Locus  

Retomando o estruturalismo

Show simple item record

dc.contributor.author Silva, José Maria Alves da
dc.date.accessioned 2018-06-14T14:09:24Z
dc.date.available 2018-06-14T14:09:24Z
dc.date.issued 2010-03-18
dc.identifier.issn 25265539
dc.identifier.uri https://revistarea.ufv.br/index.php/rea/article/view/159
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/20112
dc.description.abstract A crise econômica mundial resgatou o keynesianismo. As atuais tendências da economia brasileira, no que tem sido chamado de “reprimarização”, tornam oportuno recolocar o estruturalismo em posição de maior destaque no debate econômico nacional. Esse é o objetivo principal deste artigo. Para isso, discute-se uma versão do modelo macroeconômico de “dois-setores”, mediante o qual se procurou mostrar sua pertinência como guia de pensamento para uma série de questões socioeconômicas relevantes, especialmente para os países do terceiro mundo. Procurou-se mostrar também sua consistência com certas evidências empíricas e como pode ser usado para fundamentar críticas objetivas a certas estratégias econômicas que têm sido propostas para o Brasil. pt-BR
dc.format pdf pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Revista de Economia e Agronegócio pt-BR
dc.relation.ispartofseries v. 8, n. 1, p. 01-26, janeiro-abril 2010 pt-BR
dc.rights Open Access pt-BR
dc.subject Estruturalismo pt-BR
dc.subject Macroeconomia pt-BR
dc.subject Modelo de dois setores pt-BR
dc.subject Brasil pt-BR
dc.title Retomando o estruturalismo pt-BR
dc.type Artigo pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Artigos [284]
    Artigos Técnico-científicos na área de Economia Rural

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account