Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2146
Tipo: Dissertação
Título: Novos complexos de níquel(II) com fosfinas e N-alquilsulfonilditiocarbimatos: Síntese, caracterização e atividade antifúngica contra Botrytis cinerea e Colletotrichum acutatum
Título(s) alternativo(s): Novel nickel(II) complexes with phosphines and N-alkylsulfonyldithiocarbimates: Synthesis, characterization and antifungal activity against Botrytis cinerea and Colletotrichum acutatum
Autor(es): Vidigal, Antonio Eustáquio Carneiro
Primeiro Orientador: Rubinger, Mayura Marques Magalhães
Primeiro coorientador: Oliveira, Marcelo Ribeiro Leite de
Segundo coorientador: Zambolim, Laércio
Primeiro avaliador: Guedes, Raul Narciso Carvalho
Segundo avaliador: Menezes, Daniele Cristiane
Abstract: Este trabalho descreve as sínteses, caracterizações e estudo da atividade antifúngica de oito complexos de níquel(II) com fosfinas (trifenilfosfina e 1,2-bis(difenilfosfina)etano) (dppe) e N-alquilsulfonilditiocarbimatos. Os complexos de níquel foram obtidos através da reação de cloreto de níquel(II) hexahidratado com N-alquilsulfonilditiocarbimatos de potássio e a fosfina apropriada, utilizando uma mistura de etanol e água como solvente. Os complexos obtidos, de fórmula geral [Ni(RSO2N=CS2)(PPh3)2] e [Ni(RSO2N=CS2)dppe] (R= CH3-, CH3CH2-, CH3CH2CH2CH2- e CH3CH2CH2CH2CH2CH2CH2CH2-) foram caracterizados por temperaturas de fusão, análises elementares de C, H, N, e Ni, HR-ESI-MS, espectroscopia vibracional no infravermelho, espectroscopia eletrônica no UV-Vis e de ressonância magnética nuclear de 1H, 13C e 31P. Três complexos estudados neste trabalho já foram descritos na literatura ([Ni(CH3SO2N=CS2)(PPh3)2], [Ni(CH3SO2N=CS2)dppe] e [Ni(CH3 CH2SO2N=CS2)dppe]) (OLIVEIRA, 1997 e OLIVEIRA et al, 2008). Eles foram ressintetizados para serem incluídos nos teste biológicos. Os resultados das análises elementares e dos espectros obtidos por HR-ESI-MS confirmaram as fórmulas moleculares propostas. O aparecimento de novas bandas (νNi-S) e o deslocamento de outras (νCN), νass SO2, νsim SO2 e νCS2) nos espectros vibracionais confirmaram a obtenção dos complexos. A espectroscopia eletrônica mostrou bandas esperadas para todos os complexos. As bandas de transições d-d observadas indicaram uma geometria quadrática ao redor do átomo de níquel. Os espectros de RMN dos complexos foram típicos para espécies diamagnéticas, apoiando a hipótese de uma geometria quadrática plana ao redor do átomo de níquel. Foram observados todos os sinais esperados para os átomos de H, C e P nos respectivos espectros de RMN de 1H, 13C e 31P. Os complexos foram testados in vitro, pelo método poisoned food, contra os fungos fitopatogênicos Botrytis cinerea e Colletotrichum acutatum. Os complexos com a trifenilfosfina apresentaram atividade contra os dois fungos, enquanto os complexos com a dppe foram pouco ativos. Esses resultados sugerem que o modo de ação dessas substâncias pode envolver a liberação dos ligantes no meio intracelular, uma vez que a substituição da fosfina simples pela difosfina resultou em drástica diminuição da atividade. Foram obtidas as doses mínimas necessária para inibir 50% do crescimento fúngico (IC50), a partir das curvas dose-inibição para a trifenilfosfina e os complexos de níquel(II) com ditiocarbimatos e trifenilfosfina. Notou-se uma tendência de maior atividade para compostos contendo cadeias alifáticas mais lipofílicas (grupos R com 4 e 8 átomos de carbono), sugerindo uma melhor interação destes com a membrana celular.
This work describes the syntheses, characterization and study of the antifungal activity of eight nickel(II) complexes with phosphines (triphenylphosphine and 1,2-bis(diphenylphosphine)ethane) (dppe) and N-alkylsulfonyldithiocarbimates. The complexes were obtained by the reaction of nickel(II) chloride hexahydrate with potassium N-alkylsulfonyldithiocarbimates and the appropriate phosphine (PPh3 or dppe), using ethanol/water as solvents. The complexes, with the general formulae [Ni(RSO2N=CS2)(PPh3)2] and [Ni(RSO2N=CS2)dppe] (R= CH3-, CH3CH2-, CH3CH2CH2CH2- and CH3CH2CH2CH2CH2CH2CH2CH2-), were characterized by melting points, elemental analyses of C, H, N, and Ni, HR-ESI-MS, IR, UV-Vis and 1H, 13C and 31P NMR spectroscopies. The results of the elemental analyses and the HR-ESI-MS spectra confirmed the proposed formulae. The observation of new bands (νNi-S) in their vibrational spectra and the shifts of characteristic bands (νCN, νassSO2, νsimSO2, νCS2) when compared to the spectra of the free ligands confirmed the formation of the complexes. The ultraviolet-visible spectra showed the expected bands for all complexes. The observation of d-d transitions pointed to a quadratic geometry arround the nickel atom. The NMR spectra of the complexes were typical for diamagnetic species, supporting the hypothesis of a square planar environment around the nickel atom. All the expected signals were observed in their 1H, 13C and 31P NMR spectra. Three complexes used in this study have been described in the literature ([Ni(CH3SO2N=CS2)(PPh3)2], [Ni(CH3SO2N=CS2)dppe] e [Ni(CH3 CH2SO2N=CS2)dppe]) (OLIVEIRA, 1997 and OLIVEIRA et al, 2008). They were resynthesized to be included in the biological testing. The activity of the complexes was tested against Botrytis cinerea and Colletotrichum acutatum. The complexes containing triphenylphosphine were active against both fungi, while the complexes with dppe showed little activity. These results indicated that the mode of action of the complexes might involve the intracellular release of the phosphines. The minimum doses required to inhibit 50% of the fungal growth (IC50) were determined from dose-inhibition curves obtained under the treatments with triphenylphosphine and with the nickel(II) complexes with triphenylphosphine and the dithiocarbimates. A greater activity of the more lipophilic compounds containing longer aliphatic chain groups (R with 4 and 8 carbon atoms), suggested that the stronger interaction with the cell membrane is also important for the activity of these complexes.
Palavras-chave: Ditiocarbimato
Fosfina
Atividade anti-fúngica
Dithiocarbimates
Phosphine
Anti-fungal activity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA INORGANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Agroquímica analítica; Agroquímica inorgânica e Físico-química; Agroquímica orgânica
Programa: Mestrado em Agroquímica
Citação: VIDIGAL, Antonio Eustáquio Carneiro. Novel nickel(II) complexes with phosphines and N-alkylsulfonyldithiocarbimates: Synthesis, characterization and antifungal activity against Botrytis cinerea and Colletotrichum acutatum. 2013. 173 f. Dissertação (Mestrado em Agroquímica analítica; Agroquímica inorgânica e Físico-química; Agroquímica orgânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2146
Data do documento: 19-Fev-2013
Aparece nas coleções:Agroquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf5,71 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.