Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2331
Tipo: Dissertação
Título: Óxido nítrico e tolerância ao arsênio em aguapé
Título(s) alternativo(s): Nitric oxide and tolerance to arsenic in water hyacinth
Autor(es): Andrade, Heloísa Monteiro de
Primeiro Orientador: Oliveira, Juraci Alves de
Primeiro coorientador: Lino Neto, José
Primeiro avaliador: Araújo, João Marcos de
Segundo avaliador: Silva, Luzimar Campos da
Abstract: Plantas de aguapé (Eichhornia crassipes (Mart.) Solms) foram submetidas a níveis tóxicos de arsênio (As) com o objetivo de induzir o estresse oxidativo e avaliar o papel do óxido nítrico (NO), fornecido via nitroprussiato de sódio (SNP), como agente atenuante desse estresse. As plantas foram tratadas com 20 μM de As, com ou sem SNP, na concentração de 100 μM, adicionados à solução nutritiva, durante 24 horas. A concentração de peróxido de hidrogênio (H2O2), ânion superóxido (O2 .-) e malonaldeído (MDA) foram determinadas, além da atividade das enzimas dismutase do superóxido (SOD), catalase (CAT), peroxidase (POX) e a concentração interna de As. A integridade de membrana da raiz foi inferida através de coloração utilizando-se solução de Azul de Evans. A presença do SNP em conjunto com o As resultou em maiores concentrações desse metaloide nas raízes e maior translocação para as folhas. Apesar disso, a concentração de H2O2, O2 .- e MDA foi menor em comparação com as plantas tratadas apenas com As, assim como a atividade das enzimas SOD e POX. Porém, a CAT apresentou maior atividade nas etapas iniciais de tratamento. O papel protetor do NO diminuiu os danos oxidativos induzidos por As, o que também ficou evidente a partir da coloração para a detecção da integridade da membrana plasmática. Assim, verificou-se que o NO, fornecido pelo SNP, ameniza a toxidez em raízes de aguapé induzida pelo As.
Water hyacinth (Eichhornia crassipes (Mart.) Solms) were subjected to toxic levels of arsenic (As) in order to induce oxidative stress and assess the role of nitric oxide (NO), provided by the sodium nitroprusside (SNP), as agent for mitigating this stress. The plants were treated with As 20 μM, with or without SNP at a concentration of 100 μM, added to the nutrient solution for 24 hours. The concentration of hydrogen peroxide (H2O2), superoxide anion (O2 .-) and malonaldehyde (MDA) were determined, as well as the activity of the enzymes superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT), peroxidase (POX) and the internal concentration of As. The membrane integrity of the root was inferred by staining using Evans Blue solution. The presence of SNP with As, resulted in higher concentrations of this metalloid on the roots and increased translocation to the leaves. Nevertheless, the concentration of H2O2, O2.- and the MDA was lower in comparison with plants treated only with As, as well as the activity of SOD and POX. However, CAT was most active in the early stages of treatment. The protective role of NO decreased the oxidative damage induced by As, which was also evident from the staining for detection of plasma membrane integrity. Thus, the NO, provided by the SNP, alleviates toxicity induced in roots of water hyacinth by As.
Palavras-chave: Óxido nítrico
Macrófita aquática
Nitric oxide
Aquatic macrophyte
Toxicity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Mestrado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: ANDRADE, Heloísa Monteiro de. Nitric oxide and tolerance to arsenic in water hyacinth. 2011. 39 f. Dissertação (Mestrado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2331
Data do documento: 16-Fev-2011
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf728,65 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.