Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/20833
Tipo: Artigo
Título: Embebição e qualidade fisiológica de sementes de soja submetidas ao condicionamento osmótico e condicionamento seguido de secagem
Autor(es): Nunes, Ubirajara Russi
Reis, Múcio Silva
Giúdice, Marcos Paiva Del
Sediyama, Tocio
Sediyama, Carlos Sigueyuki
Abstract: Com o objetivo de avaliar os efeitos da embebição e a qualidade fisiológica de sementes de sofa submetidas ao condicionamento osmbtico e condicionamento seguido de secagem, utilizaram-se sementes das variedades Doko RC e Savana colhidas no estddio R8. Avaliou-se o grau de umidade das sementes apps 0; 0,25; 0,5; 1; 12; 24; 4$.; 96 e 120 horas de embebigao em solu0o de polietileno glicol (PEG b000), corn potencial osmotico de 0,8 MPa, a 20°C; após 0; 0,25; 0,5; 1; 12; 24 e 48 horas de embebiÇao em água (a 20°C) e, apos os mesmos perfodos de embebigao em água, das sementes submetidas ao condicionamento osm6tico seguido de secagem (dry-back). 0 condicionamento osmCtico das sementes foi feito em solu0o de polietileno glicol (PEG 6000), corn potential osmotico de —0,8 MPa, a 24°C, durante 96 horas. As sementes, apes o condicionamento osmotico e o condicionamento seguido de secagem e da testemunha (sem tratamento osmGtico), foram submetidas aos testes de germinação (primeira contagem e contagem final), comprimento peso de matéria seta das plantulas e teste de condutividade el6trica dos solutos. 0 delineamento experimental uti1izado foi o inteiramente casualizado, num arranjo em fatorial. Para avaliação da embebi9ao das sementes, os fatores corresponderam As duas variedades e aos perfodos de embebi0o. Para avalinao da qualidade fisiológica das sementes, os fatores corresponderam as dual variedades e aos tratamentos condicionamento osmbtico, condicionamento seguido de secagem e testemunha. Concluiu- se que a velocidade de embebigao e o grau de umidade atingido pelas sementes de sofa em solurao de PEG 6004, nas dual variedades, foram diminuidos, em comparnao embebi9ao das sementes em água (testemunha) e em água após o condicionamento osmotico seguido de secagem. A rápida embebiOo em aqua apes o condicionamento seguido de secagem nao afetou a qualidade fisiológica das sementes. A variedade Doko RC apresentou melhores resultados, em relnao ao vigor, germina0o, peso de matéria seta das plântulas e condutividade elétrica dos solutos, que a variedade Savana. O condicionamento osm8tico e condicionamento seguido de secagem foram eficientes em melhorar o vigor e germinação, proporcionando maior crescimento e peso de materia seta das plântulas e menor vazamento de solutos nas dugs variedades, em relação As sementes sem tratamento osmbtico.
This work aimed to evaluate the effects of imbibition and physiological quality of soybean seeds submitted to. osmoconditioning and osmoconditioning followed by dry-back, using seeds of Doko RC and Savana varieties, harvested at the R8 stage. Seed moisture content was evaluated after 0, 0.25, 0.5, 1, 12, 24, 48, 96 and 120 hours of imbibition in glycol polyethylene (PEG 6000) solution, at an osmotic potential of -0,8 MPa at 20ºC; after 0, 0.25, 0.5, 1, 12, 24 and 48 hours of imbibition in water, for seeds submitted to osmoconditioning followed by dry-back. Seeds were osmoconditioning in glycol polyethylene (PEG 6000) solution, at an osmotic potential of -0,8 MPa, at 20ºC, for 96 hours. After osmoconditioning, osmoconditioning followed by dry-back and control (without osmotic treatment), the seeds were submitted “to tests of germination (first and final counting), length and dry matter weight of seedlings and electric conductivity. A completely randomized design was used in a factorial arrangement. For evaluation of seed inhibition, the factors corresponded to both varieties and periods of imbibition. For evaluation of the physiological quality of seeds, the factors corresponded to both varieties and to the treatments of osmotic conditioning, osmoconditioning followed by dry-back and control. The results showed that the speed of imbibition and moisture content of soybean seeds in PEG 6000 solution, to both varieties, was decreasing, compared to imbibition of seeds in water (control) and in water osmoconditioning and dry-back. The rapid imbibition of seeds in water after osmoconditioning and dry-back did not affect the physiological quality of the seeds. Doko RC showed better results for vigor and germination, dry matter weight of seedling and eletric conductivity of the solute than Savana. Osmoconditioning and dry-back were effective in increasing vigor and germination, promoting further growth and dry matter weight of seedlings and less solute leaking, for both varieties, compared to non- osmoconditioning seeds.
Palavras-chave: Glycine max
Teste de germinação
Matéria seca
Teste de condutividade elétrica
Editor: Revista Ceres
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://www.ceres.ufv.br/ojs/index.php/ceres/article/view/2919
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/20833
Data do documento: Jan-2004
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfTexto completo898,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.