Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2461
Tipo: Dissertação
Título: Efeito de extratos vegetais e antibióticos sobre Staphylococcus aureus de origem bovina
Título(s) alternativo(s): Effect of plant extracts and antibiotics against Staphylococcus aureusof bovine origin
Autor(es): Silva, Danielle Mendes
Primeiro Orientador: Diaz, Marisa Alves Nogueira
Primeiro coorientador: Ribon, Andréa de Oliveira Barros
Segundo coorientador: Muñoz, Gaspar Diaz
Primeiro avaliador: Pizziolo, Virgínia Ramos
Abstract: Devido ao crescente aumento da resistência bacteriana ao logo dos anos, o uso combinado de terapêuticos vem sendo visto como uma alternativa no combate às infecções. Esse trabalho avaliou o efeito de extratos vegetais e antibióticos sobre Staphylococcus aureus de origem bovina. A atividade antimicrobiana de quinze extratos vegetais sobre S. aureus foi determinada pelo método de hole plate e halos de inibição superiores que 7 mm foram observados para os extratos de alecrim do campo (Baccharis dracunculifolia), boldinho (Plectranthus ornatus), ingá (Inga edulis), sálvia (Salvia officinalis) e sena (Senna macranthera). Em seguida, foi avaliada a interação entre os extratos vegetais ativos e cinco antibióticos comumente utilizados no tratamento da mastite bovina. Sinergismo foi visualizado entre o extrato de boldinho e os antibióticos ampicilina, canamicina e gentamicina, com uma redução da concentração inibitória mínima (CIM) do antibiótico em combinação de oito vezes. Tanto o extrato de sálvia quanto o extrato de sena mostraram sinergismo com ampicilina, canamicina, gentamicina e tetraciclina, havendo uma redução da CIM em até oito vezes. Posteriormente, estimou-se o efeito de concentrações subinibitórias de ampicilina, gentamicina e tetraciclina sobre células de S. aureuspor meio da obtenção de mutantes resistentes à rifampicina após exposição a 0,25X, 0,5X e 0,75X CIM dos três antibióticos. Constatou-se que os antibióticos promoveram aumento na frequência de mutação em pelo menos uma das condições testadas. Todas as concentrações de gentamicina aumentaram a frequência de mutação para o isolado S. aureus 3993. Para o isolado S. aureus 4125 só não houve aumento na mutação na condição 0,25X CIM de ampicilina. Colônias de S. aureus apresentando o fenótipo SCV (small colony variant), normalmente relacionado com infecções crônicas, foram observadas quando 0,5X CIM, 1X CIM, 1,5X CIM dos três antibióticos foram testadas. Esses resultados ratificam a necessidade de se conhecer o efeito de antibióticos sobre bactérias a fim de subsidiar terapias mais eficazes para o tratamento de doenças.
Due to the increasing bacterial resistance over the years, the use of combined therapy has been seen as an alternative to fight infections. This study evaluated the effect of plant extracts and antibiotics on Staphylococcus aureus of bovine origin. The antimicrobial activity of fifteen plant extracts was determined by the hole plate method and zones of inhibition greater than 7 mm were observed for the extracts prepared from rosemary (Baccharisdracunculifolia), dog bane (Plectranthus ornatus), guama (Inga edulis), sage (Salvia officinalis), and senna (Senna macranthera). Next, we evaluated the interaction between the active plant extracts and five antibiotics commonly used in the treatment of bovine mastitis. Synergism was visualized between boldinho and the antibiotics ampicillin, kanamycin, and gentamicin, with an eight fold reduction in the MIC. The extracts prepared from sage and senna showed synergism with ampicillin, kanamycin, gentamicin, and tetracycline. In the case, the combination between extracts and antibiotics promoted a reduction of up to eight times the MIC. Next, the effect of subinhibitory concentrations of antibiotics on S. aureus was evaluated upon exposure to 0.25 X to 0.75 X 0.5 X MIC of ampicillin, gentamicin, and tetracycline. All antibiotics promoted an increase in the mutation frequency in at least one of the conditions tested. All concentrations of gentamicin increased the mutation frequency for the isolate S. aureus 3993. However for S. aureus 4125, 0.25 X MIC of ampicillin was the only condition where no significant change was seen. Colonies of S. aureus displaying the small colony variant phenotype, which is usually related to chronic infections, were observed when 0.5 MIC X, 1X MIC, 1.5 X MIC of the mentioned antibiotics were added to the culture media. These results confirm the need to investigate the effect of antibiotics against bacteria in order to support more effective therapies for the treatment of diseases.
Palavras-chave: Extratos vegetais
Antibióticos
Staphylococcus aureus
Plant extracts
Antibiotics
Sta&#7765
hylococcus aureus
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA::BIOLOGIA MOLECULAR
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Mestrado em Bioquímica Agrícola
Citação: SILVA, Danielle Mendes. Effect of plant extracts and antibiotics against Staphylococcus aureusof bovine origin. 2012. 58 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2461
Data do documento: 16-Fev-2012
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.