Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/249
Tipo: Tese
Título: Morfologia dos espermatozoides de três espécies de Bethylidae (Hymenoptera: Chrysidoidea)
Título(s) alternativo(s): Sperm morphology of three species of Bethylidae (Hymenoptera: Chrysidoidea)
Autor(es): Oliveira, Cláudia Vânia Miranda de
Primeiro Orientador: Lino Neto, José
Primeiro coorientador: Mancini, Karina Carvalho
Primeiro avaliador: Campos, Lúcio Antonio de Oliveira
Segundo avaliador: Dolder, Mary Anne Heidi
Terceiro avaliador: Araújo, Vinícius Albano
Quarto avaliador: Neves, Mariana Machado
Abstract: Hymenoptera é uma das mais numerosas entre as ordens dos insetos, com mais de 190.000 espécies descritas em todo o mundo. Esta ordem é composta por aproximadamente 80 famílias, divididas nos táxons symphyta (O grupo basal) e Apocrita. Os Apocrita são os mais estudados, sendo subdivididos em dois grupos: Parasitica e Aculeata. A ampla variedade de padrões ecológicos determinou uma grande diversidade de estruturas morfológicas associadas à reprodução, capazes de suportar análises filogenéticas. A filogenia de Hymenoptera ainda permanece ambígua, havendo muitas controvérsias sobre as relações de diversas famílias dentro da ordem. Em Bethylidae, por exemplo, as relações filogenéticas internas são bastante confusas. O estudo da morfologia dos espermatozoides tem sido usado para auxiliar na elucidação de problemas filogenéticos e taxonômicos. Neste trabalho descrevemos a morfologia dos espermatozoides de três espécies da família Bethylidae. Para isso, utilizamos as microscopias de luz e eletrônica de transmissão. Comparando os dados desse estudo com aqueles disponíveis na literatura, observamos que algumas características como a presença do material intermitocondrial, de uma camada extracelular associada ao ápice dos espermatozoides e, ainda, os microtúbulos acessórios sendo os primeiros a finalizarem na porção final do flagelo em diferentes espécies de Bethylidae, parecem fornecer informações importantes para serem utilizadas na filogenia de Hymenoptera. Entretanto, esses dados devem ser associados aqueles de morfologia, comportamental e molecular, para que análises futuras sejam mais consistentes e conclusivas.
Hymenoptera is one of the largest orders among the insects, with more than 190.000 described species worldwide. This order is composed of about 80 families divided into symphyta (most basal) and Apocrita. The Apocrita are the more intensively studied, subdivided in two groups Parasitica and Aculeata. A wide range of ecological patterns led to a great diversity of morphological structures associated with reproduction and useful for phylogenetic analysis. The phylogeny of the Hymenoptera still remains ambiguous and there are many controversies about the relationship of several families. In Bethylidae, for exemple the internal phylogenic relations are very confusing. The study of sperm morphology has been extensively used to aid in elucidating phylogenetic and taxonomic problems. Here we describe the morphology of spermatozoa of three species of the Bethylidae family. For this light microscopy and transmission electron microscopy were utilized. Comparing data from these studies to those available in the literature. We observed that some features like the presence of intermitocondrial material, the extracellular layer associated with the sperm apex and also accessory microtubules, which are the first to finish at the last portion of the flagellum in different species of Bethylidae. Appear to provide important information to be used in the phylogeny of Hymenoptera. However this data should be associated with those of morphology, behavioral and molecular biology morphology so that future analyses will be more consistent and conclusive.
Palavras-chave: Espermatozóides
Filogenia
Hymenoptera
Ultraestrutura
Sperm
Phylogeny
Hymenoptera
Ultrastructure
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos
Programa: Doutorado em Biologia Celular e Estrutural
Citação: OLIVEIRA, Cláudia Vânia Miranda de. Sperm morphology of three species of Bethylidae (Hymenoptera: Chrysidoidea). 2011. 95 f. Tese (Doutorado em Análises quantitativas e moleculares do Genoma; Biologia das células e dos tecidos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/249
Data do documento: 5-Ago-2011
Aparece nas coleções:Biologia Celular e Estrutural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.