Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2484
Tipo: Dissertação
Título: Leguminosae adans. nas florestas estacionais do Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brasil: taxonomia, preferência por habitat, distribuição geográfica e similaridade florística
Título(s) alternativo(s): Leguminosae adans. in Seasonal Forests of the Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil: taxonomy, habitat preference, geographical distribution and floristic similarity
Autor(es): Lima, Laura Cristina Pires
Primeiro Orientador: Garcia, Flávia Cristina Pinto
Primeiro avaliador: Sartori, Angela Lucia Bagnatori
Segundo avaliador: Morim, Marli Pires
Terceiro avaliador: Okano, Rita Maria de Carvalho
Quarto avaliador: Nakajima, Jimi Naoki
Abstract: Este trabalho tem como objetivos realizar o estudo taxonômico da família Leguminosae nas florestas estacionais do Parque Estadual do Itacolomi (PEI), verificar a preferência por habitat, os padrões de distribuição geográfica das espécies amostradas e similaridade florística entre diferentes áreas florestais. As coletas foram mensais no período compreendido entre setembro/2004 e novembro/2005. A área de estudo compreendeu oito trilhas: Alcan, estrada de Baixo, Forno, estrada da Torre, Baú, Custódio, Belém e Cibrão. Após as coletas, os espécimes foram herborizados, incluídos no acervo do Herbário VIC e as duplicatas foram enviadas ao Herbário OUPR. A identificação dos táxons foi realizada mediante literatura específica, visita a herbários e consulta a especialistas. O estudo taxonômico reuniu 65 táxons específicos e infra-específicos, subordinados a 34 gêneros, os quais distribuem-se entre as três subfamílias, destacando-se Papilionoideae como a de maior riqueza, tanto em número de gêneros (20) quanto de espécies (30). Os gêneros mais representativos foram Inga (8 spp.), Machaerium (6 spp.), Dalbergia (5 spp.) e Senna (5 spp.). São fornecidas chaves de identificação, descrições, ilustrações e comentários sobre fenologia, taxonomia e distribuição geográfica dos táxons. Ormosia friburgensis e Sclerolobium friburgense tiveram sua área de distribuição ampliada para o estado de Minas Gerais. A maioria das espécies estudadas (69,2%) ocorre em floresta estacional submontana, mostrando a preferência das Leguminosae por faixas altitudinais mais baixas. Com relação à preferência por habitat, 73,8% foram considerados elementos florísticos generalistas e 26,2% especialistas ao domínio florestal atlântico. Entre os 65 táxons foram reconhecidos oito padrões de distribuição geográfica: Anfiatlântico (2 spp.), Neotropical (9 spp.), América do Sul Ocidental-Centro-Oriental (18 spp.), Brasil Centro-Oriental (10 spp.), Brasil Atlântico Nordeste-Sudeste-Sul (7 spp.), Brasil Atlântico Nordeste-Sudeste (7 spp.), Brasil Atlântico Sudeste-Sul (4 spp.), Brasil Atlântico Sudeste (8 spp.). Dentre estes padrões 43% dos táxons foram constatados no padrão atlântico, mostrando que quase metade das espécies encontradas distribui-se na costa atlântica. A flora do PEI mostrou-se mais similar ao Parque Nacional do Itatiaia (RJ), o que pode ser explicado pela localização destas áreas no maciço da Mantiqueira e por fatores abióticos como gradiente altitudinal e pluviosidade.
This work aims the taxonomic study of the Leguminosae in seasonal forests of the Itacolomi State Park (PEI), check habitat preference, geographic distribuition of the sampled species and the analysis of floristic similarity among differents forests areas. The collection was carried out monthly, from september /2004 to november /2005. The study area comprised eigth tracks: Alcan, estrada de Baixo, Forno, estrada da Torre, Baú, Custódio, Belém and Cibrão. After field collection, the specimens were botanized, and included in VIC Herbarium and duplicates were sent to OUPR Herbarium. Taxonomic determination was carried out by means of specialized literature, visits to herbaria, and consultation with specialists. The taxonomic study gathered 65 specific and infra-specific taxa in 34 genera, which are distribues among all three subfamilies, the richest bein Papilionoideae in both genera (20) and species (30). The most representative genera were Inga (8 spp.), Machaerium (6 spp.), Dalbergia (5 spp.) and Senna (5 spp.). Keys, descriptions, illustrations and comments about phenology, taxonomy and geographical distribution are provided for the taxa. Ormosia friburgensis and Sclerolobium friburgense had their distribution area amplified for the Minas Gerais State. Most of the studied species (69,2%) occurred in submontane seasonal forest, showing Leguminosae preference for lower altitude. In relation to habitat preference, 73,8% were considered generalistic floristic elements and 26,2% specialists in the atlantic forest domain. Among 65 taxa, eight distribution patterns were identified: Amphiatlantic (2 spp.), Neotropical (9 spp.), Western-Central-Eastern South America (18 spp.), Central-Eastern Brazil (10 spp.), Northeastern-Southeastern-Southern Atlantic Brazil (7 spp.), Northeastern-Southeastern Atlantic Brazil (7 spp.), Southeastern-Southern Atlantic Brazil (4 spp.), Southern Atlantic Brazil (8 spp.). Among these patterns, 43% of the taxa were verified in the atlantic pattern, showing that almost half of the species found were distributed on the atlantic coast. The PEI flora showed to be more similar to the Itatiaia National Park (RJ), attributed to the location of these areas on the Mantiqueira range and to abiotic factors such as altitude and rainfall.
Palavras-chave: Leguminosae
Florestas estacionais
Taxonomia
Leguminosae
Seasonal forests
Taxonomy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA::TAXONOMIA VEGETAL::TAXONOMIA DE FANEROGAMOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: LIMA, Laura Cristina Pires. Leguminosae adans. in Seasonal Forests of the Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil: taxonomy, habitat preference, geographical distribution and floristic similarity. 2006. 4 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2484
Data do documento: 21-Fev-2006
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
01 - capa_abstract.pdf56,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.