Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/2487
Tipo: Dissertação
Título: Bignoniaceae Juss. do Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brasil: florística, similaridade e distribuição geográfica
Título(s) alternativo(s): Bignoniaceae Juss. of the Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil: floristic, similarit and geografic distribution
Autor(es): Araújo, Ricardo de Souza
Primeiro Orientador: Okano, Rita Maria de Carvalho
Primeiro coorientador: Garcia, Flávia Cristina Pinto
Primeiro avaliador: Vieira, Milene Faria
Segundo avaliador: Paula, Cláudio Coelho de
Terceiro avaliador: Nakajima, Jimi Naoki
Abstract: Este trabalho consiste do levantamento florístico de Bignoniaceae do Parque Estadual do Itacolomi (PEI), Minas Gerais, da distribuição geográfica das espécies e da similaridade entre trilhas do PEI e entre outras áreas do Brasil. As coletas foram realizadas mensalmente em 15 trilhas pré- estabelecidas, sendo sete em campo rupestre e oito em Floresta Estacional Semidecídua, totalizando 15 expedições de agosto/2006 a outubro/2007. O material foi herborizado e incorporado ao acervo do Herbário VIC, do Departamento de Biologia Vegetal da Universidade Federal de Viçosa. A identificação das espécies, a distribuição geográfica e a preferência de habitat foram obtidas mediante literatura específica e consulta a herbários. A similaridade florística foi obtida pela comparação das espécies de Bignoniaceae ocorrentes nas trilhas do PEI e com levantamentos realizados em outras áreas do Brasil. 55 espécies foram registradas, distribuídas em 28 gêneros e duas tribos, sendo 43 lianas e 12 arbóreas. O gênero mais representativo foi Arrabidaea com 10 espécies, seguido por Adenocalymma (6 spp.), Anemopaegma (5 spp.), Jacaranda e Handroanthus (4 spp. cada), Lundia, Pleonotoma e Stizophyllum (2 spp. cada), Pithecoctenium, Distictella, Amphilophium, Clytostoma, Mussatia, Callichlamys, Cuspidaria, Melloa, Parabignonia, Macfadyena, Fridericia, Manaosella, Mansoa, Pyrostegia, Tynanthus, Xylophragma, Cybistax, Sparattosperma, Tabebuia e Zeyheria com uma espécie cada. O PEI foi mais similar a Serra do Cipo, MG (0,354), sendo Anemopaegma arvense (Vell.) Stellf. ex. de Souza, A. chamberlaynii (Sims) Bureau & K. Schum, Arrabidaea brachypoda (DC.) Bureau, A. pulchella (Cham.) Bureau, A. samydoides(Cham.) Sandwith, A. triplinervia (Mart. ex DC.) Baill. ex Bureau, Cuspidaria floribunda (DC.) A.H. Gentry, Cybistax antisyphilitica (Mart.) Mart., Distictella elongata (Vahl.) Urb., Fridericia speciosa Mart., Handroanthus albus (Cham.) Mattos, H. vellosoi (Toledo) Mattos, Pyrostegia venusta (Ker Gawl.) Miers e Zeyheria montana Mart. espécies comuns a estas áreas. A espécie Jacaranda montana Morawetz foi citada pela primeira vez para o Estado de Minas Gerais; Adenocalymma magnoalatum Scudeller antes restrita a Floresta Estacional Semidecídua do Parque Estadual do Rio Doce, teve sua distribuição ampliada para o PEI. A maioria das espécies de Bignoniaceae do PEI apresentou o padrão de distribuição geográfico América do Sul (35%) seguidos do Neotropical (21%), Brasil Atlântico Sudeste (16%), Brasil (8%), Brasil Centro-Oeste-Nordeste-Sudeste-Sul (6%), Brasil Atlântico Nordeste-Sudeste-Sul (8%) e Brasil Atlântico Nordeste-Sudeste (4%) e Anfiatlântico (2%).
This work consists of the floristic survey of the Bignoniaceae in Itacolomi State Park (PEI), Minas Gerais, Brazil. The geografic distribution of species was related and the similarit between PEI and another areas of the Brazil was compared. The collection was carried out monthly in the 15 tracks, seven in the Campos Rupetres and eigth in Seasonal Forest, (N=15 expeditions), from August/2006 to Octuber/2007. The collections was preserved and included in the collection of the VIC Herbarium of the Departamento de Biologia Vegetal at Universidade Federal de Viçosa. Taxonomic determination, geografic distribution and habitat preference was carried out by specialized literature and visits to herbarios. The similaric floristic was carried out by comparison of species of the Bignoniaceae occurings in tracks at PEI and surveys to bring into another areas of the Brazil. 55 species grouped into 28 genus and 2 tribes, with 43 climber and 12 trees. The genus Arrabidaea was the most important with 10 species, Adenocalymma (6 spp.), Anemopaegma (5 spp.), Jacaranda and Handroanthus (4 spp. each), Lundia, Pleonotoma and Stizophyllum (2 spp. each), Pithecoctenium, Distictella, Amphilophium, Clytostoma, Mussatia, Callichlamys, Cuspidaria, Melloa, Parabignonia, Macfadyena, Fridericia, Manaosella, Mansoa, Pyrostegia, Tynanthus, Xylophragma, Cybistax, Sparattosperma, Tabebuia and Zeyheria one specie each. The PEI is similar to Serra do Cipo, Minas Gerais, Brazil (0,354). The common species was: Anemopaegma arvense (Vell.) Stellf. ex. de Souza, A. chamberlaynii (Sims) Bureau & K. Schum, Arrabidaea brachypoda (DC.) Bureau, A. pulchella (Cham.) Bureau, A. samydoides(Cham.) Sandwith, A. triplinervia (Mart. ex DC.) Baill. ex Bureau, Cuspidaria floribunda (DC.) A.H. Gentry, Cybistax antisyphilitica (Mart.) Mart., Distictella elongata (Vahl.) Urb., Fridericia speciosa Mart., Handroanthus albus (Cham.) Mattos, H. vellosoi (Toledo) Mattos, Pyrostegia venusta (Ker Gawl.) Miers e Zeyheria montana Mart. The species Jacaranda montana Morawetz was related to Minas Gerais, Brazil for the first time; Adenocalymma magnoalatum Scudeller is boundary to Seasonal Forest in Rio Doce State Park, but its distribution was enlarged to PEI. The most species of Bignoniaceae at PEI presented the geografic pattern distribution South America (35%), another patterns presented Neotropical (21%), Southwest Atlantic Brazil (16%), Brazil (8%), Centro-West- North-east-Southwest-South Brazil (6%), North-east- Southwest-South Atlantic Brazil (8%), Brazil Atlantic Northeast-Southwest (4%) and Anfiatlantic (2%).
Palavras-chave: Bignoniaceae
Florística
Parque Estadual do Itacolomi
Similaridade
Padrão de distribuição
Minas Gerais
Brasil
Bignoniaceae
Floristics
Itacolomi State Park
Similarity
Distribution pattern
Minas Gerais
Brazil
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Mestrado em Botânica
Citação: ARAÚJO, Ricardo de Souza. Bignoniaceae Juss. of the Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil: floristic, similarit and geografic distribution. 2008. 79 f. Dissertação (Mestrado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/2487
Data do documento: 25-Mar-2008
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,86 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.