Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/24063
Tipo: Artigo
Título: Herança da resistência do Híbrido de Timor UFV 443-03 à ferrugem- do- cafeeiro
Autor(es): Capucho, Alexandre Sandri
Caixeta, Eveline Teixeira
Zambolim, Eunize Maciel
Zambolim, Laércio
Abstract: O objetivo deste trabalho foi caracterizar a herança da resistência do Híbrido de Timor UFV 443-03 à ferrugem-do-cafeeiro (Hemileia vastatrix). Para isso, a raça II e o patótipo 001 de ferrugem foram inoculados em 246 plantas da população F2, 115 plantas do retrocruzamento suscetível (RCS) e 87 plantas do retrocruzamento resistente (RCR), originadas do cruzamento entre o genótipo suscetível cv. Catuaí Amarelo IAC 64 e a fonte de resistência Híbrido de Timor UFV 443-03. Para ambos os inóculos, a cv. Catuaí Amarelo IAC 64 foi suscetível, enquanto o Híbrido de Timor UFV 443-03, a planta representante da geração F1 e as plantas do RCR foram resistentes. As plantas F2, quando inoculadas com a raça II, apresentaram dois padrões de segregação significativos: 15:1 e 61:3. A herança da resistência foi confirmada pela inoculação das plantas do RCS, que segregaram na proporção de 3:1, padrão esperado para herança condicionada por dois genes. A hipótese de segregação 7:1 para três genes foi rejeitada. Resultados semelhantes foram obtidos para o patótipo 001. Dois genes dominantes e independentes conferem a resistência genética do Híbrido de Timor UFV 443-03 à raça II e ao patótipo 001 de H. vastatrix.
The aim of this work was to characterize the resistance inheritance of the Timor Hybrid UFV 443-03 to coffee leaf rust (Hemileia vastatrix). For this, the race II and pathotype 001 of coffee leaf rust were inoculated in 246 F2 plants, 115 susceptible backcrossing (BCS) plants, and 87 resistant backcrossing (BCR) plants, derived from the crossing between the susceptible genotype 'Catuaí Amarelo' IAC 64 and the resistance source Timor Hybrid UFV 443-03. For both inoculums, the 'Catuaí Amarelo' IAC 64 was susceptible, while the Timor Hybrid, the plant representing F1 generation, and the BCR plants were resistant. The F2 plants inoculated with race II presented two significant segregation ratios: 15:1 and 61:3. The resistance inheritance was verified by the inoculation of the BCS plants, which segregated at a 3:1 ratio, an expected pattern for the inheritance controlled by two genes, whereas the segregation hypothesis of 7:1 for three genes was rejected. Two independent and dominant genes confer the genetic resistance of Timor Hybrid UFV 443-03 to race II and pathotype 001 of H. vastatrix.
Palavras-chave: Coffea arabica
Hemileia vastatrix
Herança genética
Resistência a doenças
Resistência vertical
Genetic inheritance
Diseases resistance
Vertical resistance
Editor: Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2009000300009
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/24063
Data do documento: Mar-2009
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo272,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.