Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2339
Tipo: Dissertação
Título: Prevalência de adenovírus como agente causador de conjuntivite em clínica médica oftalmológica especializada nos anos de 2009 e 2010
Título(s) alternativo(s): Prevalence of adenovirus as etiological agent of conjunctivitis in a specialized ophthalmological clinic in the years of 2009 and 2010
Autor(es): Rosado Filho, Euldes Nei
Primeiro Orientador: Oliveira, Leandro Licursi de
Primeiro coorientador: Paula, Sérgio Oliveira de
Segundo coorientador: Neves, Clóvis Andrade
Primeiro avaliador: Silva, Eduardo de Almeida Marques da
Segundo avaliador: Silva, Cynthia Canedo da
Abstract: O Adenovírus (AdV) é um dos agentes etiológicos mais frequente da conjuntivite; está associado a surtos e epidemias de conjuntivite com rápida disseminação, podendo também causar infecções em vias áreas superiores (IVAS), cistite, gastroenterite e quadros de infecção mais grave como pneumonia e miocardite. As conjuntivites virais manifestam-se como vermelhidão nos olhos, lacrimejamento, secreção ocular aquosa, fotofobia, desconforto ocular e com frequência também com baixa visual decorrente de ceratite. Neste trabalho, procurou-se aferir a prevalência do Adenovírus como agente causador de conjuntivite em uma clínica oftalmológica localizada na cidade de Viçosa, Minas Gerais, no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2010. Caracterizaram-se sorotipos presentes em 11 amostras positivas, selecionadas aleatoriamente por meio de sequenciamento e genotipagem. Com objetivo de definir a frequência do Adenovírus como agente etiológico de conjuntivite foram coletadas amostras da secreção conjuntival de 91 pacientes. Após extração de DNA, as amostras foram submetidas à reação de PCR com primer específico para Adenovírus. Nas amostras em que havia o Adenovírus, houve amplificação de uma banda de 301 pb, correspondente a uma parte do gene da proteína estrutural II , do capsídeo Hexon, comum a vários Adenovírus. Com base nos achados de evolução e no exame oftalmológico com biomicroscopia de lâmpada de fenda seriada, houve suspeita de prevalência clínica de Adenovírus de 43,68%. A análise dos resultados do exame de PCR revelou prevalência de 36,3% de Adenovírus. Onze amostras PCR+ foram sequenciadas, revelando a presença dos sorotipos 8, 4, 7, 3, 34 e um do grupo D não tipado. A presença dos sorotipos 8, 4, 3 e 34 não foi surpreendente; entretanto, a do sorotipo 7 (grupo B) foi inesperada, pois há relatos associados a casos de infecção com evolução desfavorável e fatal, causada por variantes desse tipo, em decorrência de pneumonia e miocardite. A presença do Adenovírus na secreção conjuntival indentificada por PCR permite o diagnóstico preciso, podendo-se evitar uma antibioticoterapia desnecessária e cara, permitir medidas restritivas de contato e disseminação e alertar sobre a presença de sorotipos mais agressivos causadores de ceratoconjuntivite epidêmica, dentre outros agentes causadores de pneumonia, miocardite e gastroenterite.
The adenovirus (AdV) is one of the most common etiological agents of conjunctivitis, being associated with outbreaks and epidemics of fast widespread conjunctivitis and might also cause upper respiratory tract infections, cystitis, gastroenteritis and scenarios of more serious infections such as pneumonia and myocarditis. The viral conjunctivitis shows up as redness in the eyes, tearing, watery eye, photophobia, ocular discomfort and often also as visual impairment due to keratitis/keratopathy. In this study, it had been sought to assess the prevalence of the adenovirus as the etiological agent of conjunctivitis in an ophthalmological clinic in the city of Viçosa, Minas Gerais, Brazil, from January 2009 to December 2010. Serotypes present in 11 positive randomly selected samples have been characterized by sequencing and genotyping. In order to define the frequency of adenovirus as the etiological agent of conjunctivitis, samples were collected from the conjunctival secretion of 91patients. After DNA extraction, samples were subjected to PCR with primers specific for Adenovirus. Samples that had the adenovirus, there has been an amplification of a band of 301 bp, corresponding to a part of the structural gene II protein, hexoncapsid, common to multiple adenoviruses. Based on the findings of evolution and ophthalmological examination with slit-lamp serial biomicroscopy, there was clinical suspicion of Adenovirus prevalence of 43.68%. The results of the PCR test showed a prevalence of Adenovirus in 36.3% of the samples. Eleven PCR + samples were sequenced, revealing the presence of serotypes 8, 4, 7, 3, 34 and one unclassified in group D. The presence of serotypes 8, 4, 3 and 34 was not surprising, however, of serotype 7 (group B) was unexpected, because there are reports associated with cases of unfavourable and fatal infection evolution, caused by variants of this type, due pneumonia and myocarditis. The presence of adenovirus in conjunctival secretion indentified through PCR allows a precise diagnosis, and avoiding unnecessary and expensive antibiotics, permitting restrictive measures of contact and dissemination and warning of the presence of more aggressive serotypes causing epidemic keratoconjunctivitis, among other etiological agents of pneumonia, myocarditis and gastroenteritis.
Palavras-chave: Adenovírus
Conjuntivite
PCR
Adenovirus
Conjunctivitis
PCR
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Mestrado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: ROSADO FILHO, Euldes Nei. Prevalence of adenovirus as etiological agent of conjunctivitis in a specialized ophthalmological clinic in the years of 2009 and 2010. 2011. 69 f. Dissertação (Mestrado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2339
Data do documento: 16-Dez-2011
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,8 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.