Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2261
Tipo: Dissertação
Título: Identidade taxonômica e variação geográfica de Oligoryzomys BANGS, 1900 (Rodentia, Cricetidae) do sul de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Taxonomic identity and geographic variation of Oligoryzomys BANGS, 1900 (Rodentia, Cricetidae) in southern Minas Gerais
Autor(es): Stumpp, Rodolfo German Antonelli Vidal
Primeiro Orientador: Giudice, Gisele Mendes Lessa Del
Primeiro coorientador: Santos, Jorge Abdala Dergam dos
Segundo coorientador: Ribon, Rômulo
Primeiro avaliador: Gonçalves, Pablo Rodrigues
Segundo avaliador: Romano, Pedro Seyferth Ribeiro
Abstract: Os roedores do gênero Oligoryzomys são animais com ampla distribuição no Brasil, ocorrendo em praticamente todos os estados. Nove espécies são reconhecidas para o país, no entanto, a separação entre elas é bastante difícil, devido a grande similaridade morfológica entre elas. Além disso, muitas espécies são simpátricas em algumas áreas, dificultando ainda mais a sua separação. Uma dessas áreas é a Zona da Mata de Minas Gerais, inserida no domínio da Mata Atlântica, onde duas espécies do gênero são encontradas, O. flavescens e O. nigripes. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi caracterizar morfologicamente populações simpátricas dessas espécies, comparando-as espacialmente e temporalmente. Foram tomadas 30 medidas cranianas para a elaboração das análises morfométricas. As estatísticas descritiva e multivariada foram realizadas para a visualização dos padrões morfométricos. As duas espécies, em especial O. nigripes, apresentaram grandes variações intra e interpopulacionais, tanto quantitativas, como qualitativas, não apenas para o crânio, mas também para a cor dos pêlos. Muitas dessas variações tiveram influência etária. Diferenças cranianas entre O. flavescens e O. nigripes foram mínimas, com o crânio da segunda espécie pouco maior em algumas medidas. Variações espaciais existiram, mas aparentemente não foram influenciadas pela altitude ou distância entre as populações. Variações temporais também existiram, sendo os espécimes coletados há 40 anos maiores que os coletados há menos de 10 anos. Esses resultados mostraram a dificuldade que existe na caracterização dessas espécies indicando que deve haver mais estudos utilizando várias ferramentas taxonômicas, a fim de delimitar e conhecer melhor as espécies do gênero.
Rodents of the genus Oligoryzomys are widely distributed in Brazil, occurring in virtually all states. Nine species are recognized for the country; however, the distance between them is quite difficult due to great morphological similarity between them. In addition, many species are sympatric in some areas, further hindering their separation. One of this area is Zona da Mata of Minas Gerais, inserted in the Atlantic Forest domain. Two species of the genus are found in this area, O. flavescens and O. nigripes. Thus, the objective was to characterize morphologically sympatric populations of these species, comparing them spatially and temporally. Thirty measurements of the cranium were taken for the morphometric analysis. Descriptive and multivariate statistics analysis were performed to visualize the morphometric patterns. These two species, primarily O. nigripes, show great intrainterpopulation variation, both quantitative and qualitative, not just in the cranium, but also in the hair color. Many of these variations were age effects. Cranial differences among O. flavescens and O. nigripes were minimal, but in some aspects the second specie was bigger. Spatial variations existed, but apparently were not affected by altitude or distance between populations. Time variations also existed, and the specimens collected 40 years ago are bigger than those collected less than 10 years ago. These results demonstrate the difficulty that exists in the characterization of these species indicating that there should be more studies taxonomic using various tools in order to define and better understand the species of this genus.
Palavras-chave: Roedores
Análise morfométrica
Variação geográfica
Taxonomia
Rodents
Craniometry
Morphology
Taxonomy
Evolution
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biologia e Manejo animal
Programa: Mestrado em Biologia Animal
Citação: STUMPP, Rodolfo German Antonelli Vidal. Taxonomic identity and geographic variation of Oligoryzomys BANGS, 1900 (Rodentia, Cricetidae) in southern Minas Gerais. 2011. 142 f. Dissertação (Mestrado em Biologia e Manejo animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2261
Data do documento: 30-Mai-2011
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.