Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2255
Tipo: Dissertação
Título: Danos oxidativos e histológicos crônicos causados pelo cádmio no fígado e na espermatogênese de ratos
Título(s) alternativo(s): Oxidative and histological chronic damage caused by cadmium in the liver and in spermatogenesis of rat
Autor(es): Cupertino, Marli do Carmo
Primeiro Orientador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Primeiro coorientador: Oliveira, Juraci Alves de
Segundo coorientador: Paula, Tarcízio Antônio Rego de
Primeiro avaliador: Barros, João Bosco Gonçalves de
Abstract: Diversos estudos demonstram que o cádmio induz efeitos prejudiciais nos sistema reprodutivo e hepático, porém estudos sobre alterações causadas por baixas doses ainda estão pouco descritos. Este estudo investigou os danos oxidativos e histológicos crônicos em testículo e fígado de ratos expostos a baixas concentrações de cádmio. Cinco grupos experimentais foram testados, sendo um controle e os restantes recebendo as doses 0,67; 0,74; 0,86 e 1,1 mg de Cd/kg PC/IP, respectivamente. Os animais foram eutanasiados 56 dias após a exposição, sendo feitas análises de biometria corporal, além de análises de fígado e órgãos reprodutores, quantificação de cádmio e água tecidual, atividade de marcadores de estresse oxidativo superóxido dismutase (SOD) e catalase (CAT), além de estereologia e histopatologia testiculares e hepáticas. Na menor dose testada já ocorreram alterações testiculares e hepáticas relevantes. No testículo foi visto vacuolização do epitélio seminífero, diminuição do índice mitótico e rendimento geral da espermatogênese, bem como diminuição do volume das células de Leydig e peso das glândulas testosterona dependentes, glândula vesicular e próstata. Nas maiores doses encontramos aumento das patologias e alterações morfométricas, como células aberrantes multinucleadas, necrose total do epitélio seminífero e aumento do tecido conjuntivo intersticial. No fígado ocorreu diminuição no acúmulo de glicogênio pelos hepatócitos e aumento no percentual de capilares sinusóides, vasos sanguíneos, hepatócitos binucleados e macrófagos (células de Kupffer) nos animais expostos ao cádmio. O percentual de núcleo aumentou e o percentual de citoplasma diminuiu. Houve também aumento no índice hepatossomático e de edema no fígado dos animais expostos ao Cd. Áreas de necrose foram encontradas nos animais expostos às maiores doses. Em ambos os órgãos houve aumento da atividade CAT e SOD mesmo quando não houve diferença na detecção do metal no tecido. Conclui-se que, já em pequenas doses, o cádmio pode provocar efeitos adversos no fígado e testículo, comprovado pelo aumento de danos morfológicos e na atividade funcional desses órgãos; e que os efeitos crônicos do cádmio ocorrem através da indução do estresse xidativo, comprovado pelo aumento das enzimas antioxidantes endógenas CAT e SOD.
Several studies have shown that cadmium induces adverse effects on the reproductive system and liver, but studies of changes caused by low doses are rarely described.This study investigated the oxidative damage and chronic histology in testis and liver of rats exposed to low concentrations of cadmium. Five experimental groups were set up, and a control and the other receiving the doses of 0.67, 0.74, 0.86 and 1.1 mg of Cd/Kg PC/IP, respectively. The animals were euthanized 56 days after exposure, being analyzed in the body biometrics, as well as analyzes of liver and reproductive organs, cadmium and quantification of tissue water, activity of oxidative stress markers superoxide dismutase (SOD) and catalase (CAT), besides stereology and testicular and liver histopathology. At the lowest dose tested as testicular and liver changes relevant. In the testis was seen vacuolation of the seminiferous epithelium, decreased mitotic index and overall yield of spermatogenesis, and decreased volume of Leydig cells and testosterone dependent glands weight, vesicular gland and prostate. In larger doses found increased pathologies and morphological changes such as aberrant multinucleated cells, total necrosis of the seminiferous epithelium and increased interstitial connective tissue. In the liver there was a decrease in glycogen accumulation by hepatocytes and increased percentage of sinusoidal capillaries, blood vessels, binucleated hepatocytes and macrophages (Kupffer cells) in animals exposed to cadmium. The percentage of core increased and the percentage of cytoplasm decreased. There was an increase in hepatosomatic index and swellings in the liver of animals exposed to Cd. Areas of necrosis were found in animals exposed to higher doses. In both organs increased CAT and SOD activity even when there was no difference in the detection of metal in the tissue. We conclude that, even in small doses, cadmium can cause adverse effects in the liver and testis, due to increased morphological damage and functional activity of these organs, and that the chronic effects of cadmium occur through induction of oxidative stress as evidenced the increase in endogenous antioxidant enzymes SOD and CAT.
Palavras-chave: Metal pesado
Toxicologia
Testículo
Danos hepáticos
Morfometria
Heavy Metal
Toxicology
Testis
Liver injury
Morphometry
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biologia e Manejo animal
Programa: Mestrado em Biologia Animal
Citação: CUPERTINO, Marli do Carmo. Oxidative and histological chronic damage caused by cadmium in the liver and in spermatogenesis of rat. 2012. 81 f. Dissertação (Mestrado em Biologia e Manejo animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2255
Data do documento: 14-Fev-2012
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,65 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.