Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/20332
Tipo: Artigo
Título: Maturação de sementes de tomate em função da ordem de frutificação na planta
Autor(es): Dias, Denise Cunha F.S.
Ribeiro, Frederico Pereira
Dias, Luiz Antônio S.
Silva, Derly J. Henriques da
Vidigal, Deborah de Souza
Abstract: A pesquisa teve por objetivos estudar o processo de maturação de sementes de tomate (Lycopersicon lycopersicum L.) buscando caracterizar a maturidade fisiológica das sementes extraídas de frutos colhidos nos racimos 1, 3 e 5, nas posições proximal e distal. Os frutos foram colhidos aos 30, 40, 50, 60, 70, 80 e 90 dias após a antese (DAA), determinando-se também o acúmulo de unidades térmicas, em graus dias (GD), durante esses respectivos intervalos de tempo. Determinou-se o peso de sementes por fruto bem como o peso de matéria seca, germinação, primeira contagem de germinação, porcentagem e índice de velocidade de emergência de plântulas, deterioração controlada e condutividade elétrica. Não houve diferença entre racimos quanto à época da maturidade fisiológica das sementes, que ocorreu cerca de 750 GD ou 75 DAA. A germinação mais elevada ocorreu antes do acúmulo máximo de matéria seca na semente; o máximo vigor ocorreu, quando os frutos se encontravam com 90% do pericarpo vermelho, próximo ou após a máxima matéria seca.
This work aimed to study the maturation of tomato (Lycopersicon lycopersicum L.) seeds, characterizing the physiological maturity of seeds extracted from fruits harvested at trusses 1, 3 and 5, at proximal and distal positions. Fruits were harvested at 30, 40, 50, 60, 70, 80 e 90 days after anthesis (DAA). For the same period, the thermal accumulation in heat units (HU) was also registered. Determinations were performed to quantify the total seed weight per fruit, seed moisture content, average dry weight of seeds, germination rate, and vigor (germination first count, controlled deterioration, seedling emergence and electrical conductivity). There were no differences among trusses regarding seed physiological maturity, which was attained at 750 HU or 75 DAA. Maximum seed germination occurred before maximum seed dry weight was achieved, and the highest seed vigor occurred at or after maximum seed dry weight was achieved, when the fruit’s exocarp was 90% red.
Palavras-chave: Maturidade fisiológica
Colheita
Vigor
Lycopersicon lycopersicum L.
Editor: Revista Ceres
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://www.ceres.ufv.br/ojs/index.php/ceres/article/view/3166
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/20332
Data do documento: 13-Set-2006
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo141,91 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.