Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2276
Tipo: Dissertação
Título: Comportamento locomotor de uma população de muriquis-do-norte (Brachyteles hypoxanthus)
Título(s) alternativo(s): Locomotor behavior in a population of northern muriquis (Brachyteles hypoxanthus)
Autor(es): Ferraz, Daniel da Silva
Primeiro Orientador: Silva, Ita de Oliveira e
Primeiro coorientador: Strier, Karen Barbara
Segundo coorientador: Souza, Vanner Boere
Primeiro avaliador: Young, Robert John
Abstract: O muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus) é o maior primata neotropical e endêmico da Mata Atlântica. Classificado como semibraquiador, possui adaptações morfológicas à locomoção suspensória como a cauda preênsil, braços longos e mãos em forma de ganchos. Pouco se sabe sobre o comportamento locomotor do gênero Brachyteles, com isso, pretendemos apresentar as principais formas de locomoção utilizadas pelos muriquis, além de analisar possíveis diferenças intraespecíficas de acordo com as classes sexo-etárias, e avaliar se características do ambiente influenciam na locomoção dos muriquis. Registramos dados comportamentais de três grupos de muriquis-do-norte entre agosto de 2007 e julho de 2008 na RPPN Feliciano Miguel Abdala, Minas Gerais, Brasil. Com base em 2.130 amostras focais, onde foram registrados 3.338 eventos de locomoção observamos que os modos locomotores mais frequentes foram ponte, escalada e locomoção suspensória. O comportamento locomotor foi semelhante entre os grupos e entre machos e fêmeas. Observamos diferenças significativas (p<0.05) na locomoção em relação à idade dos muriquis, entre fêmeas com e sem filhotes e entre atividades (alimentação e deslocamento). A utilização da cauda tem papel importante na locomoção dos muriquis, principalmente na execução de pontes e locomoção suspensória, permitindo que estes utilizem, com maior segurança, galhos mais finos e acessem uma quantidade maior de recursos. A atividade locomotora foi mais frequentes em áreas de encosta; floresta alta com abundância de cipós; árvores cone estreito invertido; zona terminal, múltiplos suportes e suportes menores que 10 cm. Todas estas características do ambiente apresentam grande influência no comportamento locomotor dos muriquis. Nossos resultados sugerem que o repertório locomotor exibido por B. hypoxanthus se assemelha em alguns aspectos a outros atelídeos, como Ateles (mais suspensórios) e Lagothrix (mais quadrúpedes). A grande habilidade em utilizar alguns modos locomotores, como ponte, balanço e saltos, associada ao tamanho corporal, mostram uma grande capacidade dos muriquis de se locomoverem em florestas alteradas.
The northern muriqui (Brachyteles hypoxanthus) is the largest endemic neotropical primate from Atlantic Forest. Classified as semi-brachiator, has morphological adaptations to suspensory locomotion as prehensile tail, long arms and hands as hooks. Little is known about the locomotor behavior of the genus Brachyteles, thus our objective is present the main forms of locomotion used by northern muriquis, analyze possible intraspecific differences according to sex-age classes, and evaluate whether characteristics of the environment have influence on locomotion of northern muriquis. We recorded behavioral data from three groups of muriquis between August 2007 and July 2008 in the RPPN Feliciano Miguel Abdala, Minas Gerais, Brazil. Based on 2.130 focal samples, which were recorded 3.338 events of locomotion, we observed that the locomotor modes most frequent were bridge, climbing and suspensory locomotion. The locomotor behavior was similar between groups and between males and females. Significant differences (p <0.05) between age classes, females with or without offspring and activities (feeding and locomotion) were observed. The tail plays an important role in locomotion of the northern muriqui, especially in bridges and suspensory locomotion, allowing them to use thinner branches with greater security and access a larger amount of resource. The locomotor activity was more frequent in hillside areas, high forest with abundant lianas, narrow inverted cone trees, terminal zone, and multiple supports smaller than 10 cm. All these features of the environment have great influence on the locomotor behavior of muriquis. Our results suggest that the locomotor repertoire displayed by B. hypoxanthus is similar in some respects to others atelids as Ateles (more suspension) and Lagothrix (more quadrupedal). The ability to use of some locomotor modes such as bridge, sway and leap, associated with body size, shows the great proficiency of muriquis to move in disturbed forests.
Palavras-chave: Locomoção
Muriqui
Brachyteles
Mata Atlântica
Locomotion
Muriqui
Brachyteles
Atlantic
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Biologia e Manejo animal
Programa: Mestrado em Biologia Animal
Citação: FERRAZ, Daniel da Silva. Locomotor behavior in a population of northern muriquis (Brachyteles hypoxanthus). 2013. 74 f. Dissertação (Mestrado em Biologia e Manejo animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2276
Data do documento: 12-Mar-2013
Aparece nas coleções:Biologia Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf835,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.