Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2259
Tipo: Dissertação
Título: Os efeitos da fragmentação da Mata Atlântica sobre a riqueza e abundância de Accipitriformes e Falconiformes na Zona da Mata de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Effects of the Atlantic Forest fragmentation on the species richness and abundance of Accipitriformes and Falconiformes in the Zona da Mata region, Minas Gerais
Autor(es): Zorzin, Giancarlo
Primeiro Orientador: Ribon, Rômulo
Primeiro coorientador: Feio, Renato Neves
Segundo coorientador: Giudice, Gisele Mendes Lessa Del
Primeiro avaliador: Gleriani, José Marinaldo
Segundo avaliador: Santos, Jorge Abdala Dergam dos
Abstract: Esta dissertação avaliou a composição da assembleia de Accipitriformes e Falconiformes da região de Viçosa, investigando a influência da paisagem na riqueza e na abundância destas espécies. Os censos foram realizados entre os anos de 2009 e 2010, quando foram empregados os seguintes métodos: i) pontos de observação realizados de 07 ás 12 h; ii) atrativo acústico (playbacks); iii) transectos de varredura. Para cada espécie foi calculado o índice pontual de abundância (IPA) e a freqüência de ocorrência (FO). Foi avaliado o efeito das variáveis de 35 fragmentos florestais (área, isolamento, tipos de vegetação e relevo) sobre a ocorrência destas espécies. A influência da paisagem do entorno foi avaliada com a cotação de raios a partir do centróide de cada fragmento amostrado (500, 1000, 1500 e 2000m), considerando as seguintes métricas: porcentagem de cobertura florestal (PLAND), distância média dos fragmentos (ENNMN), densidade de fragmentos (PD), quantidade de área nuclear (CORE) e tamanho médio dos fragmentos (AREAMN). Para avaliar as correlações entre as variáveis foram realizadas Análises de Trilha (path analyses). Foram registrados 17 Accipitriformes e 08 Falconiformes, quando as espécies generalistas e campestres foram as mais freqüentes e abundantes, enquanto a maioria das espécies florestais apresentou baixa abundância. Os resultados das análises de trilha demonstraram que a nível local, a área dos fragmentos foi a principal explicativa das variações nas medidas de riqueza encontradas nos fragmentos, exercendo efeito direto sobre a abundância das espécies florestais. A porcentagem de cobertura florestal e a quantidade de área nuclear foram as métricas com maior influencia sobre as variáveis principais. Tanto a riqueza como a abundância dos táxons florestais demonstraram depender primariamente da área dos fragmentos, assim como da quantidade de habitat favorável no cenário do entorno (PLAND, CORE e AREAMN), com as métricas de isolamentos e disposição (ENNMN e PD) assumindo importância marginal. Assim, os efeitos da fragmentação sobre os táxons contemplados devem ser avaliados em escalas distintas, e dentro das atuais políticas públicas direcionadas à conservação destas espécies, a composição da paisagem deve ser priorizada, garantindo a manutenção dos aspectos paisagísticos mais relevantes para a conservação regional das espécies mais seletivas.
This dissertation investigated the diurnal raptor assembly in Atlantic forest fragments in the Viçosa region, Minas Gerais, Brazil, by studying the species composition and abundance in forest fragments and how these parameters are influenced by the landscape. Data were collected in 2009 and 2010, in 35 forest fragments, using three census methods: i) 5 h point counts from outside forest fragments (7:00 am - 12:00 pm); ii) playbacks inside forest fragments and; iii) transects in existent trails inside forest fragments. The punctual abundance índex (IPA) and the frequency of occurrence (FO) for each species was calculated. Landscape influence on both species richness and abundance was analyzed considering both patch (area, isolation, vegetation types, and topography types) and landscape variables. Landscape variables were measured from the centroids in each fragment for 500m, 1000m, 1500m, and 2000m radius, considering percentage of forest cover (PLAND), average distance between fragments (ENNMN), fragment density (PD), amount of core area (CORE) and average size of fragments (AREAMN). Correlations among variables were tested with path analysis. Seventeen Accipitriformes and eight Falconiformes were recorded. Generalist and open area species were the most frequent and abundant while most forest species presented low abundance. Five species have become extinctin the region in accordance with previous surveys. Path analysis indicated that at the local level, fragment area was the main variable explaining the raptor species richness in forest fragments, exertinga direct effecton the abundance of forest species. PLAND and CORE were the most important variables explaining bird abundance and richness. Both richness and abundance of forest raptors were strongly influenced by fragment area, as well as the amount off avorable habitat in the surrounding landscape, with the metrics available for isolation and assuming marginal importance. Both species richness and abundance of forest species were primarily dependent on the area of forest fragments, as well as the amount of favorable habitat in the landscape. We conclude that the effects of forest fragmentation on the taxa studied must be analyzed under different spatial scales. Additionally, current public policies for the conservation of these species should prioritize a landscape approach in order to conserve more sensitive forest species.
Palavras-chave: Mata Atlântica
Fragmentação
Accipitriformes
Falconiformes
Atlantic Forest
Fragmentation
Accipitriformes
Falconiformes
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA::CONSERVACAO DAS ESPECIES ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biologia e Manejo animal
Programa: Mestrado em Biologia Animal
Citação: ZORZIN, Giancarlo. Effects of the Atlantic Forest fragmentation on the species richness and abundance of Accipitriformes and Falconiformes in the Zona da Mata region, Minas Gerais. 2011. 116 f. Dissertação (Mestrado em Biologia e Manejo animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2259
Data do documento: 15-Set-2011
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.