Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2302
Tipo: Dissertação
Título: Histomorfometria e expressão de proteínas de choque térmico (HSP-70) em músculos estriados de ratos sedentários, treinados e submetidos ou não ao exercício exaustivo
Título(s) alternativo(s): Histomorphometry and expression of Heat Shock Proteins (HSP-70) in striated muscles of sedentary rats, trained and submitted or not to exhaustive exercise
Autor(es): Silva, Edson da
Primeiro Orientador: Maldonado, Izabel Regina dos Santos Costa
Primeiro coorientador: Natali, Antônio José
Segundo coorientador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Primeiro avaliador: Neves, Clóvis Andrade
Segundo avaliador: Santos, Conceição Aparecida dos
Abstract: Sabe-se que a natação promove adaptações benéficas aos sistemas cardiovascular e músculo-esquelético. Porém, o exercício físico exaustivo. porém irregular pode induzir lesões musculares. As células sobre várias condições de estresse, sintetizam quantidades significativas de proteínas de choque térmico ou HSP (Heat Shock Proteins ). Algumas HSP atuam como chaperonas, enquanto outras têm funções citoprotetoras e anti-apoptóticas. Um dos possíveis efeitos do treinamento físico é o aumento na expressão de HSP 70, a qual pode inibir a apoptose. Neste trabalho foram avaliados os efeitos da natação e do exercício exaustivo sobre a expressão de HSP 70 e a estrutura histológica do miocárdio e dos músculos sóleo (SO) e reto femoral (RF) de ratos Wistar treinados e sedentários. Utilizou-se vinte e nove ratos Wistar, adultos, com peso médio inicial de 376g. Os animais foram divididos em quatro grupos: CS: controle sedentário sem tratamento (n=8); SE: sedentário seguido de teste de exaustão (n=7); TN: 17 semanas de natação (n=7); TNE: 17 semanas de natação seguido de teste de exaustão (n=7). Os animais dos grupos TN e TNE nadaram 90 minutos/dia, cinco vezes/semana, durante 17 semanas. Quarenta e oito horas após a última sessão de treino, os animais dos grupos CS e TN foram eutanasiados, enquanto os animais dos grupos SE e TNE foram submetidos a um teste de exaustão, e sacrificados 48 horas após a exaustão. Os resultados indicam que o treinamento em natação promoveu adaptações celulares com ocorrência de microlesões nas fibras musculares, aumento da vascularização e diminuição dos níveis de lactato sanguíneo em relação aos animais sedentários. Essas alterações foram mais intensas após a exaustão, sugerindo que o exercício exaustivo pode se constituir num agente agressor. No entanto, não foram identificadas alterações significativas no que se refere à ocorrência de apoptose, hipertrofia e aumento na expressão de HSP-70.
It is known that swimming is a type of exercise that promotes beneficial adaptations to the cardiovascular and skeletal muscle systems and that exhaustive and irregular physical exercise can induce muscular injuries. The cells, under some conditions of stress, synthesize significant amounts of Heat Shock Proteins or HSPs. Some HSPs act as chaperones, while others have cytoprotective and anti-apoptotic functions. One of the possible effects of the physical training is the increase in the expression of HSP 70, which can inhibit apoptosis. In this work the effect of swimming and the exhaustive exercise on the expression of HSP 70 and the histologycal structure of the myocardium, soleus (SO) and rectus femoris (RF) muscles of trained and sedentary Wistar rats have been evaluated. Twenty-nine Wistar rats, all adults, were used with initial average weight of 376g. The animals had been separated in four groups: CS: sedentary control without treatment (n=8); SE: sedentary followed by exhaustive test (n=7); TN: 17 weeks of swimming (n=7); TNE: 17 weeks of swimming followed by exhaustive test (n=7). The animals of 5 groups TN and TNE had swum 90 min/day, five days/week, for 17 weeks. The results indicate that swimming training promoted cellular adaptations with occurrence of microinjuries in muscular fibres, increase of the vascularization and reduction of the blood lactate levels in relation to the sedentary animals. These alterations were more intense after the exhaustion, suggesting that the exhaustive exercise can represent an aggressive agent. However, significant alterations relating to the occurrence of apoptosis, hypertrophy and increase in the HSP-70 expression were not been identified.
Palavras-chave: Apoptose
HSP-70
Cardiomiócitos
Miócitos
Natação
Apoptosis
HSP-70
Cardiac myocites
Swimming
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Mestrado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: SILVA, Edson da. Histomorphometry and expression of Heat Shock Proteins (HSP-70) in striated muscles of sedentary rats, trained and submitted or not to exhaustive exercise. 2007. 88 f. Dissertação (Mestrado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2302
Data do documento: 22-Jun-2007
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,26 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.