Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/212
Tipo: Tese
Título: Sorção, dessorção e lixiviação do ametryn e fitorremediação do picloram em solos brasileiros
Título(s) alternativo(s): Sorption, desorption an leaching of ametryn and phytoremediation of picloram in Brazilian soils
Autor(es): Silva, Leandra de Oliveira Cruz da
Primeiro Orientador: Silva, Antônio Alberto da
Primeiro coorientador: Queiroz, Maria Eliana Lopes Ribeiro de
Segundo coorientador: Lima, Claudio Ferreira
Primeiro avaliador: Ferreira, Francisco Affonso
Segundo avaliador: Santos, José Barbosa dos
Abstract: O controle químico de plantas daninhas tornou-se prática indispensável na agricultura em larga escala. No entanto, o uso de herbicidas sem os conhecimentos básicos de suas interações com o solo e clima representa alto risco de contaminação ambiental e redução da biodiversidade. Objetivou-se com este trabalho avaliar os processos de sorção, dessorção e lixiviação do ametryn e a fitorremediação do picloram em solos brasileiros. Para isso, numa primeira etapa, foram realizados diversos experimentos visando avaliar a sorção, dessorção e lixiviação do ametryn em Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA), Latossolo Vermelho-Amarelo húmico (LVAh), Latossolo Amarelo (LA) e Latossolo Vermelho (LV), com diferentes valores de pH, e também comparar o método cromatográfico com o biológico em estudos de mobilidade desse herbicida. Em outro experimento, avaliou-se a meiavidado picloram, em dois solos {Argissolo Vermelho-Amarelo (PVA) e em Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA)}, cultivados ou não com espécie remediadora (Eleusine coracana). Os teores de matéria orgânica e valores de pH dos solos afetaram a sorção, dessorção e lixiviação do ametryn. Solos com maiores teores de matéria orgânica e menores valores de pH apresentaram maiores taxas de sorção, menor mobilidade e menores porcentagens de dessorção, indicando a ocorrência de histerese. Os resultados obtidos pelo método cromatográfico foram confirmados pelo método biológico (bioensaios), comprovando ser esta técnica eficiente como método preliminar ou complementar ao método instrumental na confirmação de resultados e, ou, redução de custos e tempo das análises. A persistência do picloram nos solos variou de acordo com as características químicas dos mesmos (meia-vidas de 99 e 151 dias no LVA e PVA, respectivamente). A espécie E. coracana mostrouse eficiente para remediação de solos contaminados pelo picloram. O cultivo da espécie reduziu em 56,6% e 49% o tempo em dias para se atingir a meia-vida do picloram no LVA e PVA, respectivamente, em comparação com os solos sem cultivo.
Chemical control of weeds has become indispensable practice in large scale agriculture. However, the use of herbicides without the basic knowledge of their interactions with soil and climate is a high risk of environmental contamination and biodiversity loss. The objective of this study was to evaluate the processes of sorption, desorption and leaching of ametryn and phytoremediation of picloram in Brazilian soils. To this end, in a first step, several experiments were conducted to evaluate the sorption, desorption and leaching of ametryn in Red-Yellow Latosol (LVA), Red-Yellow humic Latosol (LVAh), Red Latosol (LV) and Yellow Latosol (LA), with different pH values, and to compare the chromatographic method with the biological in studies of the mobility of this herbicide. In another experiment was evaluated the half-life of picloram in two soils {Red-Yellow Ultisol (PVA) and Red- Yellow Latosol (LVA)}, cultivated or not with remediating species (Eleusine coracana). Organic matter content and soil pH affected the sorption, desorption and leaching of ametryn. Soils with higher organic matter content and lower pH values had higher rates of sorption, decreased mobility and smaller percentages of desorption, indicating the occurrence of hysteresis. The results of the chromatographic method were confirmed by the biological method (bioassay), proving that this technique was efficient as a primary method or complementary to the chemical method in confirmation of results and/or reduction of costs and time of analysis. The persistence of picloram in soils varied depending on the chemical characteristics of soils (half-lives of 99 and 151 days for the LVA and PVA, respectively). The species E. coracana was effective for remediation of soils contaminated with picloram. The cultivation of the species decreased by 56.6% and 49% of the time in days to reach the half-life of picloram in LVA and PVA, respectively, compared with soils without cultivation.
Palavras-chave: Herbicida
Persistência no solo
Impacto ambiental
Herbicide
Persistence in soil
Environmental impact
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ANALITICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Agroquímica analítica; Agroquímica inorgânica e Físico-química; Agroquímica orgânica
Programa: Doutorado em Agroquímica
Citação: SILVA, Leandra de Oliveira Cruz da. Sorption, desorption an leaching of ametryn and phytoremediation of picloram in Brazilian soils. 2011. 62 f. Tese (Doutorado em Agroquímica analítica; Agroquímica inorgânica e Físico-química; Agroquímica orgânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/212
Data do documento: 27-Jan-2011
Aparece nas coleções:Agroquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf677,65 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.