Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/23124
Tipo: Artigo
Título: Consumer attitude regarding products containing probiotics
Autor(es): Carvalho, Naiara Barbosa
Costa, Thiago de Melo Teixeira da
Ferreira, Marco Aurélio Marques
Simiqueli, Andréa Alves
Minim, Valéria Paula Rodrigues
Abstract: This study sought to determine the attitude of consumers in the city of Viçosa-MG, Brazil in relation to products containing probiotics using a validated questionnaire. A total of 352 individuals responded to questionnaires which, in addition to the items of attitude, also assessed the health of consumers and acceptance and frequency of consumption of these products. Internal validation utilized the Cronbach coefficient to measure the reliability of the attitude scale. To analyze the profile of these consumers, descriptive statistics was utilized. The results indicated a low consumption of products containing probiotics by respondents. A reliable attitude scale was obtained (alpha = 0.70). In general, the attitude of respondents was positive however it was verified that there is a need to develop more explanatory labels, clearly stating the information allowed by Brazilian legislation, as well as strengthen campaigns to promote the benefits of consuming probiotic to the consumer.
Neste trabalho, buscou-se verificar a atitude de consumidores da cidade de Viçosa-MG em relação a produtos contendo probióticos, por meio de um questionário validado para tal fim. Um total de 352 indivíduos respondeu aos questionários que, além dos itens de atitude, também avaliou questões de saúde dos consumidores, aceitação e frequência de consumo desses produtos. A validação interna valeu-se do coeficiente de Cronbach para medir a confiabilidade da escala de atitude. Para analisar o perfil desses consumidores, foi utilizada a estatística descritiva. Os resultados indicaram baixo consumo de produtos contendo probióticos pelos entrevistados. Foi obtida uma escala de atitude confiável (alfa = 0,70). De uma forma geral, a atitude dos entrevistados foi positiva, porém, verificou-se a necessidade de se desenvolver rótulos mais explicativos, expondo de forma clara as informações permitidas pela legislação brasileira, assim como reforçar as campanhas publicitárias que divulguem os benefícios do consumo de probióticos ao consumidor.
Palavras-chave: Probiotics
Consumer
Questionnaire
Attitude
Health benefits
Probióticos
Consumidor
Questionário
Atitude
Benefícios à saúde
Editor: Ciência Rural
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20131178
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/23124
Data do documento: Jul-2014
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdfTexto completo4,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.