Regarding to the consequents, the evidence suggests that managers believe that individual‟s commitment at work is affected by their working group, by the organization and by the target audience of the institution, although, not always, in a positive way. Concerning the perception of managers about the manifestation of the construct in the INCAPER routine, the participants understand that the team's commitment is a strong point - with some exceptions - and that there is need for actions to a further strengthening of the bond.According to the managers, the bond in the Institute is positively influenced by issues related to the image and nature of the organization and negatively by issues related, for example, to work experience and some organizational characteristics, such as the fragility of the systems of control and formalization. Managers recognize the existence of unfavorable factors to the bond and some neglected enhancing practices. They also recognize that their daily decisions related to the work team are influenced by their perception of individual‟s commitment. The study contributes to existing discussions in the field; regarding to the alignment of theorethical research and managers‟ expectations as well as to the contribution of qualitative research for the advancement of knowledge. Finally, the study draws attention to the need of discussing not only the neglected enhancing organizational practices but also those which, although related to the management of commitment, disregard the negative results for the individual as well as for the organization.eng
dc.description.sponsorship
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectComprometimento no trabalhopor
dc.subjectSentido do comprometimentopor
dc.subjectAntecedentes e Consequentes do comprometimentopor
dc.subjectCommitment in the workplaceeng
dc.subjectSense of commitmenteng
dc.subjectAntecedents and Consequents of commitmenteng
dc.titleComprometimento no trabalho: um estudo da percepção dos gestores do planejamento estratégico do Incaperpor
dc.title.alternativeCommitment in the workplace: a study of the perception of managers of strategic planning Incapereng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3983037203015369por
dc.contributor.advisor-co1Emmendoerfer, Magnus Luiz
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0919407313173824por
dc.contributor.advisor-co2Gava, Rodrigo
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1863489842661064por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAdministração Públicapor
dc.publisher.programMestrado em Administraçãopor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICApor
dc.contributor.advisor1Santos, Jorge Alberto dos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3486625199382217por
dc.contributor.referee1Rowe, Diva Ester Okazaki
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6856738778331745por
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,95 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.