Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2038
Tipo: Dissertação
Título: Extrato de própolis na conservação pós-colheita de frutas
Título(s) alternativo(s): Propolis extract in postharvest conservation fruit
Autor(es): Passos, Flávia Regina
Primeiro Orientador: Mendes, Fabrícia Queiroz
Primeiro coorientador: Araújo, Emiliane Andrade
Segundo coorientador: Santos, Carlos Eduardo Magalhães dos
Primeiro avaliador: Dores, Milene Therezinha das
Abstract: Os revestimentos são uma das mais recentes alternativas para auxiliar na conservação de alimentos. Os revestimentos possuem excelentes propriedades de barreira, principalmente às trocas gasosas e ao vapor de água, que contribuem para manutenção da qualidade pós-colheita de frutas. Objetivou-se neste trabalho avaliar os efeitos do revestimento com extrato de própolis sobre as características físico-químicas de mamão (Carica papaya L.), laranja (Citrus sinensis) e banana (Musa sp.), armazenados sob condição ambiente. Três ensaios foram montados, nos quais os referentes frutos foram selecionados e divididos em cinco tratamentos pós-colheita. Os ensaios dos frutos de mamoeiro Solo cv. Golden e laranjeira Pera consistiram em três formas de revestimento por imersão ( álcool 70% , extrato hidroalcoólico de própolis a 2,5% , extrato hidroalcoólico de própolis a 5% ) e dois controles (um sem revestimento e outro em que os frutos não foram revestidos e mantidos sob refrigeração). O ensaio dos frutos de bananeira Prata consistiu em quatro formas de revestimento por imersão em extrato de própolis de diferentes fontes botânicas com concentração de 2,5% (m/v) ( extrato aquoso de própolis silvestre , extrato hidroalcoólico de própolis silvestre , extrato hidroalcoólico de própolis verde alecrim e extrato hidroalcoólico de própolis Green Red ) e um controle (sem revestimento). As variáveis avaliadas foram perda de massa, firmeza da polpa, sólidos solúveis totais (SST), acidez total titulável (ATT), relação entre sólidos solúveis totais e acidez total titulável (SST/ATT) e potencial hidrogeniônico (pH), realizadas em intervalos de 4 dias por 12 dias de armazenamento no ensaio do mamão, aos 0, 10, 18 e 25 dias de armazenamento no ensaio da laranja e em intervalos de 3 dias por 12 dias de armazenamento no ensaio da banana. Realizou-se a análise sensorial dos mamões aos 4 dias de armazenamento e das bananas aos 3 e 6 dias de armazenamento, avaliados por provadores não treinados através do teste de aceitação. No ensaio do mamão Solo cv. Golden , os tratamentos pós-colheita refrigerado , própolis 2,5% e própolis 5% propiciaram menor perda de massa. A firmeza da polpa para o tratamento pós-colheita própolis 5% apresentou-se superior aos tratamentos pós-colheita controle , álcool e própolis 2,5% . O teor de SST foi maior para o tratamento pós-colheita própolis 5% , que diferiu somente do tratamento pós-colheita álcool . A ATT e a relação SST/ATT não variaram com os tratamentos pós-colheita, variando somente com o tempo de armazenamento. O pH dos mamões refrigerados apresentaram diferenças significativas em relação aos demais tratamentos pós-colheita. Os frutos armazenados sob condição de refrigeração apresentaram sintomas de injúria pelo frio, verificados através de observação visual. Mamões revestidos com extrato de própolis apresentaram aceitação sensorial semelhantes aos demais tratamentos pós-colheita no quarto dia de armazenamento. No ensaio da laranja Pera , os tratamentos com própolis reduziram a perda de massa até o 18o dia de armazenamento. Os frutos revestidos com extrato de própolis mantiveram-se mais firmes aos 25 dias de armazenamento, não diferindo significativamente dos demais tratamentos pós-colheita. O tratamento pós-colheita refrigerado apresentou menor perda de massa e firmeza da polpa durante o período de armazenamento, ocasionado pela incidência da injúria pelo frio. Os revestimentos com extratos de própolis proporcionaram alterações significativas de pequena magnitude nas variáveis SST, ATT, relação SST/ATT e pH nas laranjas ao final do período de armazenamento. Enquanto que no ensaio da banana Prata , ao final de 12 dias de armazenamento, os revestimentos de extrato de própolis verde e aquoso reduziram a perda de massa nos frutos, quando comparados ao tratamento pós-colheita controle . Neste mesmo período, não foi observado diferenças entre os tratamentos pós-colheita na firmeza da polpa das bananas. Verificou-se a ocorrência de menores valores de ATT e maiores valores de pH em todos os tratamentos pós-colheita no decorrer do amadurecimento dos frutos. O teor de SST aumentou ao final do período de armazenamento, que consequentemente, contribuiu para elevar a relação de SST/ATT nos tratamentos pós-colheita, sendo mais significativo no tratamento pós-colheita vermelho . Sensorialmente, as bananas Prata não apresentaram diferenças significativas entre os tratamentos pós-colheita com e sem revestimento de extrato de própolis, apresentando qualidade sensorial até o 6o dia de armazenamento. Os revestimentos de extrato de própolis aliam a vantagem de ser uma alternativa para o aumento da vida útil pós-colheita de frutas, com o melhor controle da perda de massa.
The coatings are one of the newest alternatives to aid in food preservation. The coatings have excellent barrier properties, especially gas exchange and water vapor, which contributes to maintaining the quality post-harvest fruits. The aim of this study was to evaluate the effects of coating with propolis extract on the physico-chemical characteristics of papaya (Carica papaya L.), orange (Citrus sinensis) and banana (Musa sp.), stored under ambient condition. Three trials were conducted in which the related fruits were selected and divided into five post-harvest treatments. Assays of Solo papaya fruits cv. 'Golden' and orange 'Pera' consisted of three forms of dip coating ("70% alcohol", "alcoholic extract of propolis to 2.5%", "hydroalcoholic extract of propolis to 5%") and two controls (one uncoated and another in which the fruits were not covered and kept under refrigeration). The test of the fruits of banana 'Prata' consisted of four forms of dip coating in propolis extract concentration of 2.5% (m/v) from different botanical sources ("aqueous extract of propolis wild", "hydroalcoholic extract of propolis wild", "hydroalcoholic extract of propolis rosemary" and "hydroalcoholic extract of propolis Green Red") and a control (uncoated). The variables evaluated were weight loss, firmness, total soluble solids (TSS), titratable acidity (TTA), the relationship between total soluble solids and titratable acidity (TSS/TA) and hydrogen potential (pH) were carried out every 4 days storage for 12 days in the assay papaya, to 0, 10, 18 and 25 days of storage in the assay orange and 3 day intervals for 12 days of storage bananas in the assay. Held the sensory evaluation of papayas after 4 days of storage and bananas at 3 and 6 days of storage, assessed by untrained through the acceptance test tasters. In testing the Solo papaya cv. 'Golden', postharvest treatments "refrigerated", "propolis 2.5%" and "5% propolis" propitiated smaller weight loss. The firmness for post-harvest treatment "propolis 5%" showed himself superior to post-harvest "control", "alcohol" and "2.5% propolis" treatments. The TSS was higher for post-harvest treatment "propolis 5%", which only differed from the post-harvest treatment "alcohol". The TTA and TSS/TTA ratio did not vary with the post-harvest treatments, varying only with time of storage. The pH of chilled papaya showed significant differences in relation to other post-harvest treatments. The fruits stored under refrigeration condition showed symptoms of chilling injury, verified by visual observation. Papayas coated with propolis extract showed sensory acceptance similar to other post-harvest treatments on the fourth day of storage. In the trial of 'Pera' orange, treatments with propolis reduced the mass loss up to the 18 th day of storage. The fruits coated with propolis extract remained firmer after 25 days of storage, not significantly different from other post-harvest treatments. The post-harvest treatment "refrigerated" showed less mass loss and firmness during the storage period, caused by the incidence of chilling injury. The coatings with propolis extracts produce significant changes of small magnitude in the variables TSS, TTA, TSS/TTA ratio and pH in oranges at the end of the storage period. While the test of banana 'Prata', after 12 days of storage, jackets extract "green" and "aqueous" propolis decreased the mass loss in the fruits when compared to post-harvest "control" treatment. In the same period, no differences were observed between the post-harvest treatments on the firmness of bananas. There was the occurrence of lower values of ATT and higher pH values in all post-harvest treatments during ripening of fruits. The TSS increased at the end of the storage period, which consequently contributed to raise the ratio TSS/TA in post-harvest treatments, being more significant in the post-harvest treatment "red". Sensory, bananas 'Prata' showed no significant differences between post-harvest treatments with and without coating of propolis extract, presenting sensory quality until the 6 th day of storage. The coatings of propolis extract combine the advantage of being an alternative to increasing the postharvest life of fruits, with better control of weight loss.
Palavras-chave: Carica papaya L
Citrus sinensis
Musa sp.
Carica papaya L
Citrus sinensis
Musa sp.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS::FISIOLOGIA POS-COLHEITA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Agronomia
Citação: PASSOS, Flávia Regina. Propolis extract in postharvest conservation fruit. 2014. 80 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2038
Data do documento: 28-Out-2014
Aparece nas coleções:Agronomia (Produção Vegetal) - CRP

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf715,99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.