Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2039
Tipo: Dissertação
Título: Prospecção de microrganismos e substâncias de origem vegetal para o controle de Sclerotium cepivorum
Título(s) alternativo(s): Prospection of microrganisms and botanical substances for the control of Sclerotium cepivorum
Autor(es): Fuga, Cícero Augusto Guimarães
Primeiro Orientador: Lopes, Everaldo Antonio
Primeiro coorientador: Reis, Marcelo Rodrigues dos
Segundo coorientador: Maffia, Luiz Antônio
Primeiro avaliador: Vieira, Bruno Sérgio
Segundo avaliador: Cunha, Walter Vieira da
Abstract: A podridão branca, causada pelo fungo Sclerotium cepivorum, é uma das principais doenças das culturas do alho e da cebola em todo o mundo. Na busca por alternativas sustentáveis de manejo de doença, agentes de biocontrole e substâncias presentes em extratos e óleos essenciais de plantas podem ser potencialmente úteis na inibição do crescimento do patógeno. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o antagonismo de isolados de Bacillus spp. e Trichoderma spp. e a fungitoxicidade de extratos de plantas e óleos Vegetais à S. cepivorum 'in vitro'. No capítulo I foi avaliado o antagonismo de Bacillus spp. e Trichoderma spp. a S. cepivorum por meio da técnica de confrontação direta e pela produção de metabólitos tóxicos em placas de Petri. Após a seleção dos isolados mais eñcientes, testou-se a compatibilidade entre os antagonistas. No capítulo II foi avaliado a fungitoxicidade de extratos aquosos e etanólicos de plantas (arruda, mentrasto, citronela, alho, gengibre e açafrão), e de óleos essenciais (citronela, alecrim, nim e eucalipto citriodora) no crescimento micelial e germinação de escleródios de S. cepivorum em placas de Petri. Foram selecionados sete isolados de Bacillus spp. e cinco de Trichoderma spp. com efeito antagônico a S. cepivorum Todos os antagonistas selecionados agiram por antibiose (produçã0 de metabólitos tóxicos), com diferentes níveis de toxicidade ao patógeno. Alguns antagonistas não apresentaram compatibilidade entre si. Todos os extratos de plantas e óleos essenciais testados limitaram o crescimento micelial do patógeno. Os extratos aquosos de mentrasto e citronela na dose de 10.000 ppm inibiram 0 crescimento do patógeno em mais de 50%. Os quatro óleos essenciais inibiram o crescimento do patógeno entre 77 e 100%, na dose de 1.200 ppm Em relação a inibição de germinação de escleródios, apenas os óleos essenciais apresentaram efeito inibitório na dose de 1.200 ppm com média de 5% de escleródios germinados. Os agentes de biocontrole (Bacillus spp. e Trichoderma spp.), os extratos de plantas e óleos essenciais apresentam potencial para o controle de S. cepivorum.
White rot, caused by the ñmgus Sclerotium cepivorum, is one of the most important diseases of garlic and onion throughout the World. In the quest for sustainable alternatives for the management of the disease, biocontrol agentes and substances found in the extracts and essential oils of plants can be potentially useñll on the inhibition of the growth of the pathogen. Thus, the objective of this Work Was to evaluate the antagonism of isolates of Bacillus spp. and Trichoderma spp. and the fungitoxicity of botanical extracts and oils to S. cepivorum °in Vitroí In the chapter I, it Was assessed the antagonismo of Bacillus spp. and Trichoderma spp. to S. cepivorum by means of the direct confrontation technique and by the production of toxic metabolites in Petri dishes. After the screening of the most efñcient isolates, it Was assessed the compatibility among them. In the chapter II, it Was eveluated the fungitoxicity of aqueous and ethanolic extracts of plants (rue, mentrasto, citronella, garlic, ginger and saffron), and of essential oils (citronella, rosemary, neem and eucalyptus) on the mycelial growth and sclerotia germination of S. cepivorumin Petri dishes. Seven isolates ofBacillus spp. and ñve isolates of Trichoderma spp. Were selected as a result of their antagonic effect to S. cepívorum All antagonists acted by antibiosis, With different levels of toxicity to the pathogen. Some isolates Were not compatible. All plant extracts and essential oils reduced the mycelial growth of the pathogen. At 10.000 ppm, aqueous extracts of mentrasto and citronella reduced the growth of the colony by more than 50%. All essential oils inhibited the growth of the pathogen from 77 to 100% at 1.200 ppm. The germination of sclerotia Was reduced only by the essential oils at 1.200 ppm, With the average of 5% of germinated sclerotia. Biocontrol agents (Bacillus spp. and Tríchoderma spp.), plant extracts and essential oils have potential to the control of S. cepívorum.
Palavras-chave: Podridão branca - Bacillus ssp.
White rot - Bacillus ssp.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Agronomia
Citação: FUGA, Cícero Augusto Guimarães. Prospection of microrganisms and botanical substances for the control of Sclerotium cepivorum. 2013. 52 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2039
Data do documento: 26-Jul-2013
Aparece nas coleções:Agronomia (Produção Vegetal) - CRP

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf438,51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.