Locus  

Deficiência de vitamina D e sua relação com fatores associados à sibilância recorrente

Show simple item record

dc.contributor Silva, Luiz Sérgio
dc.contributor Freitas, Rodrigo de Barros
dc.contributor Carvalho, Camilo Amaro de
dc.contributor.advisor Cardoso, Silvia Almeida
dc.creator Brito, Mirna Peçanha
dc.date.accessioned 2018-07-26T18:11:46Z
dc.date.available 2018-07-26T18:11:46Z
dc.date.issued 2017-12-19
dc.identifier.citation BRITO, Mirna Peçanha. Deficiência de vitamina D e sua relação com fatores associados à sibilância recorrente. 2017. 56 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Saúde) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2017. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/20728
dc.description.abstract Em estudos epidemiológicos a sibilância recorrente em pacientes pediátricos, tem sido considerado como sinônimo de asma. Representa um importante problema de saúde pública, por afetar a qualidade de vida desses indivíduos que frequentemente utilizam o sistema de saúde gerando um grande impacto econômico. O objetivo do presente estudo foi identificar fatores associados com sibilância recorrente, em pacientes atendidos em serviço de referência de pneumologia pediátrica no município de Viçosa. Realizou-se um estudo transversal com 124 crianças em seguimento no ambulatório de pneumologia pediátrica. Inicialmente utilizou-se um questionário semiestruturado, para detectar os fatores associados a sibilância recorrente e asma e posteriormente o nível de VitD sérica foi mensurado. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos na Universidade Federal de Viçosa (1.713.903). A análise estatística foi realizada usando o pacote estatístico Stata 10 (Stata Corp, College Station, TX, USA). Da amostra estudada a maioria era do sexo masculino, não brancos com média de idade de 5 anos e 9 meses com desvio padrão de ± 4,6 anos. Cerca de 77,4 % das crianças frequentavam creche ou escola e 62,1% nasceram de parto cesáreo. Da amostra, 78,2% apresentaram renda mensal de até dois salários mínimos. Foi observado que 50,8 % da população estudada não realizou suplementação de VitD nos primeiros dois anos de vida. A prevalência de deficiência/insuficiência de VitD foi de 57,3% e após a regressão logística múltipla, as variáveis que permaneceram associadas à deficiência/insuficiência VitD foram: início da sibilância até o primeiro ano de vida (OR 2,54; IC 95% 1.12-5,76; p<0,025), antecedentes pessoais de dermatite atópica (OR 3,21; IC 95% 1.16-8,86; p<0,024), poluição ambiental (OR 1,72; IC 95% 1.14-2,59; p<0,009), suplementação da vitamina D nos primeiros dois anos de vida (OR 0,46; IC 95% 0,22-0.95; p<0,037). Vários trabalhos têm demonstrado uma elevada prevalência de deficiência/insuficiência de VitD e a sua importância, não só para saúde óssea, mas também para outras doenças imunomediadas. Observou-se no presente estudo, uma associação inversa entre os níveis deficiênte/insuficiêntes de VitD com a presença de sibilância no primeiro ano de vida, antecedentes pessoais de dermatite atópica e poluição ambiental em pacientes com sibilância recorrente e com asma. pt-BR
dc.description.abstract In epidemiological studies, recurrent s wheezing in pediatric patients has been considered as synonymous with asthma. It represents an important public health problem, since it affects the quality of life of those individuals who frequently use the health system, generating a great economic impact. The objective of the present study was to identify factors associated with recurrent wheezing in patients attended at a referral service of pediatric pneumology in the city of Viçosa. A cross-sectional study was carried out with 124 children in a pediatric outpatient clinic. Initially, there was applied a semi-structured questionnaire to detect the factors associated with recurrent wheezing and asthma, and later the serum VitD level was measured. The study was approved by the Research Ethics Committee with Human Beings at the Federal University of Viçosa (1,713,903). Statistical analysis was performed using the statistical package Stata 10 (Stata Corp, College Station, TX, USA). Of the sample studied, the majority were male, non-white with an average age of 5 years and 9 months, with some standard deviation of ± 4.6 years. About 77.4% of children attended daycare or school and 62.1% were born cesarean. Of the sample, 78.2% had a monthly income of up to two minimum wages. It was observed that 50.8% of the study population did not undergo VitD supplementation in the first two years of life. The prevalence of VitD deficiency/insufficiency was 57.3% and after multiple logistic regression, variables that remained associated with VitD deficiency/failure were: wheezing up to the first year of life (OR 2.54; (OR 3.21, 95% CI 1.16-8.86, p <0.024), environmental pollution (OR 1.72, 95% CI 1.14 to 5.8, p <0.025), personal history of atopic dermatitis (P <0.009), vitamin D supplementation in the first two years of life (OR 0.46, 95% CI 0.22-0.95, p <0.037). Several studies have demonstrated a high prevalence of VitD deficiency/ insufficiency and its importance, not only for bone health, but also for other immune-mediated diseases. In the present study, we observed an inverse association between the deficient/insufficient levels of VitD with the presence of wheezing in the first year of life, personal history of atopic dermatitis and environmental pollution in patients with recurrent wheezing and asthma. en
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Asma pt-BR
dc.subject Criança sibilânte pt-BR
dc.subject Doenças alergicas pt-BR
dc.title Deficiência de vitamina D e sua relação com fatores associados à sibilância recorrente pt-BR
dc.title Vitamin D deficiency and its link to recurrent wheezing associated fators en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Imunologia Aplicada pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/1389639244023288 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Medicina e Enfermagem pt-BR
dc.degree.program Mestre em Ciência da Saúde pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2017-12-19
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Ciências da Saúde [44]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account