Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2397
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização de um begomovírus obtido de maracujazeiro (Passiflora edulis f. flavicarpa) e produção de clones infecciosos
Título(s) alternativo(s): Characterization of a begomovirus obtained from yellow passionfruit (Passiflora edulis f. flavicarpa) and production of infectious clones
Autor(es): Ferreira, Sávio de Siqueira
Primeiro Orientador: Lamêgo, Márcia Rogéria de Almeida
Primeiro coorientador: Zerbini Júnior, Francisco Murilo
Segundo coorientador: Fietto, Juliana Lopes Rangel
Primeiro avaliador: Carvalho, Claudine Márcia
Segundo avaliador: Paula, Sérgio Oliveira de
Abstract: Os begomovírus (família Geminiviridae) possuem genoma de DNA circular de fita simples, encapsidado em partículas icosaédricas imperfeitas geminadas. São transmitidos pela mosca-branca Bemisia tabaci e causam doenças de grande importância econômica em diversas culturas, principalmente em regiões tropicais e subtropicais. No Brasil, os begomovírus são um grande problema fitossanitário nas culturas do tomateiro e feijoeiro, e relatos recentes confirmam sua presença também na cultura do maracujazeiro. Apesar da baixa incidência, sua importância na cultura do maracujazeiro não deve ser subestimada, devido à severidade dos sintomas e incapacidade da planta de recuperar-se da infecção causada por esses begomovírus. O objetivo deste trabalho foi realizar a caracterização molecular e biológica do isolado BR:LNS2:Pas:01 de begomovírus obtido de maracujazeiro em Livramento de Nossa Senhora, BA. Para isso, foi realizada a clonagem e seqüenciamento do genoma viral (DNA-A e DNA- B). A análise das seqüências demonstrou que o DNA-A do BR:LNS2:Pas:01 possui cinco ORFs correspondentes aos genes cp, rep, trap, ren e ac4, e outras duas ORFs com alta identidade de seqüência com a ORF AC5. O DNA-B possui ORFs correspondentes aos genes mp e nsp. O DNA-A do isolado BR:LNS2:Pas:01 possui maior identidade de seqüência com o Tomato chlorotic mottle virus (ToCMoV) (77%), e o DNA-B com o Tomato yellow spot virus (ToYSV) (74%). Esses valores indicam tratar-se de uma nova espécie, para a qual é proposto o nome Passion flower severe leaf distortion virus (PSLDV). A análise filogenética agrupou o DNA-A do PSLDV no mesmo ramo monofilético do TGMV, e o DNA-B no mesmo ramo monofilético do ToYSV. A caracterização biológica consistiu na determinação da gama de hospedeiros do PSLDV- [BR:LNS2:Pas:01], inoculando-se clones infecciosos via biobalística em diversas espécies/cultivares de plantas. Plantas das famílias Passifloraceae e Solanaceae foram hospedeiras do vírus, mas apesar do alto relacionamento filogenético com os vírus de tomateiro do Brasil, o PSLDV- [BR:LNS2:Pas:01] não foi capaz de infectar plantas dessa espécie.
Begomoviruses (family Geminiviridae) possess a circular, single-stranded DNA genome encapsidate in twinned icosahedral particles. They are vectored by the whitefly Bemisia tabaci and cause economically important diseases in several crops, mainly in tropical and subtropical regions. In Brazil, begomoviruses are major pathogens in common bean and tomato crops, and recent reports have confirmed their presence in yellow passionfruit. In spite of the low incidence, their importance in this crop should not be underestimated, due to the severity of the disease and the plant s inability to recover from the infection. The objective of this work was to carry out the molecular and biological characterization of the begomovirus isolate BR:LNS2:Pas:01, obtained from yellow passionfruit plants in Livramento de Nossa Senhora, Bahia state. The viral genome (DNA-A and DNA-B) was cloned and sequenced. Sequence analysis demonstrated that the BR:LNS2:Pas:01 DNA-A has five ORFs corresponding to the genes cp, rep, trap, ren and ac4, and two additional ORFs with high sequence identity with the AC5 ORF. The DNA-B has two ORFs corresponding to the genes mp and nsp. The DNA-A of isolate BR:LNS2:Pas:01 has the highest nucleotide sequence identity with Tomato chlorotic mottle virus (ToCMoV) (77%), and the DNA-B with Tomato yellow spot virus (ToYSV) (74%). These identity values indicate that this isolate represents a new begomovirus species, for which the name Passion flower severe leaf distortion virus (PSLDV) is proposed. Phylogenetic analysis clustered the PSLDV DNA-A in a monophyletic branch with TGMV, and the DNA-B in a monophyletic branch with ToYSV. Biological characterization consisted in the determination of the isolate s host range, via biolistic inoculation of infectious clones in plants of several species/cultivars. The host range was restricted to species from the Passifloraceae and Solanaceae families. However, in spite of the high sequence identity between PSLDV-[BR:LNS2:Pas: 01] and tomato begomoviruses, the virus was not capable of infecting tomato.
Palavras-chave: Begomovírus
Maracujá
Clones
Begomovirus
Yellow passionfruit
Clones
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA::BIOLOGIA MOLECULAR
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Mestrado em Bioquímica Agrícola
Citação: FERREIRA, Sávio de Siqueira. Characterization of a begomovirus obtained from yellow passionfruit (Passiflora edulis f. flavicarpa) and production of infectious clones. 2008. 71 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2397
Data do documento: 31-Jul-2008
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.