Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/227
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorSantos, Igor José Boggione
dc.date.accessioned2015-03-26T12:06:04Z-
dc.date.available2014-07-31
dc.date.available2015-03-26T12:06:04Z-
dc.date.issued2013-12-17
dc.identifier.citationSANTOS, Igor José Boggione. Thermodynamic parameters of the interaction of humic acid with multi wall carbon nanotube, clays, oxides and bovine serum albumin. 2013. 163 f. Tese (Doutorado em Agroquímica analítica; Agroquímica inorgânica e Físico-química; Agroquímica orgânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/227-
dc.description.abstractMudanças climáticas globais causadas pelo aumento da concentração de CO2 atmosférico tem estimulado uma melhor compreensão do ciclo global do C. Os solos representam um dos maiores compartimentos de carbono na Terra, contendo mais C que na biomassa vegetal e na atmosfera. Portanto, compreender a interação de uma das substâncias majoritárias da matéria orgânica do solo, o ácido húmico (HA), com diferentes superfícies e substâncias é extremamente importante, especialmente para países como o Brasil, onde a maioria das emissões de gases causadores do efeito estufa são provenientes de mudanças de uso do solo e atividades agropecuárias. O objetivo geral deste trabalho foi estudar os parâmetros termodinâmicos de interação entre HA e o nanotubo de carbono de paraedes múltiplas (do inglês MWCNT), argilas, óxidos e proteína albumina do soro bovino (BSA), visando contribuir para uma melhor compreensão dos fatores que levam à estabilização do carbono no solo. Para isso foram investigados a interação HA-MWCNT em diferentes pHs e em diferentes forças iônicas por meio da isoterma de adsorção e da técnica de calorimetria de titulação isotérmica, ITC, (Capítulo 1), a influência da Série de Hofmeister na interação HA-MWCNT via isotermas de adsorção e ITC (Capítulo 2), a interação entre HA e argilominerais em diferentes forças iônica via isotermas de adsorção e ITC (Capítulo 3) e a interação BSA-HA em diferentes pHs e forças iônicas via espectroscopia de fluorescência e ITC (Capítulo 4). A análise termodinâmica em todos os capítulos demonstrou que o processo de interação do HA com diferentes superfícies e substâncias é espontâneo (&#916;adsG° < 0). Do primeiro estudo (Capítulo 1) resultaram que o HA adsorve em MWCNT, principalmente, em pH mais ácido e que a força iônica, o tipo xv de sal e a origem do HA influenciam no processo de adsorção. O modelo que mais se ajustou às isotermas foi o de Langmuir. A análise termodinâmica demonstrou que a adsorção é entalpicamente favorável para todos os sistemas estudados. O segundo estudo (Capítulo 2) apresenta altos valores de &#915;, o que demonstra um grande potencial do MWCNT em adsorver HA. Além disso, verifica-se que a adsorção depende da natureza dos sais da Série de Hofmeister e que a adsorção não segue esta série. A análise termodinâmica mostra que o processo é entalpicamente favorável para a série aniônica de Hofmeister. O terceiro capítulo mostrou que o mecanismo de adsorção de HA em argilominerias depende da natureza da superfície, da concentração do polieletrólito e do pH. O modelo que melhor se ajustou aos sistemas estudados foi o de Langmuir, com exceção da montmorinolita em pH 4,0 e 6,0. O processo de adsorção será entálpica e/ou entropicamente favorável dependendo do sistema. No capítulo 4, os espectros de emissão demonstraram que há uma intensa interação BSA-HA. Houve um efeito da força iônica do sal KCl na interação BSA-HA nos sistemas estudados. A entropia foi positiva para os sistemas em tampão 3,6 e 4,8 na presença de 50 mM de KCl, sendo que no primeiro a variação entálpica foi desfavorável. Nos demais sistemas estudados, não houve uma contribuição entrópica favorável ao processo de interação BSA-HA, sendo, portanto, o processo dirigido pela entalpia.pt_BR
dc.description.abstractClimate changes caused by increased atmospheric concentration of CO2 have stimulated a better understanding of the global carbon cycle. Soils represent one of the largest compartments of C on Earth, with higher C content than plant biomass and atmosphere. Therefore , understanding the interaction of one of the major compounds in soil organic matter , humic acid (HA) with different surfaces and substances is extremely important, especially for countries like Brazil , once the majority of its greenhouse gases emissions come from agriculture. The aim of this work was to study the thermodynamic parameters of interaction between HA and multi wall carbon nanotube (MWCNT), clays, oxides and bovine serum albumin (BSA), to contribute to a better understanding of the factors that lead to stabilization of carbon in the soil , even with agricultural activities. For this, we investigated MWCNT-HA interaction at different pHs and ionic strength through adsorption isotherm and the technique of isothermal titration calorimetry, ITC (Chapter 1); the influence of the Hofmeister series in interaction HA- MWCNT via adsorption isotherm and ITC (Chapter 2); the interaction between HA and clay minerals at different ionic strengths via adsorption isotherms and ITC (Chapter 3) and HA-BSA interaction at different pHs and ionic strengths via fluorescence spectroscopy and ITC (Chapter 4). The thermodynamic analysis in all chapters demonstrated that the interaction of HA with different surfaces and substances is spontaneous (&#916;adsG ° < 0). On the first study (Chapter 1) we provided that MWCNT HA adsorbed mainly in the more acidic pH. Ionic strength, salt type and origin of HA influence on the adsorption process. The model that best fitted was Langmuir isotherm. Thermodynamic analysis showed that the adsorption enthalpy is favorable for all systems studied. The second study (Chapter 2) shows high xvii values of &#915;, which shows great potential of MWCNT in to adsorb HA. Moreover, it appears that the adsorption depends on the nature of the salts of the Hofmeister series and that the adsorption does not follow this series. Thermodynamic analysis shows that the process is enthalpically favorable for anionic Hofmeister series. The third chapter shows that the adsorption mechanism of HA on clay minerals depends on the nature of surface, of polyelectrolyte concentration and pH. The model that best fitted the systems studied was the Langmuir, except for montmorinollite at pH 4.0 and 6.0. The adsorption process is enthalpy and / or entropically favorable depending on the system. In chapter 4, the emission spectra showed that there is an intense BSA-HA interaction. There was an effect of ionic strength of the salt KCl in BSA-HA interaction. Entropy was positive for buffer systems 3.6 and 4.8 in the presence of 50 mM KCl, while in the first to enthalpy variation was unfavorable. The other systems, there was not a favorable entropic contribution for BSA-HA interaction, therefore, the process being driven by enthalpy.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectÁcido húmicopor
dc.subjectInteraçãopor
dc.subjectTermodinâmicapor
dc.subjectHumic acideng
dc.subjectInteractioneng
dc.subjectThermodynamicseng
dc.titleParâmetros termodinâmicos da interação de ácido húmico com nanotubo de carbono de paredes múltiplas, argilas, óxidos e albumina soro bovinapor
dc.title.alternativeThermodynamic parameters of the interaction of humic acid with multi wall carbon nanotube, clays, oxides and bovine serum albumineng
dc.typeTesepor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9821155579435444por
dc.contributor.advisor-co1Silva, Maria do Carmo Hespanhol da
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784991E3por
dc.contributor.advisor-co2Tronto, Jairo
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4767158Z9por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgroquímica analítica; Agroquímica inorgânica e Físico-química; Agroquímica orgânicapor
dc.publisher.programDoutorado em Agroquímicapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::FISICO-QUIMICApor
dc.contributor.advisor1Silva, Luis Henrique Mendes da
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728684Y0por
dc.contributor.referee1Schnitzler, Mariane Cristina
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3756615376873146por
dc.contributor.referee2Ferreira, Sukarno Olavo
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786429E5por
Aparece nas coleções:Agroquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.