Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2251
Tipo: Dissertação
Título: Efeito de anestésicos em girinos e rãs pós-metamórficas de rã-touro (Lithobates catesbeianus)
Título(s) alternativo(s): Anesthetic effects on tadpoles and post-metamorphic frogs of bullfrog (Lithobates catesbeianus)
Autor(es): Takamura, Angela Emi
Primeiro Orientador: Ribeiro Filho, Oswaldo Pinto
Primeiro coorientador: Silva, Ita de Oliveira e
Segundo coorientador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Primeiro avaliador: Silva, Rodrigo Fortes da
Abstract: Com o intuito de avaliar o uso de três anestésicos locais, entres eles, o eugenol, o mentol e a benzocaína, como indutores à sedação e à insensibilização de girinos e rãs pós-metamórficas da espécie Lithobates catesbeianus, em diferentes estágios de desenvolvimento, realizou-se este experimento no Laboratório do Ranário Experimental da Universidade Federal de Viçosa. O experimento foi dividido em três partes: Fase 1 Girinos I, em que cada anestésico foi avaliado quanto ao tempo necessário para a indução e retorno à sedação e à anestesia, de quatrocentos girinos, nas faixas etárias de 15, 30, 45, 60 e 75 dias de idade; a Fase 1 Girinos II, realizada com o intuito de simular o transporte de girinos de rã-touro, em quatro faixas etárias (30, 45, 60 e 75 dias de idade), sob a ação dos três anestésicos; e a Fase 2 Imagos, Juvenis e Adultos, em que cada anestésico foi avaliado quanto ao tempo necessário para a indução e retorno à sedação e à anestesia, de quatrocentos animais pós-metamórficos, em quatro classes de peso distintas (5g-10g; 20g-30g; 80g-100g; 120g-160g). Na primeira fase, nos períodos de indução e de recuperação os animais foram avaliados a cada 15 minutos, por um período de 180 minutos, quanto à presença ou ausência de reflexo de fuga e sentido de nocicepção. Na fase seguinte, para cada um dos três anestésicos foram separados, seis a oito grupos, contendo 200 girinos cada, que, em seguida, foram acondicionados em sacos plásticos, medindo 50 cm x 60 cm, contendo 10 litros de solução anestésica (água + anestésico), em concentrações crescentes, e oxigênio. Observou-se o número de animais induzidos à sedação, caracterizado pela ausência de movimento dos girinos mesmo após estímulo externo (movimentação dos sacos), e o tempo de recuperação, a princípio, a cada 1 hora, durante as 5 horas iniciais e, posteriormente, somente após 24 horas. Na Fase 2, os animais foram avaliados, individualmente, a cada 15 minutos por um período de 5 horas (período de indução), quanto à frequência respiratória, à presença ou ausência de reflexo de fuga e de equilíbrio, e quanto à sensibilidade a nocicepção leve e a nocicepção profunda. Passados às cinco horas, os animais foram transferidos para a água livre de anestésicos onde, então, foi acompanhado o tempo necessário para que os animais restabelecessem o comportamento normal (período de recuperação). Tanto a benzocaína quanto o mentol e o eugenol são eficazes na indução de rãs-touro pré e pós-metamórficos à sedação e à anestesia. Na Fase 1- Girinos I, o eugenol apresentou os melhores resultados quanto à concentração utilizada e aos tempos de indução, manutenção e retorno, tanto à sedação quanto à anestesia de girinos de rã-touro, enquanto que o mentol e a benzocaína apresentaram resultados equivalentes. Durante a simulação de transporte de animais pré-metamórficos e na fase pós-metamórfica (5g a 160g), o mentol e a benzocaína apresentara os melhores resultados. Uma vez que, o mentol e a benzocaína são equivalentes, a escolha entre um ou outro fica a critério do operador, que deverá optar aquele de melhor custo-benefício.
In order to evaluate the use of three local anesthetic (benzocaine, clove oil and menthol) to sedation and desensitization of tadpoles and post-metamorphic animals of bullfrogs (Lithobates catesbeianus) at different stages of development one experiment was took place on the Experimental Laboratory of Federal University of Viçosa. The experiment was divided into three phases: Phase 1 - Tadpoles, in which each anesthetic was assessed by four hundred tadpoles at 15, 30, 45, 60 e 75 days of age for the time required to induction and return to sedation and anesthesia; Phase 1 - Part B, was held in order to simulate the tadpoles transport of four groups at different ages (30, 45, 60 and 75 days) under the action of the three local anesthetic; Phase 2 Youth, Juvenile and Adult, in which each anesthetic was assessed for the time required for induction and return to sedation and anesthesia of four hundred post-metamorphic animals at different class of age (5g-10g; 20g-30g; 80g-100g and 120g-160g). In the first phase, during induction and recovery the animals were evaluated every 15 minutes during a period of 180 minutes by the presence or absence of escape reflex and sense of nociception. On the second phase for each local anesthetic six to eight groups each one with 200 tadpoles were put in plastic bags measuring 50cm X 60cm with 10 liters of anesthetic solution (water + anesthetic) and oxygen. The number of animals induced to sedation characterized by the absence of movement of tadpoles even after the external stimulus (movement of the bags), and the recovery time were observed every 1 hour on the first five hours and then only after 24 hours. In the third phase, to the determination of the best anesthetic compound, the withdrawal reflex, righting reflex, respiratory frequency and sensitivity to light and deep nociception were used to evaluate central nervous system depression following bath administration on each animal in which each class of weight evaluated every 15 minutes for a period of 5 hours (induction period). After this period, the animals were transferred to anestheticfree water which was then monitored to establish the time required for animals to return the normal behavior (recovery period). In tadpoles of bullfrog menthol and benzocaine showed similar results for both sedation and anesthesia. In all groups of age the most effective anesthetic agents for sedation of bullfrog tadpoles for 24 hours were benzocaine and menthol. Benzocaine, menthol and clove oil are effective agents in the induction of tadpoles and post-metamorphic frog of bullfrogs to sedation and anesthesia. In Phase 1 - Tadpole I, clove oil showed the best results on the concentration used and the time of induction, maintenance and return for sedation and anesthesia of bullfrog tadpoles, while menthol and benzocaine showed similar results. During the simulation transport of pre-metamorphic animals and post-metamorphic animals (5g to 160g) anesthesia, menthol and benzocaine showed the best results. Since menthol and benzocaine are equivalent, the choice between one or the other is at the discretion of the operator, one should choose the most cost-effective.
Palavras-chave: Anestésicos locais
Rã-touro
Eugenol
Mentol
Benzocaína
Lithobates catesbeianus
Local anesthetics
Bullfrog
Clove oil
Menthol
Benzocaine
Lithobates catesbeianus
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biologia e Manejo animal
Programa: Mestrado em Biologia Animal
Citação: TAKAMURA, Angela Emi. Anesthetic effects on tadpoles and post-metamorphic frogs of bullfrog (Lithobates catesbeianus). 2011. 397 f. Dissertação (Mestrado em Biologia e Manejo animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2251
Data do documento: 15-Abr-2011
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.