Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/24610
Tipo: Artigo
Título: Dinâmica populacional de plantas daninhas na cultura do milho sob diferentes manejos em plantio direto
Autor(es): Galvão, João Carlos Cardoso
Santos, Manoel Mota dos
Ferreira, Lino Roberto
Melo, Aurélio Vaz de
Fontanetti, Anastacia
Abstract: Objetivou-se neste trabalho avaliar a dinâmica populacional de plantas daninhas e sua influência na produção de grãos, na cultura do milho, em sistema de plantio direto, sob diferentes manejos. A pesquisa foi desenvolvida em Coimbra – MG, no esquema fatorial 3 x 3 x 2, sendo 3 cultivares (UFVM 100, AG 9010 e AG 1051), 3 modos de aplicação do nitrogênio (0, 120 kg ha -1 de N no plantio e 30 kg ha -1 de N no plantio + 90 kg ha -1 de N, na quarta folha completamente expandida) e 2 espaçamentos entre fileiras (1,0 e 0,5 m), disposto no delineamento de blocos casualizados com 4 repetições. Para a amostragem das espécies daninhas utilizou-se um quadrado de 0,30 m, lançado ao acaso, uma vez por parcela, antes da aplicação dos herbicidas e aos 30 e 60 dias depois da aplicação. A espécie de planta daninha A. verlotorium ocorre em maior densidade, independente da época de avaliação e do manejo utilizado em todas as avaliações. A dinâmica populacional e o acúmulo de massa das plantas daninhas não são influenciados pelos espaçamentos do milho, pela adubação nitrogenada e pelos cultivares. A redução do espaçamento, de 1 m para 0,50 m, proporciona aumento de 8% na produtividade de grãos.
This work aimed to study the weed population dynamics of weeds and their influence to analyze in the corn production with the reduction of the space between lines in no-tillage system. The study was conducted in 2003/04 agricultural years, at the Experimental Station of Coimbra – UFV. The experiment was conducted in a complete randomized block design. Treatments were arranged in a 3 x 3 x 2 factorial scheme with four replicates (three cultivars - UFVM 100, AG 9010 and AG 1051) three nitrogen application ways (0, 120 kg ha -1 of N in planting and 30 kg ha -1 at sowing + 90 kg ha -1 at four fully expanded leaves) and two plant spacing (1.0 and 0.5 m). For the phytosociological study, a square of 0.30 m of side was used, thrown at random once in each treatment before the application of the herbicides and 30 and 60 days after the application. The species with the highest density was Artemisia verlotorium, whatever the time of assessment and management used throughout the sampling dates. The population dynamics and the mass accumulation dries of the plants were not influenced by the spacing of the corn, for the nitrogen fertilization and for the studied cultivars. The spacing reduction, from 1.0 m to 0.50 m, provided an increase of 8% in grains productivity.
Palavras-chave: Fitossociologia
Manejo cultural
Zea mays L.
Phytosociological
Cultural management
Zea mays L.
Editor: Revista Caatinga
Tipo de Acesso: Open Access
URI: https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/1577
http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/24610
Data do documento: Jul-2010
Aparece nas coleções:Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
artigo.pdftexto completo237,35 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.