Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2252
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos toxicológicos do inseticida endosulfan sobre o metabolismo de morcegos frugívoros Artibeus lituratus e análise do bioacúmulo no tecido adiposo e hepático
Título(s) alternativo(s): Toxicological effects of the insecticide endosulfan on the metabolism of fruit bats Artibeus lituratus and analysis of bioaccumumation in adipose tissue and liver
Autor(es): Brinati, Alessandro
Primeiro Orientador: Freitas, Mariella Bomtempo Duca de
Primeiro coorientador: Silva, Ita de Oliveira e
Segundo coorientador: Neves, Mariana Machado
Primeiro avaliador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Segundo avaliador: Queiroz, Maria Eliana Lopes Ribeiro de
Abstract: O uso intensivo de várias classes de agrotóxicos na agricultura tem trazido uma série de preocupações associadas com seus efeitos negativos em humanos, animais e o ambiente. Foi provado que a maioria destes componentes pode causar danos agudos e crônicos, tais como alterações no sistema nervoso, efeitos imunossupressores e ações carcinogênicas e/ou mutagênicas, alterando a secreção e ação de hormônios e inibindo enzimas nas vias de glicose e gliconeogênese em animais experimentais. Para investigar os efeitos do inseticida organoclorado endosulfan no metabolismo, na secreção de hormônios e seu possível acúmulo em tecidos, morcegos frugívoros da espécie Artibeus lituratus foram expostos a frutos contaminados com esse inseticida por 35 dias. Um total de 28 morcegos foram separados em 4 grupos experimentais: controle, espalhante adesivo 0,015g/L, endosulfan 1,05 g/L e endosulfan 2,1 g/L. A dose usada foi a mesma indicada pelo fabricante, e objetivou simular a intoxicação dos morcegos no campo. A um grupo tratado foi oferecido o dobro da dose do inseticida. Analisou-se as concentrações de glicose e testosterona no plasma, proteínas e lipídios do fígado e músculos, bem como de lipídios do tecido adiposo e ácidos graxos da carcaça. Também se avaliou o bioacúmulo do endosulfan no tecido adiposo e fígado, por cromatografia gasosa (CG). Os grupos tratados mostraram mudanças na concentração de glicose, concentrações de proteínas em alguns músculos e redução de ácidos graxos na carcaça. Observou-se acúmulo de endosulfan depois de 35 dias de tratamentos em ambos os grupos tratados, sugerindo um comprometimento a longo prazo da sobrevivência da população em florestas neotropicais, onde eles representam um papel importante na regeneração das plantas.
The intensive use of various classes of pesticides in agriculture has brought a number of concerns associated with its negative effects on humans, animals and environment. It was proved that most of these components can cause acute and chronic damage, such as changes in the nervous system, immunosuppressive effects and carcinogenic actions and/or mutagenic, altering the secretion and action of hormones and inhibiting enzymes in pathways of glucose and gluconeogenesis in experimental animals. To investigate the effects of the organochlorine insecticide endosulfan metabolism, hormone secretion and its possible accumulation in tissues, fruit bats of the species Artibeus lituratus were exposed to this pesticide-contaminated fruits for 35 days. A total of 28 bats were separated into 4 groups: control, adhesive spreader 0,015 g/L, endosulfan 1.05 g/L and endosulfan 2.1 g/L. The dose used was the same as indicated by the manufacturer, and animed to simulate the poisoning of bats in the field. The treated group was given a double dose of the insecticide. We analyzed the concentrations of glucose and testosterone in plasma proteins and lipids of lives and muscle, and adipose tissue lipids and fatty acids from the carcass. We also assessed the bioaccumulation of endosulfan in adipose tissue and liver by gas chromatography (GC). The treated groups showed changes in the concentration of glucose, protein concentrations in some muscles and reduction of fatty acids in the substrate. We observed accumulation of endosulfan after 35 days of treatment in both treated groups, suggesting acommitment to long-term survival of the population in neotropical forests, where they play an important role in the regeneration of plants.
Palavras-chave: Metabolismo
Resíduos
Morcegos
Organoclorado
Endosulfan
Inseticida
Testosterona
Metabolism
Residue
Bats
Organochlorine
Endosulfan
Insecticide
Testosterone
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA::FISIOLOGIA DE ORGAOS E SISTEMAS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biologia e Manejo animal
Programa: Mestrado em Biologia Animal
Citação: BRINATI, Alessandro. Toxicological effects of the insecticide endosulfan on the metabolism of fruit bats Artibeus lituratus and analysis of bioaccumumation in adipose tissue and liver. 2011. 56 f. Dissertação (Mestrado em Biologia e Manejo animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2252
Data do documento: 31-Ago-2011
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.