Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2004
Tipo: Dissertação
Título: Auto-avaliação institucional no ensino superior: uma análise comparativa do processo realizado em uma instituição pública e em uma instituição privada
Título(s) alternativo(s): Institutional self-evaluation in the undergraduate education: a comparative analysis of the process accomplished in both public and private institutions
Autor(es): Dias, Tereza Cristina
Primeiro Orientador: Reis, José Roberto
Primeiro coorientador: Gomes, Ricardo Corrêa
Segundo coorientador: Silva, João Carlos Pereira da
Primeiro avaliador: Raggi, Luiz Aurélio
Segundo avaliador: Soares, Cláudio Furtado
Abstract: A auto-avaliação institucional possibilita o auto-desenvolvimento, a autocrítica e a aprendizagem organizacional, é uma oportunidade para os gestores da instituição reverem suas políticas e ações e se posicionarem, no sentido de desenvolver as potencialidades e sanar as fragilidades diagnosticadas neste processo. Considerando-se a importância deste tema no contexto das instituições de ensino superior brasileiras e a escassez de estudos científicos nesta área, a presente dissertação tem por objetivo realizar uma análise comparativa das características da auto-avaliação entre uma instituição de ensino superior pública e uma privada. Especificamente, realizou-se um levantamento sobre o histórico da avaliação institucional da Universidade Federal de Viçosa (UFV); bem como dos instrumentos de auto-avaliação institucional utilizados pelas Faculdades Integradas Espírito-Santense (FAESA); centrou-se no processo atual de auto-avaliação das duas instituições; identificou-se a percepção da comunidade acadêmica em relação ao processo de auto-avaliação nestas instituições, visando comparar as características deste processo. Também para atender aos objetivos propostos, fez-se uma revisão bibliográfica, foram aplicados questionários aos segmentos da comunidade acadêmica e realizadas entrevistas semi-estruturadas com os membros das Comissões Próprias de Avaliação. Os dados obtidos com os questionários foram tratados pelo Microsoft Excel e as entrevistas foram analisadas por meio da técnica Análise de Conteúdo. Pode-se concluir ao final do trabalho, que as duas instituições realizaram, anteriormente, avaliações pontuais, contudo, não praticavam, no dia-a-dia, a auto-avaliação institucional. Assim, o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) representa uma metodologia inédita de auto-avaliação para as mesmas. A análise deste processo, inserido na realidade das instituições de ensino superior consideradas, permitiu concluir que a auto-avaliação, apesar de ser uma exigência legal, é bem vista por seus condutores e por uma parte expressiva da comunidade acadêmica das instituições. Em se tratando da percepção da comunidade acadêmica destas, pode-se inferir que a principal diferença entre elas está relacionada à expectativa quanto ao retorno dos resultados deste processo. Na UFV, parte expressiva da comunidade não deposita esperança em resultados satisfatórios, mesmo que muitos tenham a consciência de que a experiência foi válida. No caso da FAESA, as expectativas são positivas, porque o processo já se encontra apresentando retorno para a comunidade. Em relação às características do processo de auto-avaliação em ambas as instituições, pode-se verificar que variaram conforme a natureza das mesmas e de acordo com o perfil institucional e acadêmico de suas comunidades. Algumas sugestões foram feitas como: maior sensibilização da comunidade acadêmica e da comunidade externa para os próximos processos avaliativos; divulgação dos resultados deste diagnóstico, que é fundamental para que a comunidade acredite neste tipo de instrumento; e discussão com a mesma a respeito de possíveis soluções para as fragilidades identificadas ao final do processo e otimização de seus pontos fortes.
The institutional self-evaluation makes possible the self-development, the self-criticism and the organizational learning. It is an opportunity for the managers of the institution to reviewing their policies and actions and to positioning toward the development of the potentialities and the remediation of the fragilities diagnosed in this process. Taking into account the importance of this theme in the context of the Brazilian undergraduate education institutions and the scarcity of scientific studies in this area, the present dissertation was carried out to accomplish a comparative analysis of the self-evaluation characteristics between a public undergraduate education institution and a private one. Specially, a survey on the report of the institutional evaluation in the Universidade Federal de Viçosa (UFV) was carried out, as well as the institutional self-evaluation instruments used in the Faculdades Integradas Espírito-Santense (FAESA). The actual self-evaluation of both institutions was centered; the academic community's perception concerning to the self-evaluation process in these institutions was identified in order to comparing the characteristics of this process. In order to fulfill the proposed objectives, a bibliographical revision was carried out, some questionnaires were applied to the academic community's segments and semi-structured interviews with the members of the Comissões Próprias de Avaliação were accomplished. The data obtained from the questionnaires were run in the Microsoft Excel program and the interviews were analyzed by the Content Analysis technique. According to the obtained results, it was concluded that although both institutions accomplished punctual evaluations, they did not practice the institutional self-evaluation daily. Thus, the Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) represents an unpublished self-evaluation methodology for the same ones. The analysis of this process inserted into reality of the undergraduate educational institutions under consideration rather allows to conclude that the self-evaluation is well appreciated by either their leaders and an expressive part of the academic community in those institutions. Concerning to the academic community's perception, it can be inferred that the main difference among them is related to the expectation relative to the return of the results from this process. In UFV, an expressive part of the community does not expect satisfactory results, even a part of it is conscious that the experience was valid. In the case of FAESA, the expectations are positive because the process already is presenting return to the community. In relation to the characteristics of the self-evaluation process in both institutions, it is verified they varied according to the nature of them and according to their communities' institutional and academic profile. Some suggestions were presented such as: higher sensitization of either academic community and the external community for the next evaluative processes; propagation of this diagnosis results, that is fundamental for the community to believe in this tool; and discussion with the community on the possible solutions for the fragilities identified at the end of the process and optimization of its strong points.
Palavras-chave: Estudo de caso
Auto-avaliação institucional
Auto-desenvolvimento
Case study
Institutional self-evaluation
Self-development
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Administração Pública
Programa: Mestrado em Administração
Citação: DIAS, Tereza Cristina. Institutional self-evaluation in the undergraduate education: a comparative analysis of the process accomplished in both public and private institutions. 2007. 159 f. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2004
Data do documento: 5-Fev-2007
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.