Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2425
Tipo: Dissertação
Título: Análises fitoquímica, bromatológica, toxicológica e dos efeitos estimulante físico e antioxidante de extratos de folhas de Psychotria vellosiana Benth
Título(s) alternativo(s): Phytochemical Analysis, chemical, toxicological and physical stimulant and antioxidant effects of extracts from leaves of Psychotria vellosiana Benth
Autor(es): Vieira, Breno César
Primeiro Orientador: Leite, João Paulo Viana
Primeiro coorientador: Natali, Antônio José
Segundo coorientador: Ribeiro, Sônia Machado Rocha
Primeiro avaliador: Neves, Clóvis Andrade
Segundo avaliador: Lima, Luciana Moreira
Abstract: O presente trabalho visou às análises química, nutricional e avaliação toxicológica e das atividades estimulante físico e antioxidante de extratos de Psychotria vellosiana Benth. Para a prospecção fitoquímica preliminar foi empregada técnica de cromatografia em camada delgada. Na análise nutricional foi realizada a composição centesimal de suas folhas com determinação dos teores de lipídios, carboidratos, proteínas e umidade, assim como dos teores de minerais. As análises toxicológicas e farmacológicas foram realizadas em ratos Wistar. Os animais foram divididos em grupos que, consumiram doses de 100, 200, 300 e 400 mg/kg dos extratos diclorometânico (EDPV) e etanólico (EEPV) das folhas de P. vellosiana, por um período de 28 dias. Os extratos foram obtidos por percolação exaustiva, sendo concentrados em evaporador rotatório. Na análise toxicológica foram analisados o peso corporal final (PCF), peso do fígado (PF) e peso do coração (PC) dos animais, parâmetros bioquímicos como creatinina, aspartato aminotransferase e alanina aminotransferase. Parâmetros bioquímicos relacionados com possíveis alterações metabólicas como glicose, triglicerídeos e colesterol total, também foram analisados. Para análise farmacológica foi avaliado o efeito estimulante físico (efeito adaptógeno) registrando o desempenho físico dos ratos nas variáveis tempo total de corrida (TTC), velocidade final atingida (VFA), variação do lactato sanguíneo (Δ LS) no exercício máximo até exaustão de corrida em esteira. Os EDPV e EEPV também foram submetidos à análise antioxidante empregando o teste in vitro de DPPH e avaliação in vivo de seus efeitos sobre a atividade enzimática da catalase. Na prospecção fitoquímica foi detectado a presença dos grupos de flavonóides, alcalóides, taninos e cumarinas para EEPV e EDPV. Esteróides/triterpenos foram encontrados somente para o EEPV. A composição centesimal das folhas de P. vellosiana revelou considerável valor protéico, além da presença de minerais importantes como cálcio, ferro, fósforo e magnésio. O que ser um indicativo do seu consumo pelos primatas devido ao valor nutricional e a presença de metabólitos secundários. Sobre o desempenho físico e toxicidade, diferentes doses de EEPV e EDPV, não foram verificados melhora significativas no tempo total de corrida (TTC) e velocidade final atingida (VFA). Além disso, as variações do lactato sanguíneo (Δ LS) dos grupos tratados não foram significativamente reduzidas. Não foram verificados sinais de toxicidade dos extratos nas doses testadas nos parâmetros avaliados. A concentração de 13,54 μg/mL do EEPV foi capaz de reduzir a concentração inicial do DPPH em 50% (IC50), valor bem próximo ao BHT (dose de 11, 93μg/mL) indicando forte atividade antioxidante para esse extrato. As doses de 100, 200 e 300 mg/kg de EEPV, reduziram significativamente a atividade da catalase hepática dos ratos em relação ao controle.
This work was conduct to analyze chemical and nutritional properties of Psychotria vellosiana Benth. Also, toxicological evaluation and physical stimulant capacity and antioxidant activity of its extracts were tested. For the preliminary phytochemical screening was used thin layer chromatography method. In the nutritional analysis were performed the chemical composition of their leaves with determination of lipids, carbohydrates, protein and moisture, as well as the mineral levels. The pharmacological and toxicological analysis was performed in rats. The animals were divided into groups that consumed doses of dichloromethane (EDPV) and ethanol/doses of 100, 200, 300 and 400 mg/ kg (EEPV) leaves of P. vellosiana for a period of 28 days. The extracts were obtained by exhaustive percolation, being concentrated in a rotary evaporator. For the toxicological analysis were evaluated the animal s final body weight (CCW), liver weight (FW) and heart weight (BW), biochemical parameters such as creatinine, aspartate aminotransferase and alanine aminotransferase. Biochemical parameters related to metabolic changes such as glucose, triglycerides and total cholesterol were also analyzed. For pharmacological analysis, the effects of physical stimulation (adaptogenic effect) were registered the variables, physical performance of rats in total running time (TTC), final velocity achieved (VFA), changes in blood lactate (Δ LS) at maximal exercise at exhaustion treadmill running. The antioxidant effect of EDPV and EEPV were analyzed using the antioxidant DPPH test in vitro and in vivo evaluation of their effects on enzymatic activity of catalase. In the phytochemical analyses were detected groups of flavonoids, alkaloids, tannins and coumarins for EEPV and EDPV. Steroids / triterpenes were found only for EEPV. Chemical composition of leaves of P. vellosiana revealed considerable amount of protein, and the presence of important minerals like calcium, iron, phosphorus and magnesium, which may suggest its use by primates due to their nutritional value besides the presence of secondary metabolites. On the effect of different doses of EEPV EDPV on the rats physical performance, no significant improvements were observed in the total race time (TTC) and final speed achieved (VFA). Also, changes in blood lactate (Δ LS) were not significantly reduced in treated groups. There were no signs of toxicity of the extracts at the doses tested in all parameters. The dose of 13.54mg/mL of EEPV was able to reduce the initial concentration of DPPH by 50% (IC50), a value close to BHT (dose of 11, 93mg/ mL) indicating great antioxidant activity for this extract. The doses of 100, 200 and 300 mg/kg of EEPV significantly reduced liver catalase activity when compared to the control.
Palavras-chave: Análise fitoquímica
Psychotria vellosiana Benth
Phytochemical analysis
Psychotria vellosiana Benth
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA::ETNOFARMACOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Mestrado em Bioquímica Agrícola
Citação: VIEIRA, Breno César. Phytochemical Analysis, chemical, toxicological and physical stimulant and antioxidant effects of extracts from leaves of Psychotria vellosiana Benth. 2010. 95 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2425
Data do documento: 24-Set-2010
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf463,74 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.